Esporte

2 de dezembro de 2021 07:28

Rafael Tenório declara apoio para Omar nas eleições do CSA

↑ Omar Coelho será apoiado por Rafael Tenório no CSA (Foto: Assessoria)

Clima quente nos bastidores do CSA. As eleições para os cargos da diretoria executiva e do Conselho Deliberativo estão marcadas para o dia 6 de dezembro, às 17h, no CT do Nelsão. Duas chapas estão confirmadas e as duas apoiam o atual presidente Rafael Tenório para o cargo máximo no conselho. Tenório afirmou ontem em vídeo publicado nas redes sociais que deve apoiar Omar Coelho à presidência do clube.

Além de Omar, que já ocupa o cargo de vice-presidente geral, a chapa “Azulão, Paixão e Evolução” conta com Walmar Peixoto (vice-presidente), Gilson Romeiro (superintendente administrativo) e Lumário Rodrigues (superintendente de esportes).

“Encaminhamos o pedido de registro da nossa chapa, Azulão, Paixão e Evolução, com o apoio integral do presidente Rafael Tenório, que é o nosso candidato a presidente do Conselho Deliberativo, tendo como vice o doutor Fábio Lima. É uma grande honra estar à frente do grupo que dará continuidade a essa gestão que tanto fez pelo engrandecimento do CSA”, disse Omar.

O advogado Marcelo Brabo será o candidato da oposição na disputa eleitoral. A candidatura foi oficializada com a composição da chapa, denominada “Avante com Transparência”. Brabo falou em modernização e inovação para o clube. “Dou a minha garantia para a torcida azulina de um CSA grande não apenas nas quatro linhas, mas fora delas também. Vamos trazer inovações, modernidade e avançar. Iremos aproveitar o que deu certo até agora e continuar aprimorando cada vez mais. O CSA será pujante”.

O empresário Álvaro Mendonça também teve seu nome confirmado na chapa como candidato a Presidente de Honra. E o nome de Rafael Tenório será apoiado também, para que exista uma aclamação. O candidato a vice-presidente é o empresário Robson Rodas.

No cargo de Superintendente administrativo está o filho do atual presidente do conselho Raimundo Tavares, João Paulo Tavares.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH