Flávio Gomes

22 de maio de 2018

Centrismo frouxo

Márcio Coimbra, no “Diário do Poder”: “Virou lugar comum nesta corrida presidencial a busca pelo centro. Certos de que este caminho pode levar ao Palácio do Planalto, os postulantes ao cargo de presidente recorrentemente falam que desejam ocupar este espaço. Os analistas e repórteres políticos fazem eco, na tentativa de tornar esta tese uma verdade incontestável. Como dizia Garrincha, falta combinar com os russos, neste caso, o eleitor. A vontade de parcela da mídia em encontrar um centrista tornou-se mais um desejo do que uma análise calcada na realidade. É o que chamamos na política de wishful thinking. Certos de que o caminho do meio seria uma virtude também no tabuleiro eleitoral, incentivam o surgimento de um outsider com estas características ou estimulam nomes que já se apresentaram como candidatos a adotar esta roupagem. Fato é que este centrismo é um caminho perigoso dentro da política, pois gera no eleitor a sensação de vazio e falta de convicção do candidato. Em uma eleição como esta que se aproxima, nada afasta mais o eleitor do que aquele candidato morno, sem paixão ou bandeiras, que se acomoda na roupagem covarde, porém confortável, que visa agradar a todos, mas na realidade não agrada ninguém.”

Imprevistos

O deputado estadual Rodrigo Cunha, pré-candidato a senador pelo PSDB, passou a ter dois problemas inesperados: as questões políticas que afetam os prefeitos de Maceió, Rui Palmeira, e de Arapiraca, Rogério Teófilo. Justamente os dois maiores colégios eleitorais de Alagoas, nos quais Rodrigo espera grande votação.

Meia volta?

Em entrevista ao programa “Conjuntura”, na TV Mar, o analista político Marcelo Bastos disse que Maurício Quintella ou Marx Beltrão dificilmente manterá a candidatura a senador. Para ele, um dos dois retomará a campanha de deputado federal, por conta do efeito da pré-candidatura de Rodrigo Cunha ao Senado.

Disponível

Vereador com bom trânsito junto ao prefeito Rui Palmeira garante: se ele pedir, José Thomaz Nonô, que foi seu secretário da Saúde, será o candidato do grupo de oposição ao governador Renan Filho. Nonô se desligou da secretaria, em abril, para se candidatar a deputado federal, cargo que já exerceu por seis mandatos.

De vollta

Jornalista Davi Soares, no site “Diário do Poder”: “O ex-presidente Collor já tem equipes trabalhando em seus projetos de um eventual retorno ao Palácio do Planalto, 26 anos após o impeachment. E seu slogan ‘A experiência faz a diferença’ já pode ser visto em publicações sobre suas realizações, nas redes sociais.”

Encontro

O presidente da Federação das Indústrias de Alagoas, José Carlos Lyra, recebeu, ontem, o prefeito de Palmeira dos Índios, Julio Cezar da Silva. A pauta da reunião incluiu o programa Ação Global e apoio da Fiea às cadeias produtivas do município. “Queremos avançar com ações em Palmeira, cuja atividade produtiva é crescente”, diz Lyra.

Exploração

Do semanário “Extra”, sobre a influência das distribuidoras no preço final dos combustíveis: “Com a atuação desses atravessadores, o preço do álcool hidratado sai da usina por R$ 1,80 e chega ao consumidor por R$ 3,62. Vendido diretamente da usina para o posto, o etanol chegaria ao consumidor por R$ 2,20.”

Opinião

Site “O Antagonista”, sobre o ministro do STF: “Luís Roberto Barroso garantiu que ‘a política vai mudar’. Ele disse num evento no Paraná: “A sociedade já mudou e se mobilizou, a iniciativa privada está mudando profundamente, o judiciário está mudando lentamente e a política ainda não mudou, mas vai mudar”.

 

* Lula e seus seguidores costumam culpar o juiz Sérgio Moro de perseguição ao PT e seus aliados. Mas outros juízes, desembargadores e ministros têm referendado suas posições. Inclusive no STF, que tem 8 dos 11 ministros nomeados pelo PT.

*Foi sepultado no sábado passado, no Parque das Flores, Laércio Malta, aos 88 anos de idade. Laércio Malta foi vereador e vice-prefeito na cidade de Mata Grande, além de ter exercido mandato de deputado estadual e o cargo de auditor do Tribunal de Contas.

*A equipe Robocamb, da Escola Sesi Industrial Abelardo Lopes, de Maceió,  ganhou medalha de bronze, categoria Core Values, durante torneio internacional de robótica na cidade de Fayetteville, nos Estados Unidos. O evento foi na University of Arkansas.

*Termina hoje a campanha de recuperação de crédito “Arsal Legal 2018”, destinada a facilitar a renegociação e quitação de pendências financeiras junto à Agência Reguladora de Serviços Públicos, por parte de transportadores complementares.

* O curso “Gestão Ambiental Municipal – TerraMar”, de hoje até 5ª feira, 24, no Hotel Praia Dourada, em Maragogi, terá a participação de mais de 120 gestores municipais. O tema do primeiro encontro é “Ecossistemas costeiros e conectividade terra-mar”.

*Enquanto ASA, Santa Rita e Murici, nossos representantes na Série D do Brasileiro, já foram eliminados, o CSA faz bonito na Série B. Ao ganhar do Londrina, por 2×1, chegou a vice-líder. Hoje, no Trapichão, pega o Figueirense, às 19h15m.

“Ninguém está acima da lei”

Sérgio Moro

Juiz federal, mandando recado ao ser homenageado pela Universidade de Notre Dame, nos EUA