Flávio Gomes

10 de agosto de 2018

A ética atropelada

Jornalista Jorge Oliveira, no “Diário do Poder”: “Não sabemos até que ponto, nós, jornalistas, devemos nos submeter à política editorial dos donos da mídia. Fica difícil julgar onde começa e termina a ética da profissão, quando sabemos que a categoria perdeu a sua legítima representação de classe com seus sindicatos, federação e associações – e até mesmo jornalistas – envolvidos ideologicamente com partidos políticos. Parece-me, muito, que a ética começa a morrer com o tempo de casa do profissional na empresa, quando ele assimila e defende os propósitos do próprio patrão com receio de ficar fora do mercado de trabalho. A Miriam Leitão está sendo criticada por colegas e telespectadores pelo fato de transmitir a Bolsonaro a posição da Organização Globo como se estivesse numa escola repetindo as primeiras lições da sua professora primária. Em alguns momentos a defendi aqui neste espaço por calúnias atiradas contra ela por jornalistas e críticos petistas que a todo momento tentam apedrejá-la por suas posições anti-PT. Profissional competente e íntegra, dessa vez Miriam pisou na bola ao se submeter a truculência do seu chefe que poderia ter exibido a resposta oficial da emissora em caracteres na tela depois que ela finalizasse o programa. Certamente a pouparia do vexame de contestar a provocação de Bolsonaro como marionete de um programa em que até então ela comandava. Muitas das críticas a jornalista na internet são pesadas. Mas, uma delas, a do jornalista William Waack é inoportuna. Diria até desleal contra a sua ex-colega de emissora…”

Alerta

Suplente de senador é como vice: pode não dar voto, se não tiver peso político, mas tira voto, se tiver desgaste. É uma questão, positiva ou negativa, do perfil de cada um. Lurdinha Lyra, vice de Cícero Almeida na disputa pela Prefeitura de Maceió, foi um caso raro de atração de voto, nas duas eleições que disputaram.

Quem são

Suplentes dos principais concorrentes ao Senado: Rodrigo Cunha – Eudócia Caldas e Henrique Arruda;  Benedito de Lira –  Lúcia Teófilo e Gustavo Lima; Renan Calheiros – Rafael Tenório e Silvana Barbosa; Maurício Quintella – Luiz Romero Farias e Gilvânia Barros. Detalhe: o suplente de hoje pode ser o titular de amanhã.

A conferir

Célio Gomes em seu blog, no “Cada Minuto”: “Com Fernando Collor e Renan Filho brigando virtualmente sozinhos pelo eleitorado alagoano, pode apostar que a eleição começa e acaba em 7 de outubro. Não teremos segundo turno. Essa é uma característica que faz da campanha uma jornada tão intensa quanto perigosa.”

Causa nobre

Hoje, das 8 às 14 horas, a Associação dos Procuradores de Estado promove, junto com o Hemoal, ação de doação de sangue, como parte das festividades do Dia dos Pais e Dia dos Advogados. O evento será na sede da APE-AL, para procuradores, demais servidores da PGE e público em geral. Contato: 3221.7293.

Agenda

Portal “Diário do Poder”: “O CEO da Favela Holding, Celso Athayde, vai lançar a rede social Black & Black, em versão beta, no próximo dia 15 de agosto, na histórica Serra da Barriga. O berço histórico da luta contra a escravidão fica em União dos Palmares (AL), que sediou o quartel general do Quilombo dos Palmares.”

Opinião

Da advogada Janaína Paschoal, sobre o aborto: “Se a descriminalização acontecer, serão beneficiados médicos e clínicas – inclusive as clandestinas – e não as mulheres. É como se pedíssemos para legalizar o tráfico de drogas só porque há pessoas que usam drogas. Quem realiza os abortos tem um papel similar ao do tráfico”,

*Deputado federal Roberto Freire (PPS/SP): “A cada ação tresloucada do lulopetismo corresponde uma reação igualmente tresloucada da ultradireita bolsonarista. Ambos os extremos se retroalimentam no objetivo de desestabilizar a democracia.”

*As Centrais Sindicais realizam hoje o “Dia do Basta”, com paralisações do trabalho e protestos e atos públicos em todo o Brasil. Não por acaso hoje é 6ª feira, véspera de final de semana, o que garante aos participantes um conveniente feriadão.

*Para comemorar o Dia do Estudante, o Hospital Universitário Alberto Antunes realiza hoje, das 8 às 13 horas, a Primeira Mostra dos Estudantes do HUPAA. Com o tema “Construindo saberes e práticas”, a mostra terá também apresentação cultural.

* O Bar e Restaurante Zeppelin anuncia para hoje “Do Forrójazz ao Underground”, e com Edi Ribeiro, Rogério Dyaz e a Trincheira e Sebage. A partir das 20 horas, com couvert a R$ 10,00. Rua Desembargador Artur Jucá, nos fundos das Lojas Americanas.

* O projeto Sesc das Artes recebe nesta 6ª, 10, o cantor Gama Júnior, às 20 horas, no Teatro Hermeto Pascoal, na Unidade Sesc Arapiraca, com entrada franca. Os ingressos serão entregues uma hora antes da apresentação. Informações: 3482-2402/ 3482-2400.

*O CSA tem hoje outra tarefa a cumprir, na luta para assumir a liderança do Brasileiro da Série B: ganhar do Goiás, a partir das 19h15m, em Goiânia. O líder Fortaleza também joga fora de casa, amanhã, em Campinas, contra o Guarani.

“Eu sei que a justiça é cega, mas o juiz não é”

Luiz Fux

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, em referência indireta a Lula, condenado, preso e que insiste em ser candidato à Presidência da República