Flávio Gomes

16 de fevereiro de 2018

A maldição lulista

Jornalista Jorge Oliveira: “Junte as peças de um quebra-cabeça e você vai perceber que o Lula é um grande manipulador e uma companhia maldita. Quem o acompanha acaba na cadeia ou na penúria. Muitos têm os seus dias de glória, mas, com o tempo, a estrela apaga. É o caso do ex-presidente do PT, o fundamentalista Rui Falcão, hoje no ostracismo, e de Zé Dirceu, condenado a 30 anos de cadeia. Lula tem a capacidade de transformar gente em marionetes. No momento dois estão no tablado falando por ele, andando por ele e protestando por ele: Gleisi Hoffmann e Lindbergh Farias. Indicados a postos chaves do partido, ambos falam como bonecos de costas ocas por onde passa a mão do ventríloquo. Quem ficou perto do Lula nos últimos vinte anos acabou na desgraça. Até empreiteiros, antes intocáveis, vivem seus dramas de condenados. Políticos que se aliaram ao Lula estão presos, outros respondem a processos na justiça. Lula, como sempre, até ser condenado a doze anos, negava tudo. Nega os próprios amigos, como, aliás, nega também o sítio, o triplex, o mensalão, as propinas da Petrobrás, o dinheiro ilegal da construção do Instituto Lula e a conta corrente da Odebrecht. Nega até os filhos atolados em corrupção. Lula manipula muito bem os fanáticos da seita…”

Mergulho

Ao tirar licença do cargo até 22 de fevereiro o prefeito Rui Palmeira aumentou o mistério sobre se será candidato ou não a governador. Agonia é maior junto aos seus aliados, principalmente por conta das definições dos candidatos a deputado e a senador. Até os mais próximos a Rui sofrem com a dúvida.

Substituição

Se Rui for mesmo candidato ao governo a gestão informal da prefeitura, inclusive política, terá novo comando: sairá Abrahão Moura, ex-prefeito de Paripueira, e entrará o deputado federal Arthur Lira. Com isso, Arthur Lira, que nunca perdeu eleição, deverá consolidar mais um mandato na Câmara dos Deputados.

Quem ganha

O maior beneficiado com a renúncia de Rui Palmeira à prefeitura para disputar o governo será o senador Benedito de Lira, que terá em sua campanha à reeleição toda a estrutura política que a gestão da Capital oferece. Lira já lucrara com a desistência de Téo Vilela em concorrer ao Senado, algo que ele não queria.

Hipótese

Uma pergunta que começa a circular, diante da possibilidade de o vice-prefeito Marcelo Palmeira, enteado de Benedito de Lira, assumir definitivamente a prefeitura: e se Biu fizer uma aliança com Renan Calheiros, outro senador candidato à reeleição, e apoiar a candidatura de Renan Filho de novo ao governo?

Blefe?

De Renan Filho: “Não estou observando candidaturas, nem mesmo a minha… Vou pensar na minha candidatura mais à frente se o meu partido compreender que sou o melhor nome”. Análise de Vanessa Alencar (site Cada Minuto): “Rasgo de excessiva modéstia ou recado claro de que, por enquanto, não tem mesmo conversa?”

Cenário

Na disputa ao Senado há várias situações: Benedito de Lira e Renan Calheiros são candidatos natos por já exercerem o mandato, os deputados federais Marx Beltrão e Maurício Quintella são candidatos anunciados, o promotor Alfredo Mendonça é um nome insinuado e o deputado estadual Rodrigo Cunha, especulado.

Opinião

Ricardo Noblat: “O combate à corrupção foi monopólio da esquerda até que ela chegou ao poder e, junto com grande parte da direita, fez o que fez. De resto, quem diz que essa esquerda que estrebucha na maca é de fato de esquerda? Procura-se uma nova esquerda. A que se apresentava como tal fracassou.”

*Anselmo Gois (O Globo) e o Brasil: “Aqui, já dizia Tim Maia, prostituta se apaixona, cafetão tem ciúme, traficante se vicia e uma escola comandada por um bicheiro, a querida Beija-Flor, vence o carnaval com um enredo que fala de… corrupção.”

*O Teatro de Arena Sérgio Cardoso vai receber, de 5 a 9 de março, a 2ª Oficina de Iluminação Cênica com Edner Careca, das 19 às 22 horas. As inscrições vão até 2 de março, no Complexo Cultural Teatro Deodoro, em horário comercial, a R$ 200,00.

*O filme “Nada a Perder”, que narra a história de Edir Macedo, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus e presidente do Grupo Record, estreia em 29 de março nos cinemas. Ingressos já são vendidos no Maceió Shopping e no Arapiraca Shopping.

*Estão abertas até hoje as inscrições para o processo seletivo de bolsas para o Programa Andifes/Santander de Mobilidade Acadêmica Nacional, referente a 2018. Há cinco vagas para a Ufal – três para Maceió, uma para Arapiraca e outra no Campus Sertão.

*Encerra-se hoje o prazo para inscrição do seguro referente à safra 2017/2018. As inscrições podem ser feitas nos escritórios da Emater, nos respectivos municípios onde os agricultores residem. O Seguro Garantia-Safra é um benefício do Pronaf.

*O projeto MPB Petrobras volta a Maceió anuncia para 3 de março, no Teatro Gustavo Leite, o show “Voz e Violão”, com o cantor e compositor pernambucano Geraldo Azevedo. Abertura, às 20 horas, com o alagoano Edi Ribeiro. Contato: 99696.1007.

* A Universidade Estadual de Alagoas está com as inscrições abertas até 28 de fevereiro para novos cursos de pós-graduação Lato Sensu, nos campi de Arapiraca, Palmeira dos Índios, Santana do Ipanema, São Miguel dos Campos, Maceió e União dos Palmares.

“Não faz o menor sentido”

Sérgio Moro

Juiz federal, sobre o pedido do ex-presidente Lula para suspender perícias no sistema de propinas da Odebrecht