Brasil

26 de outubro de 2016 18:51

Aeroportos brasileiros têm aprovação recorde de 89% dos passageiros

Em uma escala de 1 a 5, a média de satisfação nos aeroportos pesquisados chegou a 4,24 – ante 4,16 no trimestre anterior

Os aeroportos do Brasil alcançaram recorde de avaliações positivas no terceiro trimestre deste ano. De acordo com a Pesquisa de Satisfação do Passageiro, do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, 89% dos passageiros classificaram o serviço oferecido nos aeroportos como “bom” ou “muito bom”.

Com notas que vão de 1 a 5, a média da avaliação no terceiro trimestre de 2016 chegou a 4,24, contra 4,16 no trimestre anterior. É a maior nota geral desde 2013, quando a pesquisa foi iniciada.

O aeroporto de Curitiba teve o melhor resultado de Satisfação Geral já alcançado na pesquisa: 4,68. Foi seguido por Guarulhos (SP), com 4,46; Recife (PE), com 4,43; Santos Dumont (RJ), com 4,40; e Viracopos (SP), com 4,39.

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, destacou, em entrevista exclusiva ao Portal Brasil, que os dados indicam uma tendência de superação das notas a cada pesquisa. “O nível de satisfação, em média dos aeroportos no Brasil atingiu a nota de 4,24, de 1 a 5. Ou seja, 89% dos usuários de aeroportos deram nota boa ou muito boa para os aeroportos brasileiros, o que é um patamar extremamente satisfatório, uma grande vitória daqueles que fazem a gestão aeroportuária no País. E sempre com tendência de alta.”

Dos 15 aeroportos pesquisados, 14 melhoraram os resultados em comparação com o mesmo trimestre de 2015 e 13 obtiveram notas acima de 4. A maior evolução foi verificada no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, que cresceu 10,2% em relação ao desempenho do mesmo trimestre de 2015.

Ainda de acordo com Maurício Quintella, a pesquisa ajuda a melhorar os serviços prestados aos passageiros. “É uma pesquisa realizada desde o ano de 2013 e que tem por objetivo garantir transparência, para que usuários, empresas de aviação, operadores aeroportuários, prestadores de serviços públicos saibam exatamente qual é a impressão que o usuário do serviço está tendo em relação ao desempenho dos aeroportos.”

O resultado da avaliação coloca o Brasil no mesmo nível alcançado por aeroportos asiáticos, considerados modelos mundiais pela Airports Council International (ACI), representante internacional do setor, como Changi, em Cingapura; Incheon, na Coreia do Sul; e Deng Xiaoping, na China.

A pesquisa é feita de três em três meses nos 15 maiores aeroportos do País, que movimentam 80% dos passageiros. São questionados aos usuários 38 indicadores de serviços, atendimento, infraestrutura e gestão aeroportuária.

Ao todo, foram realizadas 13.721 entrevistas nos meses de julho, agosto e setembro de 2016. Desde que o estudo começou, mais de 238 mil passageiros foram ouvidos.

Fonte: Portal Brasil

Comentários

MAIS NO TH