Flávio Gomes

20 de setembro de 2018

As quimeras do PT

Hélio Schwartsman, “Folha de S. Paulo”: “Gosto de Fernando Haddad. Considero-o um dos melhores quadros do PT. Mas a história que ele e o partido estão contando nesta campanha é quimérica demais para passar sem reparos. Na narrativa petista, o país ia bem sob as administrações da legenda. Havia forte crescimento com distribuição de renda. As elites, porém, não podiam admitir que pobres enriquecessem e, por isso, decidiram desferir um golpe para tirar Dilma Rousseff do poder. Ao fazê-lo, destruíram a economia, nos lançando numa das piores recessões da história. E, para assegurar que o PT não voltaria, essas mesmas elites deram um jeito de montar uma farsa judicial para colocar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na cadeia. Eleger Haddad seria a única forma de resistir a esse ataque à democracia. Simples demais para ser verdade. Entre os muitos furos na história, destaco os dois que me parecem mais graves. Não há alusão ao fato de que foram erros, alguns deles grosseiros, na política econômica de Dilma que precipitaram a crise. Também não se menciona que o PT, ao lado de outros partidos, se envolveu em enormes esquemas de corrupção e que Lula foi sentenciado no curso de um processo regular, que correu num ambiente democrático. Mesmo que existam dúvidas sobre a suficiência das provas que o condenaram, não há como contestar que ele se meteu numa relação para lá de promíscua com empreiteiros, o que já basta para comprometê-lo no campo ético. Sempre que a história contada por um candidato for muito redondinha, desconfie.”

Poderoso

A Segunda Turma do STF absolveu Renan Calheiros (MDB-AL) da acusação de peculato, pelo caso Mônica Veloso, de 2007. Fachin, Celso de Mello e Lewandowski alegaram falta de provas e Gilmar Mendes entendeu que não houve crime. A ministra Cármen Lúcia não participou. É a nona absolvição do senador.

Correções

Leitor da coluna alerta para o que considera “inverdades” ditas por Renan Filho recentemente: dizer que a Escola Municipal de Educação Básica José Buarque, em Coruripe, campeã nacional do IDEB, é do Estado; dizer que construiu as UPAs do Benedito Bentes e do Trapiche, obras que são da Prefeitura de Maceió.

Otimismo

Deputado estadual Rodrigo Cunha, candidato a senador do PSDB: “Estou confiante, porque onde passo sou bem recebido. Minha forma de ser é a forma que as pessoas buscam, é a transparência no serviço público, o combate à corrupção e também a capacidade de realização, porque não adianta ter só o discurso.”

Aperto

“Municípios alagoanos vão atrasar os salários deste mês, pois a folha já está comprometida”, disse o prefeito de Paulo Jacinto, Marcos Lisboa, em reunião na AMA. Ele alega a retenção do FPM por conta de dívidas previdenciárias. Não é caso isolado. Boa parte dos municípios está parcelando o salário dos servidores.

Referência

Luís Villar, site “Cada Minuto”: “Judson Cabral se compara – por meio de um apresentador – ao deputado estadual e candidato ao Senado Federal pela chapa adversária: Rodrigo Cunha (PSDB). É um dos fatos inusitados desse processo eleitoral. Cabral – em que pese o histórico no PT – teve um mandato bastante produtivo.”

Modernidade

Cláudio Humberto Rosa e Silva, sobre ‘mortadelas online’, criação do PT: “Usuários recebem pontos por conteúdos compartilhados nas suas próprias redes, como Facebook, Twitter e Whatsapp. São usuários remunerados por ‘engajamento’. Quanto mais curtir e compartilhar, mais ‘pontos’ ganha. Os pontos são trocados por dinheiro.”

*O Conselho Regional de Farmácia promove, de hoje a sábado, o II Congresso Alagoano de Ciências Farmacêuticas e o I Encontro de Educação Farmacêutica. Objetivo: proporcionar amplo conhecimento dentro das ciências farmacêuticas.

*A Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos e o Teatro Jofre Soares recebem o I Encontro de Contadores de História de Alagoas. O evento, hoje e amanhã, a partir das 8 horas, reunirá pesquisadores, professores e profissionais envolvidos com a literatura.

*Somente até hoje os clientes do Maceió Shopping poderão ter acesso à exposição “Théo e mamãe na folia”. A mostra reúne peças do acervo do Museu Théo Brandão e de coleção particular. Inclusive as bonecas Mamãe e Moreninha.

*A Faculdade FAT promove, até o próximo sábado, 22, nas unidades Barro Duro e Antares, feira de livros e oficinas gratuitas. Serão emitidos certificados de participação. Os interessados ainda podem fazer a sua inscrição. Informações: 3311.5612.

