Brasil

16 de março de 2017 11:25

Polícia procura ex-jogador de futebol desaparecido há 56 dias

Adair Carlos Bicca, de 71 anos, foi visto pela última vez em 20 de janeiro. Delegada espera quebra de sigilo telefônico para tentar localizá-lo.

Um ex-jogador de futebol de 71 anos está desaparecido há mais de 50 dias no Norte do Rio Grande do Sul. Adair Carlos Bicca foi visto pela última vez em 20 de janeiro após participar de um almoço com amigos em Mato Castelhano e ser deixado no bairro Petrópolis em Passo Fundo.

Imagens das câmeras de segurança de uma loja mostram o momento que ele desceu do carro dos amigos. Em seguida, Bicca segue caminhando e tenta atravessar a principal avenida da cidade. Desde então, não foi mais visto.

Durante a investigação da polícia, surgiram informações de que ele estaria em cidades da região, como Entre-Ijuis, Santa Rosa e Lagoa Vermelha, mas as pistas acabaram sendo descartadas.

A delegada Daniela de Oliveira Mineto explica que aguarda quebra do sigilo telefônico para tentar descobrir onde ele esteve na última vez em que teve sinal no celular.

Segundo a filha do ex-jogador, Letícia Bicca, ele estava apenas com o celular e a carteira de identidade quando desapareceu. Bicca não estava doente e até agora nenhuma movimentação bancária foi constatada. “Estamos angustiando e querendo uma notícia, se alguém tiver uma notícia que informe.”

Ele começou a carreira nos juvenis do Grêmio onde se profissionalizou. Depois jogou no Gaúcho de Passo Fundo nos anos de 1960. Atuou também na Argentina e outros clubes do estado.

Qualquer informação sobre o paradeiro do ex-jogador deve ser repassada para a Polícia Civil pelo telefone 197.

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH