Roberto Baia

6 de setembro de 2018

Polêmica no Sertão

Em Mata Grande, cidade localizada no Alto Sertão e administrada por Erivaldo Mandu, um simples muro de uma creche ganhou grande repercussão no município e se transformou no assunto mais comentado durante toda semana. Não é pra menos. A Prefeitura gastou nada mais nada menos do que R$ 164.206,99 com a construção do muro da creche Diva Vilar Malta.

 

Empresa escolhida

Segundo dados divulgados no Diário Oficial do Estado, na seção do Diário dos Municípios, o valor será destinado a empresa D&J Construções LTDA, que foi escolhida para realizar a construção através de licitação. O prefeito Erivaldo Mandu assinou a Ordem de Serviço da conclusão da obra no último dia 31.

 

Acredite se quiser

Em razão da polêmica, a prefeitura de Mata Grande resolveu se posicionar e informou que o valor está abaixo do tradicional para este tipo de obra, visto que, baseando-se pela tabela SINAPI (Sistema Nacional de Preços e Índices para a Construção Civil), o orçamento seria de 230 mil. Esclareceu ainda que orçamento de obras como esta varia de acordo com vários fatores, como tamanho e tipologia do terreno, que exigirá, neste caso, mais de um metro de alicerce.

 

Equipe capacitada

O Hospital Regional de Arapiraca, referência em saúde em várias especialidades, está investindo na qualificação e reciclagem de sua equipe. Prova disso foi à realização, semana passada, do workshop Treinamento Conexões, desta vez destinado a diretores e equipe administrativa.

 

Palestras

Durante dois dias, o grupo foi conduzido pela dupla Adriana Albuquerque e Jean Rafael, numa maratona que incluiu palestras e formações – tarefas rotineiras da instituição.

“As mudanças são constantes tanto na parte ambulatorial, quanto administrativa. Logo, momentos como estes, além de promover a integração, servem de reciclagem e aprendizado”, comentou o Diretor Médico, Ulisses Pereira.

 

Excelência

“Foram dois dias de puro conhecimento e satisfação. Saímos de lá conscientes daquilo que já sabíamos:  foco e trabalho em equipe são primordiais para chegarmos à excelência”, destacou Magela Pirauá, provedor da instituição.

 

Pacientes do HRA

O curso, promovido pelo Núcleo de Educação Permanente, foi protagonizado pela ex-executiva da Ambev, coach e palestrante internacional, Adriana Albuquerque e pelo médico de Arapiraca, Jean Rafael. Nele, foram destacados  tópicos como comunicação, propósitos e resultados.

 

Relacionamento

“Uma experiência muito proveitosa e que, na prática, resulta em melhor atendimento, serviços e relacionamento com nossos usuários, os pacientes do Hospital”, destacou o diretor do NEP, Jean Vital.

Recomendação

 

O Ministério Público Federal em Alagoas (MPF/AL) recomendou que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) deixe de repassar, por meio de movimentos sociais, cestas básicas aos acampados remanescentes da Mata do Gajurú, no município de São Miguel dos Campos. (Com Ascom).

 

“Sem bandeira”

De acordo com o Inquérito Civil 1.11.000.001533/2016-45, o Instituto realizou, por intermédio do Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST), distribuição de gêneros alimentícios aos acampados – os quais se intitulam “sem bandeira” – sem o consentimento dos beneficiários. Segundo a recomendação, de autoria da procuradora Roberta Barbosa Bomfim, o Incra não se manifestou acerca do problema, requereu apenas prorrogação do prazo para analisar a situação. No entanto, mesmo decorrido prazo razoável, a autarquia não acrescentou nenhuma informação aos autos do inquérito.

 

Sem intermediário

Diante dos fatos, o MPF recomenda ao Incra a distribuição das cestas sem o intermédio de terceiros, já que os acampados não pertencem a nenhum movimento social – situação comprovada por perícia antropológica realizada pelo órgão.

 

 

… O Portal da Transparência da Câmara Municipal de Vereadores de São Miguel dos Campos, apresentou alto desempenho na avaliação realizada pela ENCCLA – Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro, coordenada pelo Ministério da Justiça e que congrega mais de 60 órgãos dos três Poderes, Ministérios Públicos e da sociedade civil.

 

 

… Considerada como positiva, o Presidente Maxwell Idalino, atribuiu a posição da avaliação que deixou a Casa entre as três melhores do Estado, e entre as mais bem avaliadas do País, ao trabalho integrado entre a equipe do Poder Legislativo e a 2ª Promotoria de Justiça do Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL).

 

 

…  “Com total orientação da Dra Stella Valéria, seguimos a recomendação do MP, de modo que o portal cumprisse com o que determina a Lei, e tornasse as informações mais acessíveis e claras para todos os cidadãos miguelenses”, disse.

 

… As notas atribuídas pelo MP a Câmaras partem de 0 até 100%, e, segundo o estudo, a Casa de Leis de São Miguel dos Campos possui nota 91,5%. ”