Carla Regina

16 de fevereiro de 2019

Governo familiar não dá certo

Claudia Safatle, no “Valor Econômico”: “Governar é algo bem mais complexo do que parece supor o presidente Jair Bolsonaro. Não há modelo bem-sucedido de um governo em que o filho do presidente da República chama um ministro de Estado de ‘mentiroso’ pelo Twitter. E, mais grave, com o aval do pai, que, algumas horas depois, replicou o tweet do filho sem a menor atenção aos ritos do cargo para o qual ele foi eleito, e não a sua família. O caso, que envolveu o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, demandou ação dos ministros militares, que, ontem, não escondiam a preocupação com os rumos de um governo que, recém empossado, já está criando suas próprias crises ao tratar a Presidência da República como extensão da sua casa. Na área econômica também havia inquietação, com os possíveis efeitos desse episódio no ambiente político do Congresso, que, no dia 20, receberá a proposta da reforma da Previdência. A base de apoio do governo não está tão sólida que não possa, de repente, ruir. ‘Esta é uma situação desagradável que precisa ser resolvida. Tem muitas coisas importantes e a atenção deve ser focada em itens relevantes e produtivos’, disse um ministro com gabinete no Palácio do Planalto. O receio de que a forma de administrar o país envolvendo a família não dê certo e possa produzir mais ruídos do que acertos nem de longe significa querer colocar Bolsonaro contra os seus filhos. Pretende, sim, que seu governo respeite a liturgia do cargo, que não confere aos filhos o direito de governar.”

Corte

Alegando contenção de despesas, o governo de Alagoas cancelou um programa de bolsas bancadas pela Fapeal, gerando o desligamento de dezenas de profissionais e estudantes que atuavam em órgãos públicos do Estado. Alguns desses órgãos estão em condições precárias de funcionamento, por falta de pessoal.

Drama

Davi Soares, no “Diário do Poder”: “O programa social que há anos abastece com leite comunidades de alagoanos pobres paralisará a partir da próxima segunda-feira, em meio a protestos de pequenos produtores que decidiram derramar a produção, por não receber pelo leite vendido desde outubro, quando Renan Filho foi reeleito.”

Sugestão

Renan Filho tem proposta para a reunião de governadores, dia 20, com a equipe de Jair Bolsonaro: “Os governadores precisam colocar em discussão o problema da previdência estadual. Vários estados estão com salários atrasados e precisam criar condições para que esse próximo ciclo de quatro anos seja melhor para eles”.

ALPrev

A Superintendência Nacional de Previdência Complementar autorizou o funcionamento da Fundação de Previdência Complementar do Estado de Alagoas (ALPrev). A entidade tem 180 dias para iniciar suas atividades. A proposta é uma medida para reorganizar a previdência dos servidores públicos do Estado de Alagoas.

 

For export

O prefeito de Penedo, Marcius Beltrão, foi a São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, repassar a solução adotada na área de saúde do seu município, no que diz respeito a pacientes crônicos. O projeto é uma iniciativa que integra o poder público e o setor privado, usando tecnologias e soluções em saúde pública.

Opinião

José Roberto Guzzo: “Ninguém na oposição está conseguindo prejudicar mais o trabalho do governo do que os três filhos do presidente. Não importa as intenções de cada um, mas sua conduta pública; o que fazem está sabotando o país. Ou Bolsonaro faz os três se calarem, hoje, ou vira um banana completo.”

 

* O Núcleo Alagoano da Auditoria Cidadã da Dívida realiza o seminário “Os Impactos Sociais da Reforma da Previdência” neste sábado, 9 horas, no Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal em Alagoas. Inscrição gratuita. 98866.4166.

*Alunos do 7º período de Psicologia da FAT vão participar neste sábado do projeto “Onda Azul”, no Posto 7, na Praia de Jatiúca, das 8 às 10 horas. É uma oficina gratuita de surf para autistas (surfterapia), com suporte terapêutico aos participantes.

* Neste sábado o Restaurante Braseiro apresenta como atração o instrumentista, cantor e compositor Almir Lopes, que se apresenta com voz, violão e teclado a partir da 21 horas. Endereço: Avenida Jatiúca, 234. Contato: 99351.9663.

*O programa “Aplauso” deste final de semana vai abordar a história dos carnavais alagoanos, incluindo músicas do Carnaval 2019. Sábado, de 15 às 17 horas, na Difusora AM; domingo, de 10 às 12 horas, na Educativa FM. Produção: Givaldo Kleber.

*O bloco Pinto da Madrugada tem atividade intensa neste sábado: 7 horas, Munguzá do Pinto, em frente ao Hotel Ponta Verde; 9 horas, em Penedo, participação no bloco Ovo da Madrugada; 16 horas, em Arapiraca, presença no Folia de Rua 2019.

*O Folia de Rua 2019, em Arapiraca, homenageia o maestro Jovelino Lima e se propõe a resgatar o carnaval para a família. O bloco By Harold abre a programação, às 10 horas, seguido de diversas atrações, incluindo o Pinto da Madrugada e a Micaraca.

 

“O juiz perfeito não é máquina de aplicar textos.”

Monteiro Lobato

Escritor brasileiro