Roberto Baia

10 de agosto de 2018

O “rei” da confusão

O prefeito de Maribondo, Leopoldo Pedrosa, está sempre na mídia, não por seu desempenho como gestor, mas por transgredir a lei. Pedrosa já foi preso por agredir covardemente a ex-esposa e a mãe dela. E, agora ocupa novamente as páginas policiais após ser denunciado pelo deputado estadual Dudu Holanda (PSD) que o acusa de sequestrar, agredir e estuprar Meiry Emmanuella de Oliveira Vasconcelos, atual namorada de Hollanda.

 

Denúncias gravíssimas

Na quarta-feira, 8, o deputado Dudu Holanda usou as redes sociais e em áudios que circularam em grupos de WhatsApp fez denúncias gravíssimas contra o prefeito Leopoldo, que até o momento permanece em silêncio. Diante da repercussão do caso, o secretário de Segurança Pública de Alagoas, coronel Lima Júnior, determinou ao delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, que seja instaurado um inquérito para apurar as denúncias.

 

Deputado ameaçado

O deputado Dudu Holanda também denunciou nas redes sociais que vem sofrendo ameaças de morte por parte do prefeito e por conta disso fez um Boletim de Ocorrência e comunicou os crimes do gestor ao governador Renan Filho (MDB) e ao Ministério Público Estadual.

 

Não foi oficializado

De acordo com assessoria do Ministério Público, o procurador-geral de justiça, Alfredo Gaspar, está fora de Alagoas e as denúncias do deputado não foram oficializadas ao MP.

Leopoldo Pedrosa foi preso em junho do ano passado em cumprimento a um mandado expedido pelo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Otávio Leão Praxedes, por agressão contra a Emmanuella e a mãe dela.

 

Surra na esposa

O ex-vice-prefeito de Girau do Ponciano, Severino Correia Cavalcante o Severino do Chapéu, que se tornou conhecido em Alagoas por ter formulado denúncias de improbidade na gestão do prefeito Fabinho Aurélio, está sendo procurado pela polícia por ter agredido covardemente a própria esposa, que procurou a polícia e fez um Boletim de Ocorrência.

 

Está foragido

A Polícia Civil abriu inquérito e está realizando diligências com a finalidade de prender o político, que é aliado do prefeito David Barros. A esposa de Severino do Chapéu, dona Cícera Correia César relatou aos policiais que durante uma discussão do casal, ele a teria agredido violentamente com um balde e depois a arrastado pelo chão.

 

Decisão judicial

Numa decisão assinada pelo Juiz de Direito da Vara de Único Ofício de Girau do Ponciano, Allysson Jorge Lira de Amorim, foi determinado que Severino do Chapéu deve manter-se afastado da esposa por uma distância mínima de 300 metros, assim como não utilizar de quaisquer meios de comunicação para manter contato com a mesma.

 

Saúde dos fumicultores

Preocupados com a saúde dos produtores de fumo de Arapiraca, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em ação conjunta com a Secretaria Municipal de Saúde do município de Arapiraca realizaram, na quarta-feira (08), visitas a propriedades de produtores de fumo na Vila Bananeiras, localizada da área rural da cidade. Visando conhecer a relação dos fumicultores com algumas doenças, o grupo traçou um minucioso mapeamento da comunidade.

 

Equipe da Fiocruz

Durante o mês de julho, a fundação desenvolveu um projeto piloto de atendimento aos cultivadores do fumo atendidos na zona rural e avaliou a situação deles após os dados coletados. Na quarta (08), a equipe da Fiocruz estudou os agravos que os fumicultores da Vila Bananeiras sofrem em decorrência do processo produtivo para que as Unidades Básicas de Saúde (UBS), através do Sistema Único de Saúde (SUS), possam intervir.

 

Crime em Girau

No início da manhã de ontem, quinta-feira (09), um triplo homicídio foi registrado em Girau do Ponciano, no Agreste alagoano.

 

As vítimas integram a mesma família. Edivaldo Claudino dos Santos, de 24 anos, Edvânia Nunes Lima, de 31 anos e o filho do casal, um menino de dois anos, foram encontrados sem vida em cima da cama, dentro de um quarto.

 

 

… O imóvel em que os corpos foram achados está situado na Rua João Paulo II, no bairro Torrões.

 

… Informações preliminares apontam que a porta dos fundos da casa foi arrombada e as vítimas mortas a tiros durante a madrugada. Vizinhos do casal afirmam ter escutado o barulho dos disparos, mas que não saíram de casa com medo do que poderia estar acontecendo.

 

… Um tio de Edivaldo contou ao 7Segundos que o jovem é natural de Lagoa da Canoa, e moravam em Girau do Ponciano há alguns anos. Relatou ainda que desconhece qualquer tipo de rixa ou inimizade que motivasse um crime bárbaro com este.