Roberto Baia

22 de agosto de 2018

Situação de rua

Para marcar o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua, dia 19 de agosto, a prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, organizou uma programação na segunda-feira (20), para o público assistido pelo Centro Pop, localizado no Centro.

 

Atividades

Seguindo a proposta do Centro Especializado para a População em Situação de Rua, que é promover a cidadania e a garantia de direitos, a direção do órgão preparou uma série de atividades para os cerca dos seus 70 assistidos, diariamente.

 

Programação

A programação começou no próprio Centro Pop, com momento ecumênico de reflexão espiritual, meditação, música e um café da manhã regional. À tarde, o grupo seguiu em passeio no shopping, com direito a sessão de cinema.

 

Inclusão social

Telma Freire, coordenadora do Centro Pop, explica que a maioria nunca tinha entrado no shopping e nem assistido a filmes no cinema. E destaca a importância da ação de inclusão social.

 

Saída das ruas

“O centro pop promove, por etapas, o acesso dessa população a várias instâncias da sociedade. A perspectiva é de que essas pessoas tenham essa rotina em suas vidas e isso motive no processo de saída das ruas”, destacou a coordenadora. (Com Ascom).

 

Arapiraca

Foi divulgada na segunda-feira (20), a decisão judicial que, de forma liminar, suspende as parcerias entre a Prefeitura Municipal de Arapiraca e o Instituto Viva a Vida, a Elo Social de Gestão Pública – ELO, e o Centro de Integração Pública e Social. (Com 7segundos).

 

Ação do MP

Uma ação civil pública havia sido ajuizada pelo Ministério Público de Alagoas pedindo que estas medidas fossem acatadas. De acordo com a decisão, a anulação é resultado de “diversas ilegalidades [que] foram cometidas quando da contratação de tais parcerias”. A sentença ainda cabe recurso.

 

Aceitou pedidos

O texto do magistrado confirma a aceitação dos pedidos feitos pela promotoria de Arapiraca. O juiz Giovanni Jatubá definiu que os contratos devem ser suspensos imediatamente e nenhum repasse público pode ser transferido a essas empresas a partir da intimação desta sentença, sob pena de multa no valor de R$ 20 mil por dia.

 

Cooperativismo

O Centro de Treinamento Rural da Cooperativa Pindorama (CETRUP) vai realizar a segunda edição da Gincana do Cooperativismo nesta quarta-feira,29, em homenagem aos 60 anos da Unidade com a temática “Semeando práticas de cidadania para o futuro”.  O evento vai reunir 150 estudantes do eixo Pindorama e alunos da Escola Estadual Lima Castro.

 

Gincana

Além da comunidade estudantil, a Gincana estenderá suas atividades aos moradores da Colônia em celebração a história social e econômica da cooperativa. A proposta, segundo a coordenadora pedagógica Janieide Ferreira,  é disseminar  os pilares cooperativistas e associativistas também entre a população.

 

 

… “Foi com base nesses pilares que conseguimos manter a cooperativa sustentável e relevante para a vida econômica do nosso povo. Esse chamado é para população ver de perto essa história”, explicou Janieide.

 

… A abertura do evento contará com a presença do presidente da cooperativa,  Klécio Santos, além dos diretores e gestores.  “A cooperativa se preocupa em preparar seu povo, incentivando os jovens a ocuparem seus espaços e os motivando para construir o futuro”, pontou Klécio.

 

… Com diversas atividades, a programação da II Gincana do Cooperativismo  terá início às 7h30 com um desfile cultural pelas ruas de Pindorama. Ao longo do dia, no CETRUP, serão realizados desafios de conhecimentos gerais; produção de cartazes, entrevistas com idosos sobre a história da cooperativa além de recitais, barraca de alimentos da agricultura familiar e arrecadação de itens para doação de cestas básicas.