Brasil

27 de dezembro de 2016 00:20

Polícia identifica suspeitos de matar ambulante em metrô

Os agressores são Alipio Rogério Belo dos Santos e Ricardo Nascimento Martins

A Polícia Civil identificou no fim da tarde desta segunda-feira (26) os dois homens que espancaram até a morte o vendedor ambulante Luiz Carlos Ruas, de 54 anos. O crime aconteceu em frente à bilheteria da estação Pedro II, na linha vermelha do Metrô de São Paulo.

Segundo o Decade (Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas), os agressores são: Alipio Rogério Belo dos Santos, de 26 anos, e Ricardo Nascimento Martins, de 20 anos. O delegado Nico Gonçalves, responsável pelo caso, informou à imprensa que, segundo o advogado de defesa, eles devem se apresentar nesta terça-feira (27), período após o flagrante.

Segundo informações, o homem assassinado tentou defender uma travesti em situação de rua e foi violentamente agredido pelos dois homens. A vítima vendia salgados e refrigerantes do lado de fora das dependências da estação quando tentou intervir na agressão ao morador de rua. O ambulante tentou correr em direção à bilheteria do Metrô, mas foi perseguido. Ruas foi socorrido no Hospital do Servidor Público Municipal, mas não resistiu.

Apesar de não vestirem roupas que identifique os agressores como membros de gangues homofóbicas, a SSP (Secretaria de Segurança Pública) não descarta a possibilidade deles pertencerem a grupos de intolerância.

O metrô confirmou o ataque e afirmou que os primeiros socorros foram prestados pelos agentes de segurança. Em nota, afirma. “O Metrô colabora com a Autoridade Policial para o esclarecimento do crime.”

Após o crime, ativistas convocaram uma manifestação para as 13h de terça-feira (27) no local onde Ruas foi agredido.

Fonte: R7

Comentários

MAIS NO TH