Flávio Gomes

1 de março de 2018

Ditadura nunca mais. Mas…

Ricardo Noblat: “O Exército teve êxito na missão que a ONU lhe confiou de restabelecer a ordem no Haiti? Por que dizemos que lhe faltam treinamento e experiência para fazer o mesmo por estas bandas? De fato, não havia, e não há no Haiti ordenamento jurídico confiável que possa ser comparado com o nosso. Mas o que torna o nosso melhor ou pior que os das nações mais civilizadas às voltas também com o crime? A desigualdade social explica só em parte o aumento crescente da violência no Brasil. Não somos um dos países mais miseráveis do mundo. Entretanto, somos um dos países líderes em crimes contra a vida. Os direitos humanos, tal como os entendemos com base em acordos internacionais, não podem ser desrespeitados em troca de uma falsa paz social. Mas onde eles são respeitados numa sociedade como a nossa? Ricos e pobres são vítimas da violência. Mas quem sofre mais com ela? Quem morre mais? Quem perde mais filhos por conta de balas perdidas? Que tipos de escolas, dada à violência, cancelam mais aulas? Onde a polícia concentra seus efetivos quando o crime organizado promove suas ações? No Leblon e em Ipanema ou na Zona Oeste do Rio? Na região dos Jardins, em São Paulo, ou no Jardim Ângela, ali perto? O direito à vida é garantido na Constituição e em todos os códigos vigentes. Mas à que vida? O uso da violência é monopólio do Estado. Mas quando o Estado falha no seu uso o que se faz? Ditadura, nunca mais! Mas democracia sob o império da desordem não é democracia, é um simulacro dela.”

Acerto

São cada vez mais consistentes os comentários de que Marx Beltrão vai ser o candidato a vice de Renan Filho. Com isso, o governador tiraria o deputado e ministro da disputa ao Senado, favorecendo Renan Calheiros. Em contrapartida, Marx assumiria o governo do Estado em 2020, caso Renan Filho consiga ser reeleito este ano.

Indicativo

Sondagens informais junto ao eleitor, para avaliação interna dos partidos, colocam Maurício Quintella (PR) melhor posicionado que Marx Beltrão (MDB) como pré-candidatos ao Senado. O que pode ser outro argumento para explicar a hipótese de Marx ser indicado vice na chapa de Renanzinho.

Caçada

Davi Soares revela, no site “Diário do Poder”, que a PF busca informações sobre visitas de dirigentes da Odebrecht à residência oficial do Senado na época de Renan Calheiros presidente. Objetivo: apurar o suposto pagamento de propina pela Braskem, camuflada em doação para a campanha do governador Renan Filho.

Proposta

Senador Fernando Collor (PTC-AL), pré-candidato à Presidência da República, em entrevista à Rádio Mega FM, de Cuiabá/MT: “Desejamos fazer com que o sentimento da esperança seja renascido, especialmente nos jovens brasileiros. Eles estão guardando dentro de si a desesperança de não encontrar um lugar ao sol.”

Curiosidade

Deputado estadual Bruno Toledo (Pros) à jornalista Vanessa Alencar, sobre o anúncio da construção de hospitais pelo Estado: “O governador precisa detalhar como se dará o funcionamento destas unidades e como pretende gerar esses empregos. Com que recursos? Com qual sistema? Serão OS? Haverá concurso público?”

Avaliação

O desembargador Otávio Praxedes, presidente do TJ/AL, comanda, a partir de hoje, o 113º Encontro de Presidentes de Tribunais de Justiça, que visa discutir o aprimoramento do Judiciário. A abertura está programada para as 19 horas, no Plenário do Tribunal de Justiça. Os debates vão ocorrer, amanhã, no Hotel Ritz Lagoa da Anta.

Opinião

Jornalista Jorge Oliveira, sobre a volta às bancas da versão impressa do “Jornal do Brasil”: “O JB renasceu tendencioso. Chega às bancas com a cara do PT. E se permanecer com essa linha ideológica retrógrada, certamente, tem vida curta. Ora, pergunto: qual a importância de um artigo do Lula no jornal?”

*Faleceu ontem, em São Paulo, o advogado e empresário Alberto Nonô de Carvalho Lima. O velório de “Cuca”, como era conhecido por familiares e amigos, será a partir das 8 horas de hoje, no Parque das Flores, e o sepultamento será às 16 horas.

 *Renan Filho participa hoje da entrega de 4 mil cestas básicas – agora denominadas oficialmente de “cestas nutricionais” – do Programa Estadual de Complementação Alimentar e Nutricional. Às 9 horas, no Centro de Convenções de Maceió.

*Com o tema ‘‘Fortalecimento da Polícia Judiciária com Investimento na Inteligência’’, o Sindicato dos Policiais Civis realiza, hoje e amanhã, o IV Congresso Estadual dos Policiais Civis de Alagoas. O evento será realizado no Hotel Enseada, orla de Pajuçara.

*O Sesc recebe inscrições, até hoje,  para Circuito de Criação Literária – Arte da Palavra em Arapiraca, com a presença da literária vencedora de quatro prêmios Jabuti, Estela Maris Resende, do Rio de Maneiro. As aulas serão de 5 a 9 de março.

* O Shopping Pátio Maceió traz pela primeira vez a Alagoas a Exposição Internacional Dragões. O espetáculo ficará aberto ao público de hoje ao dia 30 de março, sempre no horário de funcionamento do shopping. Informações: 3311.4444.

*Estão abertas, somente até hoje, inscrições para duas atividades de extensão ofertadas pela Escola Técnica de Artes da Ufal: curso de dança tribal e aulas de yoga. Os interessados devem acessar www.etaufal.com. A coordenação é de Ana Clara Oliveira.

*Acontece sábado próximo, das 8 às 12 horas, na Arena Aldebaran, o Torneio Solidário da Comunicação, para arrecadar recursos para o tratamento do jornalista Marcelino Freitas Neto, portador de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Inscrições só até hoje.

“FHC teve o cérebro deslocado para o intestino grosso”

Jair Bolsonaro

Deputado federal (PSC/RJ), sobre o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defender a descriminalização da maconha