Blog do Dresch

11 de julho de 2018

Datena desiste, de novo, da sua candidatura

A safra de cana-de-açúcar 18/19 tem uma expectativa positiva, graças à normalidade das chuvas caídas na zona da mata alagoana. De acordo com o Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool do Estado de Alagoas, a produção deve superar 15 milhões de toneladas de cana processadas pelo parque sucroalcooleiro do Estado. Na última safra, Alagoas produziu 13 milhões de toneladas.

Boa safra de cana 2

Na avaliação do presidente do Sindicato, Pedro Robério Nogueira “apesar da melhora da produção, Alagoas ainda vai passar por um processo de recuperação, que deve se estender em até três novos ciclos. São esperadas 19 unidades industriais operando nesta safra 18/19” afirmou. Segundo ele, a expectativa é de se alcançar a média histórica de 25 milhões de toneladas por safra.

 

Lula vai ao STJ

Para a Procuradoria-geral da República o julgamento do habeas-corpus em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve ser julgado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ)). O Procurador-geral de plantão, Humberto Jacques de Medeiros encaminhou o pedido ao STJ, uma vez que a detenção de Lula foi determinada pela 8ª Turma do TRF-4, e não pelo juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal de Curitiba e responsável pela Operação Lava-Jato em Primeira Instância. O procurador plantonista disse ainda    que “o habeas-corpus cabível, se corretamente feito, é de competência do STJ. Caso contrário é um documento inválido”. O ofício foi encaminhado na noite de domingo, após os embates jurídicos que se sucederam quando o desembargador plantonista do TRF-4, Rogério Favreto, mandou soltar Lula. A decisão de Favreto não foi cumprida e por fim o presidente do Tribunal, Carlos Thompson Flores manteve a prisão. Tanto Moro quando Thompson Flores estavam de férias graças ao recesso do Judiciário. Agora é a vez da presidente do STJ, ministra Laurita Vaz decidir sobre a competência da Corte para apreciar o habeas-corpus do ex-presidente Lula.

Datena abre, de novo

O apresentador da TV Bandeirantes, José Luiz Datena decidiu não mais ser candidato ao Senado da República por São Paulo. Inesperadamente, ele reassumiu o comando do “Brasil Urgente” na segunda-feira, o que inviabilizou suas possibilidades de concorrer a um cargo público nesta eleição. No seu retorno à TV, Datena disse ter tomado a decisão após “pensar, refletir, conversar com minha família (que sempre foi contra), conversar muito do Deus e com alguns amigos e achei que não era a minha hora”. É a segunda vez que o apresentador abre da candidatura, anteriormente ele assumiu ser candidato à Prefeitura de São Paulo, pelo PP em 2016.

Datena abre, de novo 2

As lideranças dos partidos da coligação que apoiaria Datena, não ficaram nada satisfeitos com a desistência. O presidente do diretório estadual do PSDB de São Paulo, deputado Pedro Tobias criticou a decisão do apresentador considerando a mesma “uma palhaçada”. O presidente do DEM de SP, deputado Jorge Tadeu Mudalen disse que “é muito vai de vem. Esse pessoal (de rádio e de TV) é muito difícil de ser controlado. Assim não dá”. Ele disse ter conversado com Datena no fim de semana e a candidatura estava mantida, por isso estava surpreso.

O trabalho das UPAs

Em pleno funcionamento, as duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Maceió, continuam tendo uma participação importante no atendimento da urgência e emergência na região metropolitana. A UPA do Trapiche, atendeu em 2016, ano em que entrou em funcionamento a 99.225 pacientes. Em 2017, o mesmo local recebeu 131.320 pessoas. Já a similar no Benedito Bentes (que entrou em funcionamento em julho de 2016) atendeu naquele ano 67.903 pessoas, e em 2017 os trabalhos beneficiaram a 156.793 pacientes.

O trabalho das UPAs 2

O cálculo continua. Este ano, nos primeiros seis meses a UPA do Trapiche atendeu a 76.524 pessoas e a UPA do Benedito Bentes registrou 83.196 atendimentos. A administração projeta que o total de atendimentos para este ano de 2018, nas duas unidades da capital pode alcançar aproximadamente 470 mil pacientes atendidos.

O trabalho das UPAs 3

Estas unidades de pronto atendimento, recebem uma demanda de pacientes com doenças agudas ou agravo de doenças pré-existentes e somente são encaminhados para o Hospital Geral do Estado (HGE) os casos mais graves. Mas os números mostram que o desempenho das unidades refletiu na redução dos atendimentos do HGE. Em breve a capital alagoana estará ganhando outras duas UPAs, sendo uma no Tabuleiro (onde funcionava o mini pronto-socorro Assis Chateaubriand, e outra no Jacintinho nas proximidades do Batalhão de Eventos da Polícia Militar.

 

 

  • Maceió terá a oportunidade de sediar um grande evento esportivo internacional no próximo mês de agosto. A maior prova de triathlon do mundo, a IronMan 70.3 Maceió 2018.
  • O evento vai acontecer na capital alagoana entre 3 a 5 de agosto na Praia da Pajuçara e deve reunir mais de 1,5 mil atletas segundo os organizadores da prova. Na versão 2017 participaram 1.100 atletas, que elegeram a capital alagoana como uma das melhores etapas da competição.
  • O circuito é composto de 1,9 km de natação; 90km de ciclismo e 21,1 km de corrida, totalizando 113km de prova. Os três melhores colocados representarão o Brasil no mundial 70.3 França 2019.
  • O visual da Pajuçara encanta os competidores e suas equipes, e a logística para a prova é perfeita com a baía, a Praça Multieventos e com a Avenida Silvio Viana, tudo dentro de um campo visual de bom tamanho e de uma beleza incomparável.