Flávio Gomes

30 de agosto de 2018

O drama de Alckmim

Eliane Cantanhêde, no “Estadão”: “Ao longo de toda essa longa eleição, Alckmin enfrentou o fogo amigo de João Doria, a competição desigual com Luciano Huck, as manifestações erráticas de Fernando Henrique Cardoso e o ataque frontal de Alvaro Dias, que tira seus 3% do Sul, um ex-reduto tucano que desconta em Alckmin a irritação com as revelações sobre Aécio Neves. Nada disso, porém, tem sido tão deletério para a campanha do tucano quanto a massificação de que ‘Alckmin não tem chance’, ‘Alckmin não cresce’, ‘Alckmin não ganha do PT’. Há mais de um ano ele sofre a pressão desgastante de crescer e demonstrar força, e a frustração de expectativas se retroalimenta. O resultado do segundo turno no Datafolha ajuda a quebrar esse círculo vicioso da candidatura? Nesta fase, antes da TV, só é possível concluir que a impugnação de Lula é questão de tempo; Bolsonaro é campeão de votos, mas também de rejeição (37%); Ciro Gomes perdeu vigor; Marina chegou ao segundo lugar isolado sem Lula; Haddad vai crescer muito no rastro de Lula; Alckmin tem mais condições de bater o PT na reta final que Bolsonaro e os demais. O tempo da Justiça Eleitoral conta a favor de Lula e da cronologia do PT, que aposta suas fichas na capacidade da TV para transferir as intenções de voto de Lula para Haddad. Hoje, quase metade dos eleitores de Lula nem sabe quem é esse tal de Haddad, mas com a TV, o excesso de exibição na mídia e o trabalho da militância, logo, logo, vai saber.”

O fato novo

Acreditando que seu adversário principal na eleição deste ano fosse o prefeito Rui Palmeira, o governador Renan Filho investiu pesado em ações sociais na periferia de Maceió. Fernando Collor acabou sendo seu concorrente e, com seu carisma junto aos “descamisados”, está neutralizando a estratégia governista.

Vale tudo

Gera polêmica nas redes sociais foto do deputado federal Maurício Quintella, candidato ao Senado pelo PR, fazendo com uma mão o gesto de “Lula livre”, ao lado de Renan Filho e do deputado federal Paulão (PT). É que Maurício não só foi a favor do impeachment de Dilma como foi ministro de Temer e vota em Alckmim.

Proposta

Projeto de lei da deputada Jó Pereira disciplina a instalação de empreendimentos de carcinicultura (técnica de criação de camarões em viveiros), de forma sustentável. Com isso, ela espera reduzir a burocracia e custos das taxas cobradas por órgãos ambientais, viabilizando a atividade, principalmente para os pequenos produtores.

Presença

Informa o site Cada Minuto: “Dos 548 deputados federais, apenas 7,4%compareceram a todas as sessões realizadas entre fevereiro e julho, conforme um levantamento divulgado pelo Congresso em Foco. Entre eles, o único alagoano que esteve presente em todas as sessões obrigatórias foi o deputado Paulão (PT).”

Agenda

Rodrigo Cunha, candidato ao Senado, Eduardo Canuto, candidato a deputado federal, e Cibele Moura, que disputa vaga na Assembleia Legislativa, todos do PSDB, participarão hoje de café da manhã com corretores de imóveis, para que apresentem as suas propostas. A partir das 8h30m, na sede do CRECI/AL.

Seletivo

Revela “O Globo” que no seu livro de memórias o ex-ministro José Dirceu ataca ministros do STF. Para ele, Joaquim Barbosa é “autoritário”, Luís Roberto Barroso “fraude”, Edson Fachin “engodo” e Luiz Fux “charlatão togado’. Dirceu poupa quem o tirou da cadeia: Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski.

*A Escola Superior da Magistratura de Alagoas sedia, hoje e amanhã, o VII Encontro Alagoano de Filiação e Paternidade. O evento é promovido pelo Núcleo de Promoção da Filiação, criado, em 2008, para agilizar processos de investigação de paternidade.

*O economista Roberto Bastos é o conferencista de hoje no curso “Disseminadores de cidadania”, promovido pelo Instituto Sílvio Viana. A partir das 19 horas, no auditório do Senac Poço, com direito a certificado de participação. Contato: 99969.8770.

*Acontece hoje, no Hotel Jatiúca, a oficina de planejamento “Turismo: proposições e projetos para o desenvolvimento do setor nos próximos anos”, com mediação de Hugo Barreto, da Efetiv Consultoria. Iniciativa do Maceió Convention & Visitors Bureau.

*A Ufal, através da pró-reitoria de Gestão de Pessoas e do Trabalho, publicou edital para professor substituto com 16 vagas e salários de até R$ 5,7mil. Os interessados devem se inscrever até hoje. As vagas são para Arapiraca, Penedo e Delmiro Gouveia.

* A peça “O Beijo No Asfalto – O Musical”, espetáculo de Nelson Rodrigues será apresentado hoje em Maceió, em única exibição, tendo como protagonista Cláudio Lins, filho do cantor Ivan Lins. Às 20 horas, no Teatro Gustavo Leite. Contato: 3235.5301.

*Escolas interessadas em participar da 16ª edição da Expofísica da Ufal, que acontece de 26 a 28 de setembro, no Campus A.C. Simões, devem agendar visita de suas turmas somente até hoje, no endereço tereza@fis.ufal.br. O evento tem acesso gratuito.

 

“Tudo o que tenho, e quem sou, devo ao esporte”

Eduardo Canuto

Vereador em Maceió e candidato a deputado federal pelo PSDB