Flávio Gomes

27 de março de 2020

Salvar vidas ou a economia?

Milton Rui Jaworski, da Jaworski Consultoria Empresarial: “Segundo números do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o Brasil registra, anualmente, em torno de 300.000 feridos graves por acidente de trânsito. Sem falar dos feridos leves. E nem por isso existe um caos. Mas se esses 300.000 recorressem ao sistema de saúde em 60 dias, certamente teríamos o caos instaurado. Muitos morreriam por falta de atendimento. Qual seria a solução? Parar a circulação de todos os carros para reduzir o número de acidentes e ir liberando gradativamente até que o sistema, como um todo, se equalizasse. O que ocorre com o Coronavírus é a mesma coisa. Como ele tem um poder de contágio muito alto, a circulação de pessoas de forma irrestrita, fará com que o índice de pessoas infectadas seja muito elevado. Sabemos que somente cerca de 5% requer atendimento hospitalar. Mas 5% de uma população é um número absurdamente grande, o que geraria um caos no sistema de atendimento hospitalar. Não existe estrutura hospitalar em lugar nenhum que dê vazão a essa demanda. Então teríamos que escolher quem viveria e quem morreria, como já está acontecendo em alguns países. A decisão sensata é parar a circulação de pessoas, para parar a transmissão do vírus. Mas é uma parada momentânea, de 2 a 6 semanas, tempo suficiente para que o sistema se equilibre. Depois tudo volta ao normal, e a recuperação será muito rápida. Não se deve pregar o pânico. Precisamos ter racionalidade. O mundo não vai acabar.”

Agenda

Em reunião na 2ª feira, 9 horas, na Federação das Indústrias, empresários vão deliberar sobre retomada das atividades do setor produtivo em Alagoas. O governador Renan Filho já admite flexibilizar termos do decreto. Hoje, 10 horas, no Corredor Vera Arruda, tem início carreata pela reabertura do comércio e indústria.

Posição

O Procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá, deu parecer contrário ao artigo 14 da lei Reforma da Previdência de Alagoas, em ação do pelo Sinteal. No entender do MP, o aumento da alíquota, de 11 para 14%, é inconstitucional para inativos e pensionistas que eram isentos de contribuição. Agora quem decide é o TJ.

Agravante

Em época de pânico pelo coronavírus  surge uma preocupação a mais para a Secretaria de Saúde de Maceió. É que dezenas de profissionais especialistas em saúde estão afastados, para evitar contato com pacientes que possam estar infectados. Ontem foram contratados 50 médicos selecionados por PSS.

Registro

Foi sepultada ontem a procuradora de Estado aposentada Teresinha Bulhões Nunes, também dirigente da APE/AL. Era irmã do ex-governador Geraldo Bulhões e do procurador Eraldo Bulhões, ambos falecidos, e do prefeito Isnaldo Bulhões, de Santana do Ipanema, e do ex-prefeito Henaldo Bulhões.

Santo de casa

Desde janeiro deste ano, quando o coronavírus ainda não havia chegado ao Brasil, a Maritime Ship Service, empresa alagoana, demonstrava preocupação com a pandemia. A Maritime fornece produtos e serviços para navios e tem um kit de prevenção, com máscaras e álcool em gel, além de recomendar regras sanitárias.

Será?

“Migalhas”: “Alguns Estados avaliam a possibilidade de reabrir tudo, seguindo as novas orientações do presidente da República e do ministério da Saúde, que evidentemente capitulou. Ninguém duvide se a determinação na segunda-feira for nesse sentido. Sairíamos do isolamento horizontal para o vertical.”

* A Secretaria de Segurança reafirma que devem ser evitadas carreatas, aglomerações, passeatas e outras situações em que haja agrupamento de pessoas. E como fica a carreata de hoje, pela reabertura dos setores produtivos?

* Seguindo o Tribunal Superior Eleitoral, o TRE/AL prorrogou até 30 de abril a suspensão do expediente presencial em todos os cartórios eleitorais, postos e centrais de atendimento ao eleitor e unidades da Secretaria do órgão.

*A Prefeitura de Maceió e o Estado iniciaram ontem o pagamento dos servidores, referente ao mês de março. No dia 5 de abril, o Estado vai antecipar o 13º salário para aposentados e pensionistas da 1ª faixa salarial.

* O secretário estadual da Saúde, Alexandre Ayres, expediu ontem ordem bancária autorizando pagamentos às empresas de revenda de produtos hospitalares que passaram por procedimentos de requisição administrativa pelo Estado.

