Blog do Dresch

7 de abril de 2018

 Filhos e viúvam disputam bens de Chico Anysio

Seis anos após a morte de Chico Anysio, ficou ainda mais acirrado o embate entre sete dos 8 filhos do comediante e a ex-esposa Malga Di Paula, por conta do patrimônio do ator. Uma dívida deixada pelo humorista ainda em vida tem causado transtornos para Malga, que perdeu o cargo de inventariante para Bruno Mazzeo, um dos filhos de Chico, e agora não tem mais permissão para administrar os bens do marido. A justiça entendeu que além de não ter cumprido com o pagamento da dívida do IPTU (que hoje já supera R$ 400 mil), ela também não repassava para os filhos os valores referentes aos direitos autorais e os aluguéis.

A disputa pelo patrimônio 2

Os advogados da viúvam contestam a decisão da justiça. Garantem que o IPTU do apartamento está em dia e o débito é referente a outros três pequenos imóveis. Segundo ela, a dívida foi deixada pelo antigo testamenteiro, que não quitou o débito. Entre os bens deixados por Chico estão 3 estabelecimentos comerciais na Barra da Tijuca, um apartamento avaliado em R$ 5 milhões, além de obras culturais como livros, personagens, roteiros e quadros pintados por ele. De todo este patrimônio, Malga tem direito a 50% do valor do aluguel do apartamento, além de poder explorar comercialmente as lojas. Todo o restante será repartido entre os demais favorecidos.

Desaprovação a Temer é de 74%

A mais recente pesquisa do Ibope, divulgada esta semana, mostra que o presidente Temer continua sendo um excelente cabo eleitoral para a oposição. Para 74% dos entrevistados o governo é ruim ou péssimo, 19% o julgam regular e 6% avaliam como bom ou ótimo. A pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi realizada entre 22 a 25 de março e ouviu 2 mil pessoas em 126 municípios. A pesquisa foi feita antes da Operação Skala, que prendeu vários amigos do presidente. A pesquisa avaliou ainda; a maneira de governar com 87% que desaprovam e 9% que aprovam; Segurança Pública 14% aprovam e 84 desaprovam; na educação 18% aprovam e 80% desaprovam; na saúde 18% aprovam e 80% desaprovam; a taxa de juros 85% desaprovam e 10% aprovam; no combate ao desemprego 85 desaprovam e 13 % aprovam.

Festa gastronômica

O aperfeiçoamento de técnicas de reciclagem na gastronomia é um dos assuntos que consta da pauta da VI Semana do Conhecimento, que Maceió vai sediar, na próxima semana (9 a 13) a em uma promoção da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Alagoas (Abrasel-AL) e da Secretaria Municipal de Turismo. O público alvo é formado por empresários, técnicos do setor, estudantes e demais interessados e vai contar com nomes reconhecidos da cozinha brasileira para a troca de experiências entre os chefs alagoanos e de outros destinos do país.

Festa gastronômica 2

Segundo a coordenação do evento, deverão estar presentes o confeiteiro Lucas Corazza (do programa “Que Seja Doce” do Canal GNT), a barista Lidiane Santos eleita a melhor de 2017, o subchefe do restaurante paulista D.O.M., Rubens Saser, Paula Souza do restaurante paraibano Cozinha Roccia, Rivaldo França do pernambucano Cozinhando Escondidinho, e os conhecidos chefs alagoanos Serginho Jucá e Felipe Lacet, do Sur Restaurante, Breno Gama do Maria Antonieta, Jonatas Moreira do Vera Arruda e Deco Sadigursky da franquia The Black Beef. O evento acontece no Hotel Best Western Premier e as inscrições podem ser feitas no site da Abrasel.

Recursos para o Nordeste

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho anunciou a assinatura de vários contratos de financiamento com recursos dos fundos constitucionais e desenvolvimento do Nordeste e que envolvem R$ 5,5 bilhões. O objetivo é destinar recursos para o Programa de Financiamento Estudantil (Fies) e para financiamento de instalação de placas fotovoltaicas por pessoas físicas e geração e distribuição de energia nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Recursos para o Nordeste 2

Entre o recurso liberado, a maior parte (R$ 3,2 bilhões) será destinada as linhas de crédito para a instalação de placas para a obtenção de energia solar, que serão administradas pelo Banco do Nordeste. Foram ainda assinados contratos com empresas como Enel Distribuição Ceará, grupo Echoenergia e Atlas Energias Renováveis. Além disso o ministro anunciou a liberação de R$ 1,3 bilhão para financiar o Fies neste ano.

 

 

  • O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse na última quinta-feira, que aqueles que têm responsabilidade pública não podem celebrar a ordem de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, expedida pelo juiz Sérgio Moro.
  • Para o deputado carioca, qualquer manifestação sobre a prisão do líder popular do Brasil deve respeitar a ordem constitucional.
  • “Aqueles que têm responsabilidade pública, em qualquer nação, não podem celebrar a ordem de prisão de um ex-presidente da República” afirmou o presidente da Câmara que é pré-candidato à Presidência da República.
  • Ele afirmou que a democracia brasileira está madura e que por isso, as manifestações devem respeitar o estado democrático de direito e a ordem constitucional.