Blog do Dresch

14 de setembro de 2018

Projeto Vila da Pedra é apresentado

Há exatos cem anos, o industrial e visionário Delmiro Gouveia construiu a Fábrica da Pedra, visando proporcionar um salto na economia do sertão de Alagoas. Após idas e vindas, com fechamento da unidade industrial por diversas vezes, o atual proprietário, o Grupo Carlos Lyra, resolveu desenvolver um projeto moderno, arrojado, sem deixar de valorizar o lado histórico da fábrica. Surgiu então o projeto Vila da Pedra onde serão adaptadas as construções locais para o funcionamento de um shopping, um loteamento anexo e uma APP (Área de Preservação Ambiental) com 5 mil m2. De acordo com o gestor Jorge Cavalcante, está sendo negociada a instalação de agências bancárias, um atacarejo (já confirmado) de grande porte, lojas e estima-se a criação de 500 empregos diretos.

Projeto Vila da Pedra 2

Segundo o gestor, o riacho que corta o terreno de 40 mil m2, será totalmente preservado, assim como todos os prédios antes utilizados pela fábrica. A APP conta com o apoio de vários órgãos ambientais que colaboram com a criação e estruturação da mesma. Já o loteamento a ser construído anexo ao shopping, terá 1.894 lotes com toda a estrutura necessária além de uma ciclovia.  Segundo Jorge Cavalcante a ideia do Grupo é reutilizar a área em favor da comunidade preservando os prédios existentes, e mantendo a história de Delmiro Gouveia e seus objetivos. Além de toda estruturação do local serão preservadas a Torre da Chaminé da Fábrica e a sirene que sempre marcou o início e o fim da jornada de trabalho.

Novas usinas de energia

Vinte e cinco novas usinas geradoras de energia limpa- 14 solares, 8 eólicas, duas hidroelétricas e uma termelétrica e biomassa (com bagaço da cana) – tiveram suas autorizações para instalação. Os empreendimentos já foram leiloados e a outorga dá continuidade ao processo. A autorização foi dada pelo ministro Moreira Franco das Minas e Energia. Essas usinas vão funcionar no Ceará, na Bahia, em Minas Gerais e no Mato Grosso e vão produzir 883 megawatts que serão acrescidos ao Sistema Integrado Nacional a partir de 2021. Segundo o ministério, os investimentos somarão R$ 4,5 bilhões e deverão gerar 4.040 empregos diretos. O Ceará foi o estado mais contemplado. Serão 14 usinas solares nos municípios de Limoeiro do Norte e Caucaia. O investimento é de R$ 2 bilhões.  A Bahia terá 4 usinas eólicas no município de Campo Formoso, com investimento de R$ 630 milhões.

Mulheres contra Bolsonaro

As declarações consideradas machistas e as ofensas contra mulheres parlamentares e da imprensa, levou um grupo a lançar a comunidade “Mulheres contra Bolsonaro” criado em 30 de julho e virou um fenômeno nas redes sociais: já reúne mais de um milhão de integrantes e cerca de 10 mil novas solicitações chegam a cada minuto. O grupo prega a união das mulheres brasileiras contra o avanço e o fortalecimento do machismo, da misoginia e outros tipos de preconceito representado pelo candidato Jair Bolsonaro e seus eleitores. O candidato representa uma ameaça as conquistas e direitos das mulheres.

Acelera a venda de motos

Um dos setores mais afetados pela crise de vergonha que atinge o país foi o das motocicletas. As vendas despencaram de 951 mil unidades vendidas no primeiro semestre de 2008, para pouco mais de 427 mil nos primeiros seis meses de 2017. Mas a situação está se invertendo. De acordo com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), as vendas de motos no atacado, chegaram, no primeiro semestre de 2018, a 451.311 unidades, um crescimento de 12,2% em relação ao mesmo período do ano passado. E o desempenho só não foi melhor em função da greve dos caminhoneiros que prejudicou o abastecimento de peças às montadoras e o transporte de motos até as concessionárias.

Acelera a venda de motos 2

Em função da busca por veículos novos e do aumento da gasolina, a Abraciclo revisou suas projeções de produção que eram de 935 mil unidades neste ano, e passou para 980 mil motocicletas.  Mas esses números ainda podem mudar. Se o balanço de vendas já é bastante positivo, o de produção é ainda melhor. Pelos cálculos da entidade, a produção alcançou 96,3 mil unidades em julho, um crescimento de 92,1% sobre o mês anterior. O desempenho do setor só não foi melhor se não fossem os problemas econômicos da Argentina, destino de mais de 70% das vendas externas brasileiras.

 

  • Uma obra de arte do pintor impressionista francês Renoir foi devolvida aos herdeiros do antigo proprietário, Alfred Weinberger, destacado colecionador de arte antes da guerra.
  • A pintura foi roubada pelos nazistas de uma abóboda do Banco de Paris em 1941, onde o colecionador armazenou sua coleção quando fugiu da França.
  • Após a guerra, Weinberger tentou por décadas recuperar suas obras, mas somente 70 anos depois a pintura ressurgiu em leilões diversos pelo mundo.
  • Somente agora, após a descoberta do FBI o quadro voltou aos verdadeiros donos, sendo entregue esta semana a uma neta do antigo colecionador.