Ailton Villanova

3 de agosto de 2018

Lascado de todo jeito!

Matuto das Alagoas metido a besta, o José Timóteo da Silva ganhou uma grana preta na loteria federal e começou a esnobar. Foi a Recife, comprou um carrão importado – o mais caro que havia na praça – e um barco fabricado na Alemanha. Feito isso, arrumou umas garotas – cada uma mais gostosa que […]

2 de agosto de 2018

Capinhas incômodas

Mulheraça pra lá de sensual, Sandra Karla era de enlouquecer qualquer cristão. Programeira escoladíssima, certo dia ela voltava de uma curtição no Recife, conduzindo o seu carrinho novinho quando, ao ingressar em território alagoano, o veículo parou de funcionar inexplicavelmente. Felizmente ela estava pertinho de um sítio e dirigiu-se até lá. Bateu palmas na porteira […]

1 de agosto de 2018

Medalha difícil de encarar

Chamava-se Milton Neves, mas era conhecido como Milton Tatu. Ele morava no Alto da Conceição, distrito-limite Bom Parto/Farol, em Maceió. Na época em que trabalhava na finada Fábrica de Tecidos Alexandria, apreciava caçar preás, pacas, tatus, cotias e capivaras nas matas do Rolo e do Remédio. De vez em quando capturava um jacarezinho no mangue […]

31 de julho de 2018

Os reis da boemia

Intelectuais de grandes méritos, eles se sobressaíram dentre os boêmios elegantes e finórios de sua época. Reinaram durante anos nas noitadas e madrugadas maceioenses Bráulio Leite Júnior, Arnoldo Jambo e Petrônio Vianna, tradicionais defensores das nossas culturas artística e literária, de memórias saudosas. Desde a época de colégio, esses ilustres camaradas sempre souberam primar pela […]

28 de julho de 2018

O GRANDE CULPADO

A década de 50, no bairro Bom Parto, em Maceió, foi a década do esporte e da cultura. A finada Fábrica Alexandria (Cotonifício Alexandria) incentivava e patrocinava os grandes eventos nessas áreas. Quando a rapaziada do pedaço se dividia em agremiações esportivas, por exemplo, rivalizava apenas nos momentos das disputas em campo ou em quadra […]

27 de julho de 2018

E o mudinho já era!

A Máfia italiana estava tendo problemas de caixa e o “capo di capo” Amadeo Filliponi, já havia tentado todos os meios para solucioná-los, sem sucesso algum. Na verdade não era um problema fácil de ser resolvido, pelo seguinte: a polícia de lá, que é eficiente e não dá colher de chá pra bandido, vinha prendendo […]

26 de julho de 2018

A dama do volante *

Quem conhece a jornalista Ana Márcia sabe muito bem que, além de possuir excelente caráter, ela é uma mulher determinada, valente, lutadora. Quem repara nessa baixinha meiga, fina, não imagina a garra que possui. Por isso, é uma vencedora. Marcinha é esposa do nosso editor-geral Ricardo Castro. Finalzinho da década de 90. Ana Márcia decidiu […]

25 de julho de 2018

Elogio nada elegante

Seus pais pretendiam que ele fizesse carreira na Marinha de Guerra do Brasil, mas o sonho do Marconaldo Botelho era outro: ser bombeiro. Os anos se passaram e ele terminou não sendo nem uma coisa e nem outra. Foi ser balconista de farmácia. Marconaldo estava completando 25 janeiros e permanecia donzelo, dado o fato de […]

24 de julho de 2018

O ASSASSINO MUSICAL

Para chegar aonde chegou, sempre com reiterados sucessos, o jornalista e ex-deputado estadual Jeferson Morais ralou muito. As coisas sempre deram certo pra ele porque, bom filho de Deus, é um abençoado. Venceu.   Excelente caráter, Morais trabalha desde menorzinho de idade, sem descer ao nível dos cretinos e nem se aliar aos canalhas. Trabalhamos […]

22 de julho de 2018

Solidariedade grandiosa

O finado repórter Ródio Nogueira foi um cara bastante sensível. Vez ou outra estava se derramando em lágrimas. Essa é uma qualidade de pessoas do bem. O colega não fogia à regra. Certa feita entrou no IML, para dar cumprimento à sua rotina diária de colheita de informações para o noticiário policial do Jornal de […]