Ailton Villanova

16 de junho de 2018

O revolucionário Pierri

Oito horas da manhã, comecinho de expediente em conceituada gráfica-editora de Maceió, eis que ingressa no pedaço o chefão Miguel Pierri, com aquele seu passo de elefantinho. Ele para na recepção, encara as assessoras Socorro e Nadiene, exibe um ar superior e manda ver: – Meninas, eu hoje estou virado no cão! – Afe! – […]

15 de junho de 2018

Exemplo nada correto

Nascido praticamente em berço de ouro, o Onésimo Gomes Neto jamais soube o que é uma dificuldade na vida. Sempre teve tudo do bom e do melhor, a tempo e a hora. Estudou nos melhores colégios da Capital, frequentou os centros de ensino superior mais evoluídos do País, mas não conseguiu se graduar em nada, […]

14 de junho de 2018

UM LADRÃO DIFERENCIADO

Dezembro de 1960. Finalzinho de tarde, policiais de ronda flagraram um sujeito furtando galinhas em uma granja, lá pras bandas da cidade Marechal Deodoro, antiga capital das Alagoas. Pegaram o infeliz e o levaram à presença do delegado municipal, cargo que, à época, era exercido por militares. No caso em questão, a autoridade respectiva era […]

13 de junho de 2018

UM LADRÃO DIFERENCIADO

Dezembro de 1960. Finalzinho de tarde, policiais de ronda flagraram um sujeito furtando galinhas em uma granja, lá pras bandas da cidade Marechal Deodoro, antiga capital das Alagoas. Pegaram o infeliz e o levaram à presença do delegado municipal, cargo que, à época, era exercido por militares. No caso em questão, a autoridade respectiva era […]

12 de junho de 2018

Era a mulher do Geribaldo!

Se existe um sujeito bom em cima deste mundo velho de guerra, esse sujeito é o Geribaldo Turbano, Gerinho, para os mais chegados. Se o caro leitor quer ter uma idéia de como o Gerinho é gente fina, basta que eu diga o seguinte: há 25 anos ele está casado com a prima Estrogélia, figura […]

9 de junho de 2018

O Procópio já era!

Madame Leodervaldina Braga, a Dina, era uma morena linda, corpo sinuoso, pernas bem torneadas, ancas sensacionais. E fogosa. Muuuito fogosa! Tanto, que o marido Procópio Braga não teve como acompanhar o seu rítmo no leito conjugal e, um dia, faleceu em pleno ato sexual, com três palmos de lingua do lado de fora. E Dina […]

8 de junho de 2018

“Rala-e-rola” no xadrez

Ainda garotões, os jornalistas Jorge Oliveira (prêmio Esso de Reportagem, documentarista, marqueteiro político prestigiadíssimo e escritor) e Valter Lima (hoje aposentado do jornalismo, mas atuando como comerciante no Recife) constituiram a dupla de repórteres-policiais mais debochada de todos os tempos. Aprontaram horrores. Mas sempre foram eficientes no exercício da profissão. Boêmios incorrigíveis, inventavam a notícia […]

7 de junho de 2018

Folião ortodoxo

O carnaval já se foi há meses, o próximo já está chegando, mas um fato protagonizado pelo popularíssimo Filadelfo Policarpo ( Dedéo Boca de Grude), ainda é lembrado e recontado nos papos de esquina do bairro Vergel do Lago. O cara só quer ser o que a folhinha não marca. Para o leitor ter uma […]

6 de junho de 2018

Radionosocômio

O futebol brasileiro perdeu, décadas atrás, dois daqueles que poderiam ter sido grandes atletas. Mas, em compensação, o rádio ganhou uma bela dupla de narradores esportivos (um hoje aposentado e o outro residindo nas alturas celestiais) e excelentes animadores de programas de estúdio. Estou falando dos distintos colegas Reinaldo Cavalcante e José Carlos Campos. O […]

5 de junho de 2018

A OITAVA DO MATUTO

O causo presente tem um tempinho. É do século passado, época em que o radialista Valter de Alencar possuía uma loja de discos na rua Boa Vista, centro comercial de Maceió, bem em frente ao finado Jornal de Alagoas. Bom. Certo final de tarde, o homenzinho simples, aspecto de matuto, parou na porta da loja […]