Roberto Baia

30 de junho de 2018

Salário em dia

O prefeito Júlio Cezar, mais uma vez, realiza o pagamento dos servidores dentro do mês trabalhado. Na quinta-feira (28), já começaram a receber todos os servidores da área da Educação, efetivos da Assistência Social e da Saúde, além dos aposentados e pensionistas que recebem pela Palmeira Prev.

 

Compromisso

Os funcionários públicos da área da Administração deverão receber a partir de sexta-feira (29), nas redes bancárias, de acordo com o secretário de Fazenda Onofre Raimundo.

D acordo com o prefeito Júlio Cezar, apesar das dificuldades enfrentadas pelos municípios brasileiros, a folha de pagamento dos servidores públicos municipais é um compromisso do Governo Municipal.

 

Salário atrasado

A Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA) que tanta alegria trouxe para o torcedor arapiraquense encontra-se no fundo do poço. Jogadores e funcionários entraram em desespero com o atraso dos salários referentes ao mês de maio e pressionam a diretoria que, por sua vez, está com as mãos na cabeça e reclama de dificuldades para receber repasse da Prefeitura de Arapiraca.

Diante da polêmica gerada por uma matéria do site 7Segundos que relatou o quadro de angústia vivido por jogadores e funcionários do clube alvinegro, o presidente Ivens Leão emitiu uma Nota Oficial negando transferência de responsabilidade dos atrasos para terceiros, como é o caso da Prefeitura de Arapiraca.

 

Reconhece

Na nota, o clube reconhece que o salário do mês de maio que venceu no último dia 10 de junho, realmente está em atraso para todos os funcionários e que a diretoria executiva está trabalhando para obter os recursos para sanar o débito o quanto antes.

 

Bola murcha

Ainda de acordo com a nota, todos os jogadores, membros da comissão técnica e funcionários do clube estão cientes da atual situação do time.

Quanto à má fase do representante arapiraquense, pode-se dizer que a bola está murcha e, pelo andar da carruagem, assim deve continuar, para tristeza da torcida, por um bom tempo.

 

Moção de repúdio

 

Na sessão realizada na terça-feira, 26, , a vereadora Gilvania Barros, em nome dos 17 vereadores arapiraquenses,  manifestou a sua solidariedade de apoio ao médico cardiologista, José Wanderley Neto e uma moção de repúdio à diretoria da Santa Casa de Maceió pelo fechamento do Instituto de Doenças do Coração.

 

Contribuição

De acordo com a vereadora, Dr. Vanderley Neto, há 45 anos vem contribuindo de forma brilhante com o seu trabalho como cardiologista.

Ela lamentou, que mais de 100 profissionais da área de saúde ligados ao Dr. José Vanderley, deixam de prestar seus serviços.

 

Santa Casa

A presidente Professora Graça, também foi solidária as palavras da vereadora Gilvania Barros, pedindo a consultoria jurídica da Casa, que torne o Voto de Repúdio, oficial, manifestando a sua tristeza com a atitude da direção da Santa Casa.

 

Feira Grande

O município de Feira Grande, um dos mais importantes do Agreste alagoano, realiza com muito brilho e alegria a sua mais tradicional festa junina. dentro da programação, com apoio da Secretaria de Cultura, realizou  no ultimo dia  24, concurso de quadrilhas Juninas no Município.

 

Grande festa

No palco, muita emoção, paixão, criatividade e brilho nos olhos. Em jogo, muito mais que isso. São sonhos, expectativas e muitos meses de trabalho. Assim, no último domingo, Feira  Grande mostrou sua cultura promovendo uma grande festa.

 

Premiações

Foram três grupos da tradicional dança junina de todo o município, que se revezavam na pista, concorrendo a premiações em dinheiro. Estava aberta a temporada de apresentações dos grupos de dança junina, que estreavam suas coreografias no Centro da Cidade.

Quadrilhas

No dia da festa, quem reinou foram as quadrilhas Os Pés Quentes, Os Diferentes do Massapé e o Olhar  do Sertão do Município Varginha. O grupo levou ao palco uma verdadeira superprodução, digna dos deuses.

 

… Festa em Feira Grande: Foram três grupos da tradicional dança junina de todo o município, que se revezavam na pista, concorrendo a premiações em dinheiro.

 

… Estava aberta a temporada de apresentações dos grupos de dança junina, que estreavam suas coreografias no Centro da cidade.

 

 

… No dia da festa, quem reinou foram as quadrilhas Os Pés Quentes, Os Diferentes do Massapé e o Olhar  do Sertão do Município Varginha. O grupo levou ao palco uma verdadeira superprodução, digna dos deuses.