Roberto Baia

22 de junho de 2018

Em ritmo de eleições

Mesmo em clima de Copa do Mundo, os bastidores da política arapiraquense estão em pleno movimento, com a mobilização  dos políticos da terra que estão de olho na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa. Com exceção do deputado estadual Severino Pessoa (PRB), que já anunciou a sua pré-candidatura para deputado federal, os deputados Tarcizo Freire (PSD) e Ricardo Nezinho (PMDB) já estão em plena atividade para continuar na Casa de Tavares Bastos.

 

Novos nomes

Dentre os novos nomes que figuram no cenário político local para a Assembleia Legislativa estão à vice-prefeita Fabiana Pessoa (PRB), ex-prefeita Célia Rocha (PTC), o filho do prefeito Rogério Teófilo, advogado Moacir Teófilo Neto (PSDB) e Breno Albuquerque, filho do ex-deputado estadual e ex-vereador de Arapiraca, Dudu Albuquerque (PRTB).

 

Severino Pessoa

Para a Câmara dos Deputados, além da forte pré-candidatura de Severino Pessoa, o PRTB apresentou o nome do ex-vereador Dorge do Queijo, que não conseguiu se reeleger nas últimas eleições municipais. Outro político que também pleiteia uma cadeira em Brasília é o empresário Ricardo Barreto (PP), que entra na disputa com poucas chances e sonhando com o apoio de Rogério Teófilo que, por sua vez, já anunciou que tem compromisso com o deputado federal Arthur Lira e o senador Biu de Lira.

Comoção em Arapiraca

Em clima de comoção e coma presença de familiares, amigos e estudantes, foi sepultado na manhã de ontem, 21, no Cemitério Pio XII, o corpo do professor José Barros Rodrigues. De acordo com informações de familiares, Professor Zé Rodrigues, como era mais conhecido, na noite de quarta-feira após passar mal dentro do seu veículo, que acabou colidindo com um poste na Avenida Miguel Correia de Amorim, no bairro Baixão.

 

Muita tristeza

O professor chegou a ser atendido por uma equipe do Samu, mas faleceu no Hospital Regional de Arapiraca.

Estudantes que estiveram no sepultamento, lamentaram a morte do professor que ensinava nas escolas estaduais Quintella Cavalcanti e EPIAL (Escola Profª. Isaura Antônia de Lisboa), em Arapiraca.

 

Palmeira dos Índios

Palmeira dos Índios contará a partir do mês de setembro, com um serviço de conciliação e mediação que beneficiará a população local. Hoje (21), o Tribunal de Justiça de Alagoas, a Prefeitura de Palmeira e o Centro Universitário Cesmac assinaram um convênio para a implantação do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) do município. Em Alagoas, somente Maceió já possui um Cejusc. Em Arapiraca, o Centro será instalado em outubro.

 

Atuação de estudantes

Em Palmeira, o Cejusc funcionará no Campus do Cesmac e contará com a atuação de estudantes do curso de Direito. Os alunos atuarão na conciliação de processos da área da Fazenda municipal. “A desjudicialização de processos da Fazenda é a meta 5 do Conselho Nacional de Justiça. Alunos do 9º e do 10º período de Direito vão auxiliar na obtenção de acordos nessas ações”, disse o coordenador-geral do Cejusc juiz José Miranda Santos Júnior.

 

Cidades vizinhas

Para o prefeito Júlio Cezar, a instalação de um Centro de Conciliação beneficiará o município e cidades vizinhas. “Temos cerca de seis mil processos em tramitação envolvendo cobrança de IPTU e outras dívidas municipais. Acredito que esses processos, agora, poderão ser resolvidos mais rapidamente. Vamos chamar os credores para, junto do Poder Judiciário, negociar um valor menor, um valor dentro da realidade que a pessoa possa pagar. O objetivo é fazer com que o município receba e possa investir mais em políticas públicas”, destacou o prefeito Júlio.

 

Um desastre 1

Realizado há 16 anos, o Concurso de Resgate às Tradições Juninas de Arapiraca tinha tudo para ser uma grande festa popular.

Mas a desorganização e falta de comunicação entre a Prefeitura de Arapiraca e os líderes comunitários estão prejudicando a festa e as apresentações das quadrilhas juninas nas comunidades.

 

Um desastre 2

Desde o início do mês de março que os moradores aguardavam a publicação do edital, mas o documento com as regras do concurso só foi lançado há pouco mais de um mês pela Secretaria Municipal de Cultura.

Devido ao excesso de burocracia, a verba da ajuda de custo, no valor de R$ 4 mil, não chegou em tempo hábil para que as comunidades pudessem organizar a festa, com a montagem dos seus arraiás.

 

… A Secretaria Municipal de Saúde de Palmeira dos Índios tem trabalhado intensamente na busca de reformas e construção de postos de saúde do município. Em parceria com a Secretaria Municipal de Obras foi feito um novo levantamento da situação das unidades de saúde pertencentes ao município, inclusive de obras inacabadas ou que não saíram do papel.

 

… No ano passado, durante um levantamento prévio, foi constatado que a maioria das unidades estava funcionando de forma precária, fato que prejudica o atendimento à população.

 

… Mofo, infiltrações, falta de equipamento, de medicamentos e de profissionais. Esses são alguns dos problemas que foram previamente detectados.