Blog do Dresch

7 de setembro de 2018

Turistas lotam hotéis no feriadão

A perspectiva do setor hoteleiro para o feriadão da Independência é a melhor possível. De acordo a Associação da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH-AL) a ocupação hoteleira vai superar os 88% alcançados no mesmo período do ano passado. Os empresários acreditam que 91% da capacidade dos hotéis estará ocupada. O otimismo também é manifestado pelo secretario municipal de Turismo, Jair Galvão, que atribui o excelente resultado ao trabalho conjunto desenvolvido pelo poder público em parceria com o trade turístico e outros apoiadores.

Feriadão lota hotéis 2

Outro fator positivo que deve ser levado em conta na avaliação das taxas de ocupação em Maceió é a realização do 62º  Congresso Brasileiro de Oftalmologia, que acontece esta semana no  Centro de Convenções do bairro de Jaraguá (termina neste sábado) e que trouxe a Alagoas mais de 4 mil participantes. É o turismo de negócios e de eventos que dá a sua parcela importante no desempenho geral do segmento no Estado.

Epidemia de sedentarismo

O sedentarismo atinge hoje 25% (1,4 bilhão) da população mundial e já é reconhecida como uma epidemia que coloca as pessoas no grupo de alto risco das doenças que mais matam e debilitam, como enfermidades cardiovasculares, diabetes 2, demências e alguns tipos de câncer. No Brasil, 47% da população não faz atividade física suficiente. E as mulheres são maioria, 53,3% contra 40,4% dos homens que admitem que se mexem menos que deveriam. O levantamento foi feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com dados fornecidos pelos Ministérios da Saúde ou órgãos equivalentes de 168 países referentes a 358 pesquisas populacionais com 1,9 milhão de adultos acima de 18 anos. Neles, os próprios entrevistados reportaram os níveis de atividades diárias, seja no trabalho, em casa, no deslocamento ou no tempo de lazer.

Operação Independência

As rodovias federais que cortam Alagoas receberão um reforço na fiscalização neste feriadão, segundo garantiu a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A Operação Independência teve inicio ontem (quinta-feira) e se estende até o próximo Domingo (9). Neste período o efetivo estará mais presente nas ações de fiscalização e no trabalho de prevenção a acidentes, intensificando o combate á criminalidade. Equipamentos como radares fotográficos e etilômetros também serão utilizados no combate a casos de embriaguez ao volante, e no controle da velocidade.

Haddad assume campanha

Mesmo acreditando na possibilidade de reverter à inelegibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Partido dos Trabalhadores deve decidir até terça-feira (11) por lançar oficialmente o ex-ministro da Educação, Fernando Haddad, como candidato do partido á presidência. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou no último dia 1, que a sigla tem 10 dias para indicar o substituto de Lula. Alguns dirigentes trabalham na realização do ato para o lançamento de Haddad, na segunda ou terça-feira.

Homossexualismo deixa de ser crime

Na Índia, uma decisão tomada pela Suprema Corte descriminalizou o homossexualismo, revogando uma sentença de 2013, que validava uma lei britânica de 150 anos, que punia os considerados “contra a natureza” e criminalizava com penas de prisão as relações entre pessoas do mesmo sexo. A decisão foi unânime entre os cinco juízes que compõem a Corte. Para o presidente do Supremo indiano, Dipak Misra “a discriminação com base na orientação sexual é uma violação da liberdade de expressão”.

Atualização do conhecimento

Sob a coordenação do Curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), acontece entre os dias 13 a 15 a 5ª  Semana de Medicina Veterinária, reunindo estudantes de Medicina Veterinária, Zootecnia e Biologia, além de professores e admiradores do agronegócio. O evento vai contar com palestras e minicursos distribuídos em dois locais simultaneamente: no Centro de Ciências Agrárias (Ceca) em Rio Largo, e na Unidade de Ensino Fazenda São Luiz, em Viçosa.

 

  • O traficante Antônio Francisco Bomfim Lopes, o Nem da Rocinha, foi condenado na madrugada de ontem pelo Tribunal do Júri do Rio de Janeiro a 66 anos de prisão por dois homicídios cometidos em maio de 2011.
  • A condenação foi estabelecida pelo júri, pelo cometimento de homicídios qualificados e por ocultações de cadáver da modelo Luana Rodrigues de Souza e da amiga dela, Andressa de Oliveira.
  • Nem é apontado como chefe da quadrilha que controlava a venda de drogas na Rocinha, até pouco tempo. Ele foi preso em 2011 durante uma operação na comunidade para a implantação da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).
  • A ele também atribui-se a responsabilidade pelos conflitos armados entre as facções criminosas pelo domínio do tráfico no local, que acontecem até hoje.
  • O traficante já cumpre pena de 48 anos, na penitenciária de segurança máxima em Rondônia. Mesmo á distância, a polícia acredita que ele continue dando as ordens na Rocinha.