Brasil

1 de maio de 2017 09:31

Feriado do Dia do Trabalhador tem três atos com shows na capital paulista

Após impasse com Prefeitura de São Paulo sobre a Avenida Paulista, CUT opta por evento na Praça da República

A segunda-feira (1º) do Dia do Trabalhador terá três atos com shows na capital paulista. Na Zona Norte, uma festa da Força Sindical está marcada para começar às 9 horas na Praça Campo de Bagatelle. A Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) marcou outro ato com apresentações no Sambódromo do Anhembi. Já a festa da Central Única dos Trabalhadores (CUT) começa às 14h na Avenida Paulista, de onde manifestantes seguirão para acompanhar shows na Praça da República.

A programação do 1º de maio da CUT foi marcada por impasse com a Prefeitura de São Paulo, que acionou a Justiça para impedir que a festa acontecesse na Avenida Paulista, conforme a central planejou inicialmente. Após acordo, o local da festa foi marcado para a Praça da República, no Centro de São Paulo.

O ato político acontece na Avenida Paulista, no vão do Museu de Arte de São Paulo (Masp) às 14 horas e, em seguida, trabalhadores e sindicalistas seguem em passeata até a Praça da República, onde acontecem shows de Emicida, MC Guimê e Leci Brandão.

A Companhia de Engenharia de Tráfego não divulgou como será o esquema especial de trânsito entre a Avenida Paulista e a Praça da República.

Festas na Zona Norte

Na Praça Campo de Bagatelle, na Zona Norte, ocorre nesta segunda-feira a 20ª edição do 1º de maio da Força Sindical. O lema deste ano é “Direitos, empregos e aposentadoria digna”. O ato político começa às 9 horas e, em seguida, ocorrem os shows de Zezé di Camargo e Luciano, Bruno e Marrone e Michel Teló, e o sorteio de 19 carros.

A Avenida Santos Dumont já estava interditada na altura da Praça Campo de Bagatelle às 7 horas e a ciclofaixa de lazer não será montada. O público é orientado a comparecer às festas de transporte público. A estação do Metrô mais próxima é a Portuguesa-Tietê da linha 1-Azul.

A CSB faria seu evento no Memorial da América Latina, mas a expectativa de um grande público fez com que os organizadores migrassem para o Sambódromo do Anhembi. Os portões abrem às 10 horas, mas a festa com diversos shows ocorre a partir do meio-dia.

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH