Roberto Baia

16 de junho de 2018

Luto em Traipu

Morreu ontem, em Arapiraca, a secretária de Saúde do município de Traipu, em Arapiraca. Kátia Tomé deu entrada no Centro Hospitalar Manoel André (Chama) com crise de convulsões. Não resistiu aos problemas e faleceu.

Ao chegar no Hospital Chama, foi diagnosticado através de exames a existência de um tumor no cérebro. Logo após uma parada cardíaca, não resistiu as consequências do problema de saúde. (Com 7segundos).

 

Convulsões

De acordo com informações de familiares, a secretária deu entrada na Unidade Hospitalar na quinta-feira (14) apresentando quadro de convulsões. Após realizar exames foi identificado um tumor maligno no cérebro e em seguida ela teve uma parada cardíaca. Devido a gravidade do problema, acabou falecendo no Chama.

 

Parcerias com prefeitos

A quinta edição do Projeto Escola de Contas Conversando com o Gestor aconteceu ontem, (15), na cidade de Arapiraca. O Projeto é uma iniciativa do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE-AL), e é executado pela Escola de Contas Públicas. Ele visa fortalecer a aproximação e as parcerias com os prefeitos de Alagoas.

O prefeito de Palmeira dos Índios Júlio Cezar participou de todas as edições como palestrante convidado do TCE-AL.

 

Controle interno

Júlio ministrou a palestra “Experiência na Implantação da Lei do Controle Interno”. Sempre muito aplaudido, Júlio contou didaticamente como tem vencido as dificuldades e administrado o município em tempos de crise.

 

Criatividade

Júlio Cezar disse que não é fácil administrar uma cidade do tamanho de Palmeira. “Digo sempre em minhas palestras que é preciso fazer gestão com criatividade e muita transparência.  Criamos uma Legislação de Controle Interno, que foi aprovada pela Câmara Municipal, e que é pioneira em Alagoas. Além disso, sempre consultamos o Tribunal de Contas, que nos ajuda muito  no processo do controle interno da nossa gestão”, disse o Júlio Cezar, que participa do projeto desde a primeira edição, realizada no ano passado, em Palmeira dos Índios.

 

Estiveram presente

Além de Júlio Cezar, participaram como palestrantes o auditor federal da Controladoria Geral da União (CGU) Wendell Carneiro, o procurador geral do Ministério Público de Contas Ênio Andrade, os diretores da Escola de Contas Públicas Daniel Bernardes, Orlando de Araújo Castro, a assessora técnica do Ministério Público de Contas Rosa Maria Barros Tenório e o assessor jurídico Anaxímenes Fernandes, que enalteceu as palestras do prefeito de Palmeira. “Depois de assistirem as palestras de Júlio vários prefeitos passaram a seguir o modelo da gestão de Palmeira dos Índios”, disse Anaxímenes Fernandes, ao finalizar a sua palestra.

 

 Outras autoridades

Estiveram presentes, também no evento, o conselheiro e diretor geral da Escola de Contas Públicas Otávio Lessa, os prefeitos de Arapiraca Rogério Teófilo, Belo Monte Claudeval Santana, Girau do Ponciano David Barros, Jaramataia Jeferson Barreto, Lagoa da Canoa Tainá Corrêa, Major Isidoro Maria Santana, Minador do Negrão Gleyson Cardoso, Olivença José Arnaldo, Craíbas Ediel Leite e Traipu Silvino Cavalcante, presidentes de câmeras, secretários municipais e demais autoridades.

 

Pestalozzi

O Forrólozze, tradicional comemoração junina da Pestalozzi Arapiraca, já se tornou tradição para usuários, familiares e funcionários da instituição.

Como todo o nordeste se enfeita com cores, adereços e uma gastronomia típica, a 21ª edição da entidade não foge à regra. No próximo dia 20 de junho, a partir das 8h, no Clube do Professor, uma vasta programação espera pelos convidados, num ambiente decorado e cheio de alegria.

 

Forróloze

Apresentações juninas com alunos e usuários da Pestalozzi, quadrilhas estilizadas e improvisadas, comidas típicas, tudo preparado com carinho para o público que elegeu o Forrólozze como a melhor comemoração do mês de junho.

Toda renda do evento será revertida para melhorias na instituição. Por isso, não fique de fora. Vá conferir de perto e aproveitar as atrações na Rua Minervina Francisca da Conceição, 30, bairro Santa Esmeralda.

 

… O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou e também anulou processo de cassação dos mandatos do prefeito e vice-prefeito de Olivença.

… O imbróglio judicial teve início no dia 8 de novembro de 2017, quando os gestores foram afastados por decisão do próprio TRE, após acusação do Ministério Público de compra de votos no último pleito. Na última quinta-feira (14), o TRE devolveu o cargo aos gestores.

 

… Na denúncia, o MP/AL alegou possuir densa documentação em vídeo e áudio que comprovariam o envolvimento do prefeito, José Arnaldo da Silva, e do vice, Bruno Menezes, no uso de caminhões-pipa e distribuição de água de uma barragem cujo o prefeito é o dono, em período eleitoral. (Com 7segundos).