*Em combate ao coronavírus, o Hospital Universitário Alberto Antunes reforça a estrutura de treinamentos na modalidade presencial e on-line, com bases teóricas e práticas. Quatro salas virtuais já estão sendo disponibilizadas.

* No período da quarentena, a Equatorial Energia Alagoas decidiu fechar suas agências de atendimento. Contatos podem ser feitos no telefone 2126.9200 ou na Central de Atendimento (0800 082 0196) 24 horas por dia.

*Usuários que tinham serviços agendados no Detran/AL devem aguardar as novas datas para a realização dos serviços, sem a cobrança de taxas extras. Os exames clínicos são agendados pelo site e voltam a acontecer em abril.

“O papel das centrais sindicais é fundamental à manutenção dos serviços essenciais e também para preparar a saída para a crise”

Antônio Dias Toffolli

Presidente do Supremo Tribunal Federal

26 de março de 2020

Antes que seja tarde

Goste-se ou não do posicionamento do presidente Jair Bolsonaro diante da pandemia do coronavírus, quem parar para pensar um pouco há de entender que a preocupação com a saúde da população é extremamente justa, porém é preciso evitar danos maiores para a economia, além dos que já se consumaram.  Esse sentimento chegou a Alagoas. Tanto é […]

25 de março de 2020

Mandetta endossa Bolsonaro

Da “Veja”: “A declaração do presidente Jair Bolsonaro em cadeia de rádio e televisão nesta terça-feira não foi feita à revelia de seus principais auxiliares. Apesar de Bolsonaro ter voltado a chamar o coronavírus de ‘histeria’ e ‘gripezinha’ justamente no momento em que há um esforço mundial para superar a doença, interlocutores de Henrique Mandetta afirmam que a fala […]

24 de março de 2020

Democracia em crise

Jornalista Gaudêncio Torquato: “Que a democracia representativa está em crise, aqui e alhures, não há como duvidar. Para amparar a tese, ora recorre-se aos mecanismos tradicionais da política, cuja deterioração se acelerou no final da década de 80, com a queda do Muro de Berlim; ora se pinça a lição de Norberto Bobbio, que lembra […]

23 de março de 2020

Lula solidário com a China

 Jamil Chade, no UOL: “O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou ao presidente da China, Xi Jinping, uma carta em que pede desculpas pelo comportamento do deputado Eduardo Bolsonaro e ataca o governo brasileiro por sua atitude ‘servil’ em defesa dos interesses do presidente americano, Donald Trump. O documento, obtido com exclusividade pela coluna, […]

19 de março de 2020

Conflito na caserna

Roberto Pompeu de Toledo, em “Veja”: “O general Sylvio Frota, ministro do Exército, achava que o presidente Ernesto Geisel, sob o qual servia, era de esquerda. A ditadura já havia vencido o desafio da luta armada, tinha no Ato 5 instrumento para deixar a oposição parlamentar de joelhos, mas Frota identificava o perigo esquerdista-comunista até […]

18 de março de 2020

Eleições gerais em 2022

Nei Lopes, advogado e ex-deputado federal: “Tramita no Congresso a emenda à Constituição (PEC) 56/19, de autoria do deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB-SC), que propõe a prorrogação por dois anos dos mandatos dos atuais prefeitos e vereadores eleitos em 2016, adiando o término para 2023, mesmo ano em que se conclui os mandatos dos governadores, deputados […]

17 de março de 2020

O que resta ao presidente

Ricardo Noblat, na “Veja” on line: “Enquanto o coronavírus avança, o Brasil dispõe na prática de dois governos, o que significa não ter nenhum: o comandado pelo lúcido ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta; e o governo de um Bolsonaro ensandecido, desequilibrado e irresponsável.  A qual deles o país dará ouvidos? Ao de Mandetta, que manda […]

16 de março de 2020

A teoria de Bolsonaro

Tales Faria, no UOL: “Nas suas conversas reservadas com assessores e até com políticos mais próximos, o presidente Jair Bolsonaro associa a pandemia do novo coronavírus a um plano de recuperação econômica do governo chinês. A teoria conspiratória corre solta entre os bolsonaristas e é compartilhada pelo presidente e seus filhos. Basicamente diz o seguinte: […]

13 de março de 2020

Medidas emergenciais

Maílson da Nóbrega, economista e ex-ministro da Fazenda: “Sem abandonar o discurso monótono da necessidade das reformas, o governo resolveu começar a agir com medidas emergenciais para mitigar os efeitos negativos da Covid-19. É uma mudança corretíssima. Focalizar exclusivamente nas reformas, como vinha fazendo, transmitia uma sensação de insensibilidade em relação ao impacto da crise nas […]