Flávio Gomes

3 de julho de 2018

A suspeição de Toffoli

Jornalista Pedro Luiz Rodrigues: “Hipóteses de suspeição são indícios de parcialidade, referidos na lei de maneira um tanto indeterminada, como quando se refere a ‘amigo íntimo’ ou ‘inimigo’. Como ninguém cuidou definir o grau de intimidade entre as partes ou quando duas partes são inimigas, fica aberta a porta para eventuais manifestações de flexibilidade ética dos magistrados. Não quero aqui abordar o teor do voto do ministro Dias Toffoli, que aceitou argumentos da defesa do ex-ministro e ex-presidente do PT, José Dirceu, e mandou libertá-lo da prisão. Minha questão, mais simples, menos jurídica, mais ética, é se o ministro Toffoli não deveria ter se declarado impedido de atual no processo que libertou Dirceu. Afinal, é do conhecimento público que Toffoli foi assessor jurídico do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados e advogado do mesmo partido nas eleições presidenciais de 1998, 2002 e 2008. Dificilmente poderá alegar que não conhecia José Dirceu com bastante proximidade – uma vez que foi seu subchefe de assuntos jurídicos (no período em que Dirceu foi Chefe da Casa Civil da Presidência). Ficou na equipe de Dirceu até chegar primeiro escalão, como advogado-geral da União. São razões mais do que justificadas para ter se declarado suspeito para julgar a matéria.”

Meia volta

Na inauguração de trecho da duplicação da AL-220, semana passada, Marx Beltrão sinalizou a desistência de candidatura ao Senado, para disputar a reeleição de deputado federal. O grupo palaciano teria apenas dois concorrentes ao Senado: Renan Calheiros, candidato à reeleição, e o deputado federal Maurício Quintella.

Determinado

Contrariando anúncio do próprio partido, Fernando Collor de Mello (PTC/AL) diz que é para valer sua pré-candidatura à Presidência da República. Através das redes sociais, o senador revelou: “Vamos aguardar o período oficial da campanha para que possamos falar mais sobre isso”. Seu slogan é “A experiência faz a diferença”.

Chabu

Jornalista Gabriel Mousinho, no semanário “Extra”: “Ninguém na oposição acredita mais numa candidatura forte ao governo do Estado. As maiores lideranças desconversam quando o assunto é candidato para enfrentar Renan Filho. Nenhuma das alternativas deu certo até agora e o tempo fica mais estreito a cada hora.”

Boa nova

Tramita na Assembleia Legislativa projeto de lei que proíbe a apreensão ou retenção de veículo por não comprovação de pagamento do IPVA, DPVAT e licenciamento. “O Estado terá outros meios para efetuar esta cobrança, como, por exemplo, a execução fiscal”, diz o deputado Francisco Tenório, que apresentou o projeto.

Proposta

Médica, a ex-prefeita Célia Rocha defendeu o setor Saúde no 1º Seminário de Políticas Públicas, em Arapiraca: “O SUS ainda é a principal ferramenta de acesso a atendimento. Não pode ser excluído. Precisa ser reformulado, ampliado, ter mais investimentos. Não podemos permitir que a lei do teto de gastos seja realidade.”

Compromisso

Na audiência pública convocada pelo deputado federal João Henrique Caldas (JHC) Emanuelle Moura, de Barra de Santo Antônio, foi a única a defender publicamente que os professores tenham direito a 60% dos precatórios do Fundef. “Se houver suporte legal, a Barra fará esse repasse sem nenhuma hesitação”, prometeu.

Cinismo

Lula: “Estou na situação de um inocente que está sendo julgado para evitar que eu volte a fazer o melhor governo do Brasil. Eles não sabem como irão passar para a História. Eu sei. Vou passar para a História como o presidente que mais fez inclusão social. O herói não é o cara que enforcou Tiradentes. Foi o enforcado que virou herói”

 

* Faleceu no sábado passado, em Maceió, Martha Bernardes, viúva do ex-deputado estadual José Bernardes, que concorreu à Prefeitura de Maceió, em 1992. O corpo foi velado no Parque das Flores até domingo, quando seguiu para ser cremado em Recife.

*Os Hotéis Maceió Mar e Ponta Verde adotaram um espaço na orla de Jatiúca, que será inaugurado hoje, 9 horas. O Parque Infantil Vô Hélio homenageia Hélio Vasconcelos, um dos pioneiros da hotelaria alagoana e patriarca da família Vasconcelos.

* A SMTT interditou parcialmente, até dia 17, uma intersecção das Avenidas Buarque de Macedo e Humberto Mendes, no Poço, para uma obra da Casal. O trecho ficará em meia pista nas imediações da ponte sobre o Salgadinho, das 7 às 17 horas.

*Docentes de Química, Matemática, Biologia e Língua Portuguesa da rede pública de ensino estadual em Alagoas e do Instituto Federal de Alagoas poderão se candidatar à preceptoria da residência pedagógica no instituto até hoje, via internet.

*Será aberta hoje, na Pinacoteca Universitária, a exposição “Montar Uma Ruína: Clube Alagoinha”, da artista visual Lis Paim, com início às 20 horas. A mostra aberta para visitação de amanhã ao dia 14 de agosto, na Praça Visconde de Sinimbu, 206.

* A Fundação Municipal de Ação Cultural abriu edital para selecionar grupos culturais para quatro eventos voltados às tradições afro-brasileiras. O edital contempla Saurê Palmares, Festa das Águas e Xangô Rezado Alto, além do Ginga Capoeira.

 

“O que eu quero é a confiança de vocês. Não precisam gostar de mim.”

Ciro Gomes

Pré-candidato do PDT à Presidência da República, dirigindo-se a empresários em evento da XP Investimentos