Edmilson Teixeira

27 de julho de 2018

Vereador  recebe líder do PMN

Presidente da Câmara Municipal de Messias, vereador Gibson Buarque(PMN) recebeu ontem pela manhã em sua cidade, o presidente estadual de seu partido, o vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Francisco Tenório; além da pré-candidata a federal, Olívia Tenório. “Diga-se de passagem, que Chico Tenório há muitos anos trabalha silenciosamente pelo povo desta terra, junto a este líder que também tenho a honra de ser aliado político e amigo pessoal”, comentou o vereador por Santana do Mundaú, Ivan Ferreira (PMN).

Carneiros  

Prefeitura do pequenino e pobre município de Carneiros, no Sertão de Alagoas, publicou nesta quinta-feira no Diário dos Municípios, o extrato de um contrato firmado com a empresa  Diego Nunes Felinto & Cia Ltda, para fornecer fogos de artifícios para o órgão. Valor do acordo: /R$ 70.036.60. Parece mais brincadeira! Será que era para a Copa do Mundo?

Joaquim Gomes

Ontem, mesmo então faltando seis dias para conclusão do mês em curso, a  Prefeitura de Joaquim Gomes anunciou a liberação do pagamento da folha dos servidores; tanto efetivos como contratados e comissionados; exceto os que estão lotados na Secretaria de Saúde, porque o órgão é vinculado a uma liberação especifica de recursos federais. De acordo com o prefeito Adriano Barros, o calendário segue o cronograma de que, a Saúde só recebe após o dia 10 do mês subsequente ao trabalhado.

Satisfação

“Servidores públicos demonstraram muita alegria quando o prefeito Adriano transmitiu a informação; enquanto que  Comércio local agradece, visto que a ação veio  culminar com um final de semana, onde até a Feira Livre da cidade promete ter um aquecimento econômico diferenciado dos demais dias do mês”, comentou um vereador ligado ao grupo do Governo.

Atalaia

Na manhã de ontem, o município de Atalaia se tornou um dos primeiros do Estado a realizar a entrega de cestas nutricionais para gestantes e nutrizes, através do uso da tecnologia do reconhecimento facial. Trata-se de uma ação que faz parte de uma parceria entre Prefeitura e Governo de Alagoas. O objetivo é o de proporcionar uma alimentação adequada às gestantes e nutrizes que no momento se encontram em situação de risco e vulnerabilidade social.

Atalaia- credibilidade

“Esse sistema nos dar uma segurança a mais e nos possibilitou ter um contato pessoal com cada uma das 512 beneficiárias do município, que realmente encontra-se em uma situação de risco e vulnerabilidade social. Estamos correndo contra o tempo para que a entrega aconteça nesses três dias, garantindo assim o alimento nutricional na mesa de todas essas beneficiárias. Pretendemos ampliar esse número de beneficiárias, mas isso depende da demanda”, destaca a assistente social, Meirelane Rodrigues.

Santana do Ipanema

A boa notícia para os santanenses que ontem vivenciaram o dia de sua padroeira, Santa Ana, é que na terça-feira o prefeito Isnaldo Bulhões assinou um contrato junto a Caixa Econômica, que visa a construção da Barragem do João Gomes. A obra vai custar 8 milhões de reais

Alvo

A Barragem do João Gomes terá capacidade de armazenamento de 2.154.062,14 m³ de água que  será destinada para o consumo humano, animal, irrigação, além de lazer. Já é tida como um dos maiores investimentos de todos os tempos na área hídrica do município. “Executar obras estruturantes é nosso propósito sempre, com muito esforço estamos trabalhando para reconstruir o município”, destacou o prefeito Isnaldo Bulhões.

Desfalque

Na região do Agreste, 15 municípios inclusive Arapiraca, já perderam R$ 93,6 milhões em arrecadação, por conta da suspensão da lei dos royalties do petróleo. O levantamento foi feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), que tenta reverter uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), para garantir novamente o repasse referente à divisão dos recursos da produção de petróleo e derivados no País.

Sistema

A Lei dos Royalties foi aprovada pelo Congresso Nacional no ano de 2012. Ela mudou as regras para a divisão dos rendimentos com a exploração de petróleo e derivados, tornando a partilha mais igualitária entre produtores e não produtores.

Números

Em Alagoas, por exemplo, o município de Arapiraca deixou de receber R$ 24.037.059,88. Palmeira dos Índios já perdeu R$ 8.626.193,13, enquanto Teotônio Vilela e Girau do Ponciano acumulam perdas da ordem de R$ 6,2 milhões e R$ 6 milhões, respectivamente.