Blog do Dresch

19 de junho de 2018

Desenvolve e BNB disponibilizam R$ 5 milhões

A Agência de Fomento de Alagoas, a Desenvolve, firmou parceria com o Banco do Nordeste (BNB) para investir R$ 5 milhões em iniciativas empreendedoras. O presidente da Desenvolve, Jorge Vieira, explicou que existe uma rede de investimentos em pequenas ações nos municípios que mais necessitam de ações nesta natureza. “A parceria com o BNB tem proporcionado investimentos econômicos e sociais, nas áreas mais vulneráveis do Estado, sobretudo junto à população rural” destacou Vieira.

R$ 5 milhões disponíveis 2

Com a disponibilidade destes recursos será possível impulsionar a economia local, colaborando com a geração de emprego e renda. O apoio do agricultor rural e ao microempreendedor tem se consolidado com as linhas de crédito da Desenvolve, como a de microcrédito e as linhas voltadas às cooperativas de produção. Com o dinheiro em mãos, o pequeno agricultor e o microempresário podem abrir ou expandir seu negócio, gerando ainda mais emprego e renda.

Para ninguém botar defeito

O novo prédio do Instituto Médico Legal Dr. Estácio de Lima, inaugurado ontem, encerra um período de 87 anos em que o necrotério ocupava um dos prédios da antiga Escola de Medicina, vinculada à Universidade federal de Alagoas (Ufal). Agora, o prédio é do estado e oferece condições adequadas de trabalho e (esperamos) de atendimento ao público. O investimento do Estado superou os R$ 25 milhões, gastos na estrutura física e na compra de equipamentos, considerados de última geração.  A estrutura envolve sete prédios distintos, porém interligados. O primeiro de informação e atendimento à população, seguido pelo bloco administrativo, exames em pessoas vivas, refeitórios, exames em mortos, exames em corpos em estado de decomposição e subestação e casas de máquinas. Foram instaladas duas câmaras frias com capacidade para 88 corpos (16 em putrefação).  E ainda uma Central de ar condicionado com exaustores para garantir o armazenamento dos corpos.

Saques do PIS/Pasep

Começou ontem a liberação das contas inativas do PIS (Programa de |Integração Social) e Pasep (Programa de Formação do Patrimônio de Servidor Público) para os titulares das contas com mais de 57 anos de idade. Em setembro a autorização será dada para todas as idades, diferente da forma anterior, quando o beneficiário completasse 70 anos, tivesse doença grave ou invalidez, ou fosse herdeiro do titular.

Saques do PIS/PASEP 2

Pelas contas do governo, 28,7 milhões de pessoas serão beneficiadas. Em cifras isso representa R$ 34,3 bilhões disponíveis para saques no Banco do Brasil (PASEP) e Caixa Econômica Federal (PIS). O cálculo desse valor não contabiliza cerca de R$ 5 bilhões resgatados por 3,6 milhões de pessoas em recursos dos dois programas.

Saques do PIS/PASEP 3

A estratégia do Governo é dar um novo impulso na economia brasileira, seguindo o mesmo modelo na liberação de saques das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), que na oportunidade representaram cerca de R$ 43 bilhões em movimentação.

Saques do PIS/PASEP 4

Tem direito ao saque servidores públicos e pessoas que trabalharam com carteira assinada de 1971 quando os dois programas foram criados, até 1988, ano em que a Constituição foi promulgada e mudou a destinação das contribuições para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e ainda para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

Cana mais doce

Uma pesquisa do Instituto de Biologia da Unicamp descobriu uma técnica inovadora que pode trazer de volta a pujança do setor sucroalcooleiro em todo o país. A pesquisa localizou em que parte do código genético da planta está o fragmento de genes responsável pela produção do açúcar. A descoberta pode trazer melhoramentos e modificações genéticas que aumentam a capacidade de produzir sacarose e além disso, pode ser utilizada para criar variedades resistentes a pragas.

Cana mais doce 2

A equipe de pesquisadores enfrentou dificuldades para alcançar o sequenciamento de genoma da planta, isso porque a cana-de-açúcar tem um genoma complexo que ainda não conseguiu ser decodificado. No entanto a descoberta foi possível porque foi utilizado um genótipo semelhante ao da cana, em uma variedade de sorgo. Foi o modelo para localizar o gene do açúcar. A equipe revela que só conseguiu o resultado graças a um banco de fragmentos de todo o genoma da cana obtidos através de pesquisas como a da Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucroenergético (Ridesa).

Cana mais doce 3

O estudo da Unicamp estipula que, usando a seleção genômica será possível estabelecer um programa de melhoramento genético para a cana em cinco ou seis anos. Isso poderá garantir a obtenção de uma planta mais resistente e com teor de sacarose bastante alto.

 

 

  • Cientistas descobriram minerais de argila em Marte, o que pode ser um indicador da existência de vida naquele planeta. O estudo foi conduzido pela missão “Curiosity” da Nasa e publicado na revista “Science Advances”.
  • A argila é um material natural composto por alumínio, ferro e outros elementos alcalinos, mas também pode conter materiais orgânicos.
  • Além disso, segundo o estudo, as partículas descobertas podem indicar a presença de água em Marte. O local examinado vem sendo explorado desde 2012, e as moléculas estão conservadas em origem lacustre, na base dos Morros de Murray há 3,5 bilhões de anos.
  • O laboratório excluiu a possibilidade de contaminação do solo, mas não conseguiu chegar à origem das partículas. A certeza é que, se a matéria orgânica foi encontrada em um ambiente hostil como o de Marte, as chances de acha-las no subsolo aumentam.