* O Teatro de Arena Sérgio Cardoso recebe hoje, 19h30m, “Rodrigo Avelino Convida”, show compartilhado com vários músicos. Dentre eles, Júnior Almeida, Kel Monalisa, May Honorato, Lousanne Azevedo, Lima Neto, Bruno Palagani e Jaques Setton.

*Novamente na zona de rebaixamento da Série B, o CRB faz aniversário hoje sem ter o que festejar. Além de mal situado no Brasileiro, o clube perdeu o tetra campeonato para o rival CSA e ficou no meio do caminho na Copa Nordeste e na Copa do Brasil.

“Qualquer que seja o presidente eleito fará as reformas necessárias”

Roberto Padovani

Economista-chefe do Banco Votorantim, Roberto Padovani

19 de setembro de 2018

A culpa é dos outros

José Nêumane Pinto, no “Estadão”: “A transformação de estepe em poste de Lula em cadeia nacional, na primeira sabatina a que se submeteu na televisão comercial como candidato a presidente da República, foi uma excelente oportunidade para o público já enfronhado nas circunstâncias reais que impediram a candidatura do ex conhecer os dotes que fizeram […]

18 de setembro de 2018

Toffoli cá, Haddad lá

Eliane Cantanhêde, no “Estadão”: “Nenhum candidato diz isso claramente, mas a posse do ministro Antonio Dias Toffoli na presidência do Supremo Tribunal Federal reforça um discurso crescente na campanha eleitoral: o de que a eleição do petista Fernando Haddad seria a porta aberta para a volta ao poder de Luiz Inácio Lula da Silva. Os […]

15 de setembro de 2018

Puberdade democrática

Vera Magalhães, “O Estado de São Paulo”: “Quanto vale a democracia para você? E para o seu candidato a presidente da República? Para mim ela é um valor absoluto, não passível de negociação, flexibilização, tergiversação ou relativização. O compromisso com ela tem de ser total. Questão de princípio. Um limite rígido, que separa o aceitável […]

14 de setembro de 2018

Basta de radicalismo

Bruno Boghossian, na “Folha de São Paulo”: “O processo democrático rola ladeira abaixo com o atentado a Jair Bolsonaro (PSL). O ataque a faca ao candidato cristaliza o ambiente radicalizado que domina o país e confere traços primitivos à disputa política. Há dois caminhos no fim dessa descida: uma barreira de contenção e um precipício. […]

13 de setembro de 2018

Violência que atinge a todos

Míriam Leitão, em “O Globo”: “O mercado financeiro teve a reação superficial de sempre. Avaliou que o atentado reduz as possibilidades de que a esquerda ganhe a eleição e por isso o dólar caiu, a bolsa subiu e o risco-país diminuiu. É particularmente irônico que se considere menor o risco depois de um atentado a […]

12 de setembro de 2018

Lula livre, sim. Mas recorrer à ONU é demais!

Cláudia Petuba, secretária estadual de Esportes, em seu blog no portal “Cada Minuto”: “Incluo-me na luta dos que defendem que Lula deve ser solto, existem muitos argumentos jurídicos para serem explorados, não têm prosperado nas últimas tentativas pelo notório caráter político das investidas contra sua pessoa e pela grande probabilidade de ser eleito o próximo […]

11 de setembro de 2018

Descolamento da realidade

Jornalista Leonardo Sakamoto, no portal UOL: “Enquanto Jair Bolsonaro estava sendo operado na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, após o lamentável atentado que sofreu em uma atividade de campanha no centro da cidade mineira, parte das redes sociais começava a trilhar um caminho sombrio. De um lado, antibolsonaristas questionavam a veracidade da facada, […]

7 de setembro de 2018

O petismo virou religião

Jornalista Josias de Souza, em seu blog, no portal UOL: “Diante do veto da Justiça Eleitoral à candidatura de Lula, o PT parece ter descoberto uma solução engenhosa para o seu drama ético-político. O partido se comporta como se tivesse desistido de operar no ramo partidário, para se reorganizar como uma religião. Entre uma derrota […]

6 de setembro de 2018

Lula, leve e solto

Eliane Cantanhêde, no “Estadão”: “Sabem aquela história do ‘falem mal, mas falem de mim’? É exatamente o que ocorre com o ex-presidente Lula, que está preso em Curitiba, mas corre livre, leve e solto na mídia. É pelo ‘recall’ do seu governo, mas também pelo excesso de exposição, que Lula se mantém disparado na liderança […]