Edmilson Teixeira

10 de julho de 2018

Palmeira dos Índios, embate descabido!  

Prefeito Júlio Cezar enfrentou um final de semana de muita turbulência. Travou um embate de acusações em diferentes microfones com o ex-prefeito James Ribeiro; e como se não bastasse, partiu para o desespero contra a jornalista Grazi Duarte. Esse lance foi sobre uma matéria, inclusive agregada com um vídeo, onde supostamente aparece o prefeito “pobre” como ele costuma ser chamado, negociando a compra de votos no período eleitoral que lhe garantiu o trono municipal.

Palmeira dos Índios – ataque

 “Ela está a serviço de um grupo de pessoas que patrocina uma campanha sórdida e covarde para macular minha imagem e desestabilizar nosso governo com matérias mentirosas, tendenciosas, parciais, injúrias, calúnias e ataques à minha honra. Um ódio inexplicável e sem precedentes. Por isso, vai responder por seus atos”.

Palmeira dos Índios- contra-ataque

Num vídeo Grazi Duarte afirma que não é a primeira vez que o gestor palmeirense foge da ética profissional, visto que também é jornalista, porém, sem o respeito e a amizade de grande parte dos companheiros da profissão. “Quem quiser pode perguntar, inclusive a um dos mais respeitados jornalistas de Alagoas, Kleverson Levy, que inclusive detém um blog particular e também no site de noticias CADA MINUTO, a quem Júlio Cezar já ameaçou processar”

Manifesto

Prefeitos e prefeitas que estavam na manhã desta segunda-feira numa reunião da AMA, foram surpreendidos por volta das 11h, quando um manifesto contando com mais de 50 pessoas, sobretudo liderado pelo Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate as Endemias- Sindasc/AL tentara chegar até o local do evento. Mas, graças aos seguranças da entidade, apoiados com um reforço da PM, foi que os manifestantes ficaram barrados no portão de acesso. Por conta disso, eles impediram a saída de todos os veículos que se encontravam no local. É que eles reivindicam apoio da AMA, quanto à campanha da aprovação do piso nacional da categoria que tramita em Brasília.

Negociação

Os manifestantes só desobstruíram a saída dos veículos por volta das 13h, uma hora depois da reunião, quando o presidente da AMA, Hugo Wanderley decidiu receber uma comissão formada por cinco integrantes do Sindasc/AL. Além dos prefeitos e prefeitas ficaram barrados para sair; integrantes da diretoria do Tribunal de Contas de Alagoas, representantes do MPE/AL, da Receita Federal e do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social, eles que teriam comandado  a pauta da reunião do dia.

Precaução

Pois a categoria planejava chegar à reunião, mostrando seu sentimento de preocupação sobre a aprovação da medida provisória de nº 827, que regulamenta o piso nacional a partir do ano que vem para 1.250 reais, que hoje recebem apenas 1.014 reais. Os agentes afirmam que a medida não vem sendo bem aceita por muitos prefeitos. É que segundo o Sindasc/AL, a Confederação Nacional dos Municípios- CNM- já deu sinal de que se medida for aprovada, isso não será bom para a grande parte dos municípios brasileiros.  O presidente da AMA, Hugo Wanderley, que é favorável ao pleito, se comprometeu em formular uma nota conjunta com o próprio Sindicato, no sentido de destrinchar toda situação.

Paralelo

“Nós Agentes de Saúde estamos há 4 anos sem receber um reajuste, cuja a nossa mensalidade é repassada pelo governo federal, cabendo somente aos prefeitos os encargos sociais”, disse Adriano Dantas que estava no manifesto representando Quebrangulo/AL.

Justificativa

“As Prefeituras estão há 25 anos recebendo o mesmo valor do repasse financeiro, oriundo de Brasília, para assegurar um Programa de Saúde da Família (PSF), pois essa triste realidade está sendo discutida pela CNM, justamente na tentativa de encontrar apoio dos congressistas, a fim de amenizar o sofrimento das Prefeituras, que tanto tem investido no complemento dos programas federais” presidente da AMA, Hugo Wanderley.

Joaquim Gomes

Nesse período de um ano e meio à frente da Prefeitura, o prefeito Adriano Barros contabiliza mais de 50 ações realizadas em sua administração. Garantiu mais trabalho dando conta de que as obras não vão parar. “Seguiremos firmes e certos de que, vamos transformar Joaquim Gomes em num lugar melhor de se viver e que, o povo volte a ter orgulho de seus políticos, pois, ao fim do nosso governo, não terá mais espaços para políticos desonestos, nem irresponsáveis com o dinheiro público, pois estamos dando exemplo de que é sim possível fazer, mesmo com uma cidade onde a falta de geração de renda ainda é um sério problema”

Eleição 2018

Nesta terça-feira, às 15h, na sede do PMN Maceió, no bairro do Farol, a pré-candidata a deputada federal, Olivia Tenório, tomará posse como presidente da Executiva Municipal. A solenidade contará com a presença do presidente estadual do partido, deputado estadual Francisco Tenório, da prefeita de Chã Preta, Rita Tenório,  vereadores e correligionários. Juntamente com Olivia Tenório tomará posse toda executiva municipal.

Penedo

Nesta terça, a equipe de Finanças de Penedo/AL, estará discutindo com empresários do comércio local uma nova metodologia de trabalho que será implantada no mês que vem. O evento que começa às 18h30 vai se estender até quinta-feira. O foco principal são os concessionários, permissionários, feirantes e demais ocupantes de espaço público. Na oportunidade também serão discutidas a situação de cada utilização do espaço público, melhores datas para pagamentos e reajuste dos valores já praticados