Flávio Gomes

5 de setembro de 2018

Cadê as verbas do Museu Nacional?

Cláudio Humberto Rosa e Silva, no “Diário do Poder”: “O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) disponibilizou R$ 52,5 milhões para a restauração e requalificação do Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, que foi destruído pelo fogo na noite deste domingo (2), dentro das comemorações dos 200 anos da fundação da instituição. O contrato mais recente foi assinado no dia 6 de junho deste ano no valor de R$ 21,7 milhões. O apoio do Banco foi destinado à terceira fase do Plano de Investimento para a revitalização do Museu Nacional, que totaliza R$ 28,5 milhões, somando-se aos R$24 milhões investidos nas duas fases anteriores. A chefe do Departamento de Economia da Cultura do BNDES, Luciane Gorgulho, representou o banco na assinatura do repasse do dinheiro disponibilizado pelo banco, em 6 de junho deste ano. O apoio foi ‘não-reembolsável’, como ela explicou na ocasião. Uma parcela dos R$ 21,7 milhões foi liberada imediatamente, inclusive para custear a retirada do prédio histórico do acervo que contém produtos inflamáveis, incluindo animais mantidos em frascos com álcool e formol. Apenas parte deste acervo já havia sido retirada. Mas as outras duas fases duas fases do apoio fez o BNDES liberar R$ 24 milhões ao Museu este ano. Ao longo de 22 anos, o BNDES investiu mais de R$ 600 milhões para cerca de 180 monumentos em todo o país. Esses números fazem do Banco o maior apoiador de ações desse tipo no Brasil.”

Propostas

“Alagoas não pode mais ficar refém do endividamento e dos recursos federais”, disse o governador Renan Filho, candidato à reeleição, ao ser sabatinado ontem por empresários, na Federação das Indústrias de Alagoas. Ele citou que sua gestão se baseia em “modernização, responsabilidade fiscal e transparência”.

Obstinação

A presença do médico Hemerson Casado, acometido de Esclerose Lateral Amiotrófica, é um fato que chama a atenção no guia eleitoral. Candidato a deputado federal do PP, ele tem como porta-voz da sua mensagem a esposa, Paula Casado. Em vídeo, ela diz que “a doença que ele tem jamais impedirá que ele lute pelo Brasil”.

Protesto

O jornalista Davi Soares registra reação do deputado federal Arthur Lira (PP/AL) à nova investida do Ministério Público Estadual contra ele: “No período eleitoral, quem incomoda nesse estado os Calheiros sou eu. Então, já sou acostumado com isso. Os fatos são de 18 anos atrás e agora terei a oportunidade de esclarecê-los.”

Expectativa

Gabriel Mousinho, site “Alagoas 24 Horas”: “O tom da campanha para o governo do estado só vai mesmo ser percebido depois das próximas pesquisas eleitorais, que devem acontecer já na próxima semana. Enquanto aguardam como está o quadro eleitoral, Renan Filho e Fernando Collor se estudam mutuamente.”

Agenda

Hoje a Ouvidoria Regional Eleitoral vai a Penedo para audiência pública com universitários. “Não queremos apenas que os acadêmicos conheçam o que o TRE faz, mas que interajam e tirem suas dúvidas com quem atua na gestão e direção do Tribunal”, explica o desembargador Orlando Rocha Filho, Ouvidor Regional Eleitoral.

Pra esquecer

“Estadão”: “O dia 31 de agosto é uma data ingrata para os políticos do PT. Nessa sexta-feira, o registro de Lula foi negado pelo TSE, tirando de vez o ex-presidente da eleição. Há dois anos, o impeachment de Dilma era sacramentado por decisão do Senado. Duas datas que nenhum petista irá querer comemorar.”

*O deputado federal Maurício Quintella (PR), candidato ao Senado, é o convidado de hoje para sabatina na Associação dos Procuradores do Estado de Alagoas. O bate papo com os procuradores se inicia às 15 horas, no salão de eventos da APE/AL.

* O resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) avançou na Rede Municipal de Ensino. A nota de Maceió na Prova Brasil saiu de 4.4 em 2015 para 5.0 em 2017 nos anos iniciais, superando a média projetada para 2017 que era 4.8.

*Encerra-se hoje a “1ª Jornada Estéticas do Cinema”, coordenada pelo professor Tiago Penna. O evento, das 14 às 21h30, tem mediação de professores e graduandos da Ufal e acontece no Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Arte. É gratuito.

*Segue até amanhã, no Instituto de Ciências Sociais, o “1º Simpósio de Antropologia do PPGAS/Ufal”. Simultaneamente ao evento, acontece o 3° Festival Théo Brandão de Fotografias e Filmes Etnográficos (MTBFest) e o 3° Aval Internacional.

* O projeto Teatro Deodoro é o Maior Barato apresenta hoje o espetáculo “Abre Alas – Um Concerto In Duo e Piano”, espetáculo de canto lírico com Diogo Oliveira e Ilbert Leaffá. A partir das 19h30m, no Teatro Deodoro. Informações: 98852.4008.

* O Instituto Federal de Alagoas (Ifal) deu início ao período de inscrições para 3.387 vagas gratuitas para cursos de ensino médio integrado e subsequente. A matrícula deve ser feita até o dia 30 de setembro pelo site http://exame.ifal.edu.br/.

“Hoje, com as informações que surgiram sobre Aécio, não teria apoiado ele”

Marina Silva

Candidata da Rede Sustentabilidade à Presidência da República, sobre seu apoio a Aécio Neves em 2014