Blog do Dresch

29 de agosto de 2018

Presidente vai lidar com 30 facções criminosas

O próximo Presidente do Brasil terá de enfrentar um dos mais dramáticos problemas sociais do país, atingindo milhares de pessoas, dentro e fora dos presídios: o combate ás facções criminosas. Hoje são mais de 30 espalhadas pelo país, sendo as mais organizadas o Comando Vermelho, o Primeiro Comando da Capital (PCC), o Terceiro Comando, a Família do Norte e os Amigos dos Amigos. Comandados por líderes conhecidos, como Fernandinho Beira Mar, Marcola, Marcinho VP e Nem, todos encarcerados, mas a frente de um exército de mais de 29 mil filiados capaz de rebeliões, assassinatos, assaltos, atentados contra ônibus e bases militares, além de muitos outros crimes, dentro e fora das prisões.

Presidente refém das facções 2

Organizados, quase todos se dividem em células-conhecidas como “sintonias”- atuantes nas prisões e nas periferias das cidades. Os setores são conectados e formam coletivos com poder de decisão no âmbito regional, estadual, nacional e internacional, a partir de divisões para segurança dos filiados e familiares, finanças para garantir apoio aos mais necessitados e garantia jurídica. Sua estrutura tem uma base de fraternidade e um discurso contra a desigualdade social, seja dentro dos presídios ou onde vivem familiares dos detentos.

 

O calote parlamentar

Deputados e senadores não economizaram esforços para pressionar o governo, a criar o Programa Especial de Regularização Tributária (Pert) ou Refis, que permitiu que o contribuinte (incluindo eles próprios) zerasse juros e multas aplicadas sobre o principal da dívida, além de dividi-la. O refis foi implantado e. surpresa! Os deputados deram calote ou atrasaram as parcelas acertadas com a Receita. Dos 81 congressistas que aderiram ao programa, ao menos 25 deles estavam com prestações em atraso no final de julho, mesmo tendo obtido generosos descontos em seus débitos e parcelamento em até 12 anos. Os dados são da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Segundo reportagem da Folha de São Paulo alguns congressistas tiveram que quitar a dívida agora em agosto, para regularizar a situação na obtenção do registro da candidatura junto à Justiça Eleitoral, mas o (mau) exemplo fica.

Polos de gelo na lua

Dois polos com superfície de gelo foram identificados pela agência espacial dos Estados Unidos (Nasa), na lua. São áreas mais escuras, distribuídas de forma irregular com características de formações antigas e distintas. O trabalho foi realizado por cientistas da Universidade do Havaí, da Brown University e pelo Centro de Pesquisas da Nasa. Disposto em uma nave não tripulada lançada em 2008, um instrumento criado pela Nasa, foi capaz de identificar a presença de gelo sólido na lua, coletando informações que distinguem água líquida, vapor e gelo sólido.

Água para 130 mil alagoanos

A retomada da Operação Carro Pipa, comandada perlo Exército Brasileiro e controlada em Alagoas pelo 59º Batalhão de Infantaria Motorizada (BIMTZ) já cadastrou cerca de 140 caminhões com tanques para transporte de água de boa qualidade, a 850 comunidades do agreste do sertão de Alagoas. A Operação pretende atingir mais de 130 mil pessoas, que enfrentam problemas com a estiagem e que estavam sem água para o consumo. A operação foi retomada na última segunda feira, em 29 municípios.

Água para 130 mil alagoanos 2

Outros nove municípios estão atualizando o cadastro e em breve serão incluídos nas rotas de abastecimento. O capitão Adelino Ferreira, que chefia a Operação Carro-Pipa no Estado também supervisiona a situação dos mananciais, das reservas existentes, controla o cronograma de ação dos pipeiros e distribui o cloro para beneficiamento da água para o consumo humano. A Operação voltou a ser praticada depois da União reconhecer o estado de emergência de 38 municípios do Estado.

Indígenas na eleição

O número de indígenas registrados como candidatos ás eleições deste ano aumentou 59% em comparação com o pleito de 2014. Agora teremos 129 representantes das comunidades indígenas, contra 81 no pleito anterior. Isso corresponde apenas a 0,46% do total de candidaturas, sendo 53% brancos, 35% de pardos, 11% de pretos e 062% de amarelos. Os estados com maior número de candidatos autodeclarados indígenas são Roraima com 20, Amazonas com 17 e Ceará com 10 representantes.

  • O câncer infantil é hoje a doença que mais causa morte em crianças e adolescentes entre 1 e 19 anos, representando 8% do total, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA).
  • Ainda não existe um motivo claro que explique o desenvolvimento do câncer nas crianças, ao contrário dos adultos, onde os fatores de risco são claros como tabagismo, álcool, obesidade entre outros.
  • O diagnóstico da doença em crianças pode ser bastante complexo, por ser facilmente confundido com doenças comuns na infância. Daí a importância dos pais e do pediatra da criança, que juntos possam detectar qualquer sintoma que se relacione com o câncer infantil.
  • Assim como nos adultos a chance de cura para os diversos tipos de câncer na criança depende da precocidade do diagnóstico. Perda de peso exagerada, hematomas sem explicação, cansaço fácil são apenas alguns dos sintomas que devem ser observados.