Flávio Gomes

6 de fevereiro de 2017

Ruim para os corruptos

De Josias de Souza, em seu blog: “Deu Edson Fachin no sorteio eletrônico do Supremo Tribunal Federal que definiu o nome do novo relator da Lava Jato. Fachin está sujeito a erros, como todo ser humano. Entretanto, já demonstrou ter consciência de que não foi indicado à Suprema Corte para fazer favores, mas para julgar segundo as leis. Fez isso ao relatar ação do PCdoB contra o rito fixado por Eduardo Cunha para a tramitação do impeachment de Dilma Rousseff. Indicado por Dilma, para quem pedira votos em 2010, Fachin votou pela manutenção do rito definido por Cunha. Seu colega Luís Roberto Barroso inaugurou uma divergência, seguida pela maioria da Suprema Corte. A Câmara foi compelida a seguir não o rito de Cunha, mas as regras que embalaram o processo de impedimento de Fernando Collor, em 1992. Vencido, Fachin anexou à sua biografia de magistrado um certificado de independência… Para desassossego dos corruptos, Fachin juntou-se à maioria do Supremo no julgamento em que ficou assentado que condenados em segunda instância devem aguardar pelo julgamento de eventuais recursos atrás das grades. Nessa matéria, fez mais: guerreou pela preservação da coerência da Suprema Corte…”

Arquivo 

Renan Calheiros deixou a presidência do Senado, mas tem um trunfo para preservar a sua força política e se blindar de contratempos na área jurídica, como revelou, certa vez, a um prefeito que agora está de volta ao cargo: “Lembre-se que eu fui Ministro da Justiça”. O recado, de anos atrás, continua atual.

Arrego

Renan Filho tem se mostrado desenvolto para falar, tem várias ações positivas, mas não tem se dado bem na relação política. A eleição da nova mesa da Assembleia Legislativa é exemplo disso, tanto quanto o resultado das eleições municipais. Para garantir o seu mandato, em 2018, vai depender muito de Renan, pai.

Conveniência

Um aspecto no desempenho do governador é que Renan Filho costuma fazer valer o seu entendimento sobre as questões técnicas e políticas, pois os mais próximos a ele não ousam contrariar sua opinião. De modo geral os integrantes da sua equipe, principalmente do primeiro escalão, preferem garantir os próprios cargos.

Líderanças

Os senadores Fernando Collor (PTC), Benedito de Lira (PP) e Renan Calheiros (PMDB) são líderes dos seus respectivos partidos, reafirmando a liderança dos políticos alagoanos no cenário nacional. Reforçada com escolha do deputado federal João Henrique Caldas (PSB) para a 3ª Secretaria da Câmara dos Deputados.

De saida

O alagoano Ricardo de Araújo Santa Ritta não é mais Secretário Nacional de Irrigação. A sua exoneração saiu na edição de ontem do Diário Oficial da União. Seu último ato foi a prorrogação de convênio com o governo de Alagoas garantindo mais recursos para a Barragem do Bálsamo, obra importante para o Agreste.

Agenda

Encerra-se hoje, no Centro de Convenções de Maceió, o I Seminário Alagoanidade, com três palestras: “O Negro na Formação Histórica e Social de Alagoas” (Zezito Araújo), “Ambundu- Bantu e Afro-alagoanos Construindo Alagoas” (Júlio Tavares) e “Aspectos Religiosos do Memorial Quilombo dos Palmares” (Zulu Araújo).

Opinião

Jornalista Carlos Chagas: “O julgamento dos apontados pela Odebrecht levará meses, não dispondo os onze ministros do STF de mecanismos para agir  mais rapidamente. O ex-presidente da corte suprema, Carlos Velloso, considera o foro especial um absurdo, herança dos tempos do Império e incompatível com a República.”

 

* O INