Roberto Baia

21 de março de 2018

Agora é com MPF

Com o jornalista Carlo Bandeira – “O caso do assassinato do vereador de Batalha, Neguinho Boiadeiro, segue, agora, nas mãos do Ministério Público Federal.

Segundo informações, O MPF de Arapiraca recebeu um inquérito da PF sobre a morte do vereador e os desdobramentos do seu assassinato”.

 Santana do Mundaú

Pela primeira vez no município de Santana do Mundaú, na Zona da Mata alagoana, será promovida a Feira da Agricultura Familiar Quilombola e do Crédito Fundiário, nos dias 22 e 23 de março. A atividade é organizada pelo Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) em parceria com a prefeitura municipal e o Instituto Irmãos Quilombolas.

 

Organização

As barracas serão instaladas na Rua Silvestre Péricles, em frente à Câmara de Vereadores, e os feirantes comercializarão seus produtos na quinta-feira, das 6 da manhã até às 20 horas, e na sexta-feira das 6 às 14h.

 

Um sonho

“Nós do Instituto Irmãos Quilombolas estamos sonhando com a realização dessa feira há muito tempo e agora queremos colocar em prática. Essa feira trará a valorização dos agricultores da terra e eu estou muito feliz”, ressaltou Silvana França, integrante da diretoria.

 

Agricultura familiar

Segundo o diretor-presidente do Iteral, Jaime Silva, a parceria com as instituições municipais são essenciais para o crescimento do projeto. “A presença do Iteral só fortalece a organização, contribui para o desenvolvimento da agricultura familiar e, ainda, cria um clima de festa na cidade. Outros municípios estão nos procurando para realizar as feiras agrárias do Crédito Fundiário, e já temos outras duas articuladas, em Craíbas e Delmiro Gouveia”, afirmou.

 

Palmeira 1

Em um momento histórico para a agricultura familiar de Palmeira dos Índios, o prefeito Júlio Cezar assinou hoje (19), no Centro de Distribuição de Alimentos da Agricultura Familiar do município, os contratos com 49 agricultores inseridos no Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), que venderão para o município os produtos que serão introduzidos na alimentação escolar da rede municipal de ensino público. Esta foi a maior aquisição feita pela prefeitura de alimentos para a área da educação do município, com um montante de R$ 1.155.71, 50.

 

Palmeira 2

Segundo a secretária municipal de Educação Alcineide Nascimento, conquistar o recurso para fazer a compra dos alimentos dos agricultores locais foi um trabalho difícil de ser executado.

“Não fácil quando abrimos o sistema da merenda escolar e não encontramos nenhum programa que contemplasse a nossa merenda escolar a partir dos nossos produtores locais. Este governo acredita no agricultor local e não precisamos mais comprar produtos fora”, disse Alcineide Nascimento, apoiada pela secretária municipal de Agricultura Manuella Barbosa que reforçou que o município terá o ano inteiro para investir na galinha caipira, na manga, na pinha e nos produtos locais. “Quem pensou que não conseguiríamos estava enganado”, afirmou Manuella Barbosa.

  

Projeto Ação 21

Nesta quarta-feira (21), Dia Internacional da Síndrome de Down, a Associação Pestalozzi de Arapiraca, em parceira com empresas da cidade, realiza o projeto Ação 21.

O evento, realizado no Arapiraca Garden Shopping, acontece das 10h às 16h. A abertura será feita pelo gastrônomo Felipe Martins, um  jovem empreendedor de Maceió, com Síndrome de Down e conhecido por seu famoso cachorro quente, o Hot Dog Gourmet do Lipe.

 

Programação

A programação ainda reserva oficinas e atividades de conscientização. Na parte da tarde tem início à oficina de brigadeiros para usuários da Associação Pestalozzi, orientada pela renomada Mari Medeiros e com apoio da Polishop.

 

Uma bela contribuição

A arte de transformar matérias-primas, como palha, cerâmica, fios, renda, entre outros, em produtos de valor comercial, tem contribuído para geração de emprego e renda de diversos artesãos residentes na área de atuação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

 

Cultura local

No Baixo São Francisco, por exemplo, com seu trabalho manual, eles têm contribuído para valorização e preservação da cultura local. Esses profissionais – homenageados nesta segunda-feira (19), no Dia do Artesão – têm recebido apoio da Codevasf e gerado emprego e renda para muitas famílias nos estados de Sergipe e Alagoas.

… Em Aracaju (SE), uma vez por ano dezenas de artesãos de vários municípios sergipanos se reúnem durante três dias para expor seus trabalhos e comercializar suas peças na sede da Codevasf.

… Esse encontro ocorre no Feirão de Artesanato e Produtos Regionais, ação idealizada pela Companhia para incentivar o artesanato no estado e que desde a sua criação, em 2003, tem contribuído para fortalecer a atividade e os negócios de pequenos produtores no estado.

… Em Santana do São Francisco, localidade antigamente conhecida como Carrapicho e considerada a capital sergipana da cerâmica em barro, dezenas de artesãos participam todos os anos do evento comercializando itens dos mais diversos, como peças de decoração, vasos e utensílios domésticos.