Blog do Dresch

23 de fevereiro de 2018

Pré-candidatura de Collor adia novela da Globo

 

A novela da Rede Globo “Verão 90 graus” cujas gravações seriam iniciadas em maio para estrear em junho, foi adiada por determinação da direção da emissora. O tema da novela gira em torno do confisco da poupança de milhões de brasileiros em março de 1990, um dos primeiros atos do recém-eleito presidente da República, Fernando Collor de Mello. Como o ex-presidente é pré-candidato ás eleições deste ano, e a novela estaria no ar na época das eleições, a Globo achou melhor adiar o folhetim por alguns meses. Escrita por Izabel de Oliveira e Paula Amaral, “Verão 90 graus” mostra os acontecimentos de então e o reflexo do confisco em vários personagens.

Candidatura adia novela 2

Alguns dos atores e atrizes da Globo já estavam escalados para a novela, como Claudia Raia, Camila Queiroz, Isabelle Drummond, Klebber Toledo, Rafael Vitti e Nicolas Prattes. Eles viveriam personagens que seriam afetados pelo chamado “Dia do confisco”. Alguns perderão todo o dinheiro que tinham, outros serão demitidos do emprego e haverá uma quebradeira de empresas. O governo deixou apenas um “troco” nas contas dos brasileiros. Já quem tinha dinheiro depositado no exterior e dívidas no Brasil aprovou o confisco. Outra novela “O tempo não para” de Mário Teixeira vai substituir “Verão 90 graus”.

 

Lula retoma caravana

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse esta semana, em Belo Horizonte que a partir de março irá retomar as caravanas pelo país, sendo que a primeira delas será pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. “Enquanto quiserem estarei andando pelo meu país” afirmou. Ele visitou um acampamento do MST em Itatiaiuçu, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ele criticou a intervenção federal no Rio de Janeiro, afirmando que a medida foi adotada por não querer que o povo discuta outros assuntos, como a reforma da Previdência, o financiamento da educação, os problemas habitacionais e outros.  “Estão tentando mudar a pauta. Jogaram o negócio na cabeça para que todos só discutem a segurança e a intervenção”. Segundo ele o combate à criminalidade deve ser feito através de investimentos e não com as forças armadas. “O Exército não foi feito para isso, e sim para defender a soberania nacional e cuidar das fronteiras do país” defendeu Lula.

FNDE bancará alimentação

O Governo do Estado através da Secretaria de Educação e da Emater/AL decidiu utilizar 30% dos recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) em agricultura familiar, com destinação dos produtos para a merenda nas escolas da rede estadual de ensino. O termo de adesão já foi assinado pelo Secretário Luciano Barbosa, da Educação, e inicialmente a medida beneficiará 30 escolas do Agreste. “Na maioria dos casos os recursos do Governo Federal destinados à merenda são insuficientes, daí a necessidade de fortalecer a agricultura familiar e ao mesmo tempo garantir produtos suficientes para a alimentação nas escolas” disse Barbosa.

Celulares no presídio

A operação de revista realizada na última quarta-feira na Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri (RJ), encontrou 48 aparelhos celulares que eram utilizados pelos presos, além de uma quantidade de maconha e cocaína. A revista contou com o apoio das tropas do Exército. Os militares chegaram logo cedo pela manhã ao presídio, que foi palco de rebelião no último domingo.  Além de cães farejadores, foram usados aparelhos para detectar armas enterradas. Participaram 100 inspetores de segurança e administração penitenciária, 30 integrantes do grupamento de Intervenção Tática e cerca de 250 militares do Exército.

Celulares no presídio 2

A varredura na unidade, que fica na Baixada Fluminense, terminou ás 14h. Os presos foram retirados dos pavilhões e das alas para não haver contato com os militares. Segundo um comunicado oficial, além dos celulares foram encontrados 205 envelopes com cocaína, 151 pacotes com maconha, além de três tabletes da erva. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, a revista mostrou a capacidade de integração e cooperação entre as forças federais e estaduais, que permite estabelecer um protocolo de atuação conjunta e de forma sistemática.

 

Heinz tem lucro de US$ 8 bi

A Kraft Heinz, controlada pela brasileira 3G Capital Partners, registrou um lucro líquido de US$ 8 bilhões no quarto trimestre de 2017, um aumento de 8,5 vezes quando comparado ao mesmo período do ano anterior (US$ 944 milhões). O forte resultado é atribuído aos benefícios provocados pela reforma fiscal americana. Em 2017, o lucro foi três vezes superior ao do ano anterior, atingindo US$ 11 bilhões. Na demonstração financeira a fabricante de alimentos justificou que a reforma tributária nos EUA, realizada pelo governo Donald Trump, resultou dm benefício fiscal de US$ 7 bilhões no ano passado.

 

 

  • A “Operação Verão 2017/2018” desenvolvida pela Capitania dos Portos de Alagoas, foi encerrada esta semana, apresentando números que mostram que as irregularidades estão presentes no mar, nas lagoas e nos cursos de água.
  • Nestes dois meses de vigência, a Operação apreendeu 25 embarcações com documentação irregular ou incompleta. Ao todo, 2.880 embarcações foram fiscalizadas, sendo que 293 foram notificadas por infrações à Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário.
  • O trabalho da Capitania teve como foco a fiscalização de documentos e do material de salvatagem, como habilitação dos condutores, documentos de inscrição da embarcação e verificação da lotação para evitar o excesso de passageiros.
  • Além disso, a Capitania dos Portos realizou ações educativas em marinas, clubes náuticos e colônias de pescadores, com ênfase nas recomendações de ações preventivas e corretivas.