Brasil

26 de fevereiro de 2017 20:28

Mulheres são agredidas no Rio em campanha contra assédio no carnaval

Para evitar que as mulheres sofressem novas agressões, os promotores da campanha substituÍram as mulheres por homens desde ontem (25)

Mulheres que faziam a distribuição do material de campanha Carnaval sem Preconceito, da Caixa de Assistência dos Advogados do Rio de Janeiro (Caarj), relataram terem sofrido assédio e agressões em blocos do Rio de Janeiro. Segundo a assessoria de imprensa da Caarj, enquanto distribuíam as ventarolas da campanha e conversavam com os foliões, elas ouviram xingamentos, foram assediadas verbalmente e até fisicamente.

As ocorrências foram verificadas nos blocos que desfilaram no fim de semana antes do carnaval (17 a 19) e nesta sexta-feira (24). Para evitar que as mulheres sofressem novas agressões, os promotores da campanha substituÍram as mulheres por homens desde ontem (25).

A campanha Carnaval sem Preconceito busca incentivar o respeito e o combate ao assédio sexual, ao racismo e à violência contra mulheres e homossexuais em vários blocos.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

MAIS NO TH