Edmilson Teixeira

5 de agosto de 2020

Hospital

Começou na segunda-feira e vai até amanhã, uma campana, onde mais de mil colaboradores do Hospital Veredas, em Maceió, estão sendo submetidos ao teste do Convid-19, realizado em parceria com o Governo do Estado, por meio do Laboratório Central de Alagoas (Lacen). O exame acontece no próprio hospital, no andar térreo, ao lado do setor de hiperbárica, das 7h às 17h.  Para o presidente do Hospital Veredas, Edgar Antunes Neto, toda a assistência ganha com a iniciativa, colaboradores e pacientes.

Hospital II

“Inicialmente, foram disponibilizados apenas 300 testes, mas, considerando o trabalho realizado, a mobilização de toda a instituição para garantir uma assistência de qualidade aos nossos pacientes e ampliar a segurança a todos, aos que cuidam e aos que são cuidados, conseguimos ampliar para mil testes”, comemora o presidente.

Hospital III

“Muito importante ver a instituição provendo a saúde do colaborador, identificando riscos, para proporcionar uma melhor conduta profissional e gerar qualidade no desempenho, saber se o profissional foi acometido de algum risco e gerando tranquilidade para ele como um todo e melhorando seu serviço”, considera Luiz Fernando, técnico de enfermagem do Pronto Atendimento e um dos colaboradores que compareceram ao segundo dia da ação.

Esquentando

Pouco mais de três meses antes da eleição que vai definir o prefeito, vice e vereadores de Palmeira dos Índios, em 15 de novembro, o foco da campanha deixa de lado Mosabelle Ribeiro, Júlio Cezar e Dra. Sônia Beltrão para se voltar aos coadjuvantes da disputa, os vices.

Esquentando II

Para o atual prefeito Júlio Cezar (PSB), são várias as opções. Ele tem em seu leque o atual vice-prefeito, Dr. Márcio Henrique (PPS), o vereador Toninho Garrote (PP), filho da deputada estadual Ângela Garrote e o vereador e presidente da Câmara, Agenor Leôncio (PSB).

Esquentando II

Já o vereador e presidente da Câmara, Agenor Leôncio, antigo aliado da família Beltrão, não descarta a possibilidade em ser o vice. Segundo informações de bastidores, a vaga de vice para a chapa de reeleição do grupo situacionista seria do edil. Leôncio é um dos nomes cotados para ocupar a vaga na chapa majoritária, já que tem serviço prestado em 26 comunidades levando água para o povo mais carente, e conta com a força do federal  Marx Beltrão.

Murici

“Aos amigos e amigas! Testei positivo para a Covid-19. Sinto-me muito bem, entretanto, seguirei todas as recomendações dos médicos e profissionais da Saúde. Vou ficar isolado. A Saúde Pública de Murici está muito bem preparada para lidar com a doença e ajudar as pessoas a se livrar deste mal. Logo nos veremos. Agradeço de coração todas as orações e mensagens que estou recebendo. É bom saber, numa hora assim, o quanto nos querem bem” recado do vereador Anizão, postado ontem nas redes sociais.

Mata Grande

 

O prefeito de Mata Grande, Erivaldo Mandu (PP), não está inelegível. É o que garante o advogado Marcelo Brabo em resposta ao advogado e ex-desembargador do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL), Luiz Vasconcelos, que havia defendido na semana passada um possível impedimento do gestor em disputar a reeleição porque estaria ele tentando o terceiro mandato. Vasconcelos se baseia no foto de que Mandu na condição de vice-prefeito na gestão passada teria assumido a Prefeitura durante dois dias, 21 e 23 de setembro de 2016.

Mata Grande II 

Detalhe é que Marcelo Brabo também analisou documentos, que, de acordo com ele, provam que Mandu não assumiu de fato a Prefeitura. “Recebemos por parte da Câmara Municipal uma declaração de que esta substituição não ocorreu em 2016. Estamos de posse das atas da Casa Legislativa que comprovam também que realmente não houve esta substituição em 2016. Tudo não passa de um factoide”, disse o advogado em um vídeo que circula nas redes sociais.

Disposição

Erivaldo Mandu também se pronunciou sobre o assunto, reforçando que é pré-candidato à reeleição e que não há nenhum impedimento legal. “O que eu quero é que Mata Grande tenha eleições limpas, onde seja respeitada a decisão soberana de sua gente”, destacou o prefeito.

Maternidade

Governador Renan Filho esteve ontem em Marechal reabrindo as portas do Centro de Parto Normal Imaculada Conceição, que há seis anos estava desativado. O evento contou com a presença do secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, que é irmão do prefeito local, Cacau. Eles fizeram a entrega da unidade, que foi completamente reestruturada.

Maternidades – promessa

Durante o ato de inauguração, o governador Renan Filho adiantou que outras 25 maternidades em municípios do interior de Alagoas vão passar pelo mesmo processo de melhoria com foco na assistência humanizada ao parto natural, através da adoção das boas práticas preconizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Rede Cegonha.

Recado

“Essa é a primeira maternidade reestruturada de Alagoas no âmbito da reestruturação geral que o Hospital da Mulher vai possibilitar. Serão mais 25 como essa. Isso vai dar dignidade, porque as mães vão poder voltar a ter seus filhos aqui em Marechal Deodoro, sem a necessidade de se deslocarem a Maceió”, disse Renan Filho.