A Palavra em palavras

17 de agosto de 2018

ORAÇÃO AO SENHOR NASCITURO

Oração ao Senhor Nascituro[1]

Ó Senhor, tão esperado e anunciado pelos profetas,

dai-nos a graça de Vos acolher

desde a anunciação do Anjo,

de Vos aceitar e Vos seguir agora e sempre!

Que nossos olhos nos permitam enxergar-Vos

e nossos corações não se percam de Vós.

Dai-nos, Senhor, a humildade

de Vos reconhecer desde o princípio de tudo

e, assim, respeitaremos toda a vida humana

desde a concepção e antes dela,

quando ainda for um sonho,

mas o sonho de uma vida,

de alguém criado à Vossa imagem e semelhança.

Vinde, Senhor, ao nosso encontro

E o amor habitará nosso coração!

Vinde, e, no respeito à vida, fortalecei-nos!

Vinde, e, com a Vossa presença,

Abençoai-nos, conduzindo-nos à verdade do amor!

E conheceremos a dignidade

da pessoa humana, amaremos a vida,

defendendo e respeitando-a,

porque fostes Vós que a criastes!

Amém.

[1] Oração feita pelo fundador do Amme (Amigos Marianos Missionários da Eucaristia), seminarista Alisson Francisco Rodrigues Barreto, em defesa da vida humana. Esta oração foi compartilhada publicamente num evento da Pastoral da Saúde da Arquidiocese de Maceió, o Escolhemos a Vida. É uma oração destinada a Deus Filho, o Verbo de Deus que Se fez ser humano, em todas as etapas do desenvolvimento humano, da concepção à plenitude adulta, quando foi morto e ressuscitou. Portanto, Deus Filho é chamado, nesta oração, de Senhor Nascituro, pois é uma oração feito a Jesus quando ainda no ventre materno da Virgem Maria. Nascituro é todo o ser humano concebido e que ainda não nasceu (cf. Dicionário da Língua Portuguesa, Editora Porto. Disponível na internet). Ora, o Cristianismo crê na Santíssima Trindade, crendo que Jesus é ao mesmo tempo totalmente homem e totalmente Deus (100% homem e 100% Deus) e o é desde seu primeiro instante da encarnação, ou seja, a partir da concepção. No Santo Rosário, contempla-se a concepção a partir da meditação do mistério do sim (fiat) da Virgem Maria por ocasião da anunciação do arcanjo São Gabriel. Já no segundo mistério do rosário, a presença de Jesus Nascituro é reconhecida pelo também nascituro São João Batista, que estava no ventre de sua mãe, Santa Isabel. Assim como São João Batista reconhece e alegra-se com a presença de Jesus Nascituro, aqueles que fazem a oração ao Senhor Nascituro reconhece a presença e a dignidade de Jesus Cristo no ventre materno de Maria, desde Sua concepção.

Notas e publicação dadas em Maceió, 17 de agosto de 2018.

Alisson Francisco Rodrigues Barreto

Alisson Francisco é poeta (autor de Pensando com Poesia), filósofo (Seminário Nossa Senhora da Assunção; bacharel em Direito (Universidade Federal de Alagoas), pós-graduado (Escola Superior de Magistratura de Alagoas). Autor do blog “A Palavra em palavras” (TribunaHoje.com), seminarista da Arquidiocese de Maceió, cursando Teologia.