Economia

29 de maio de 2020 08:25

Hoteleiros esperam urgência no protocolo de funcionamento

Grupo de Trabalho criado pelo Governo do Estado vai elaborar protocolos para reabertura dos estabelecimentos

↑ Pousadas de charme trabalham para reabertura no dia 10 de junho (Foto: Divulgação)

Depois de 70 dias fechados, desde 20 de março, quando saiu o primeiro decreto estadual com as medidas de isolamento social em relação à prevenção do novo coronavírus, com perda que já passa dos 20 milhões de reais, segundo uma previsão inicial, e centenas de empregos perdidos, os pousadeiros e hoteleiros do Litoral Norte receberam com entusiasmo a possibilidade de um resultado positivo em relação ao Grupo de Trabalho criado pelo Governo do Estado para estabelecer protocolos de abertura e funcionamento das atividades turísticas.

No último dia 22 de maio, o Governo do Estado, através dos secretários estaduais do Gabinete Civil, Fábio Farias; da Fazenda, George Santoro e do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, publicou no Diário Oficial uma portaria conjunta, que dispõe sobre a criação de Grupos de Trabalho para estabelecerem protocolos de funcionamento dos setores econômicos após o período de isolamento social.

PROTOCOLOS

Pelo decreto, foi criado um grupo de trabalho do setor turístico composto pelos representantes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), do Maceió Convention e do Sindicato de Bares e Restaurantes. Finalidade e objetivos bem simples: estabelecer os protocolos para a retomada do funcionamento de forma segura das atividades econômicas e atendimento ao público, após o período de isolamento social em curso.

O grupo terá 15 dias, a contar da publicação da portaria, para entregar os protocolos, o que deve acontecer no próximo dia 5 de junho.

Esperançosos com a iniciativa, muitos empreendedores já começam a se movimentar com a possibilidade de uma tímida reabertura para o dia 10 de junho, data limite para atender a data festiva do dia 12, dia dos namorados, que cai exatamente numa sexta-feira, o que seria o primeiro fim de semana de ocupação para hotéis e pousadas depois de 80 dias de prejuízos.

Na Rota Ecológica, que continua recebendo turistas com algumas pousadas que ficaram abertas e com aluguel de casas, os empresários estão se preparando com chamada dos colaboradores, limpeza de quartos e chalés, adotando todas as boas práticas de higienização dos locais e EPIs para funcionários e publicando postagens no Instagram e nos sites anunciando uma possível reabertura.

Na Praia do Toque, em São Miguel dos Milagres, local que concentra as mais importantes pousadas da região, como Vila Taturé, Pousada do Toque, Pousada Amendoeira, Wassu, Casa Acayu, Pousada Origami e Taipa dos Milagres, os preparativos começam na segunda-feira, dia 1º de junho.

Fonte: Tribuna Independente / Claudio Bulgarelli

Comentários

MAIS NO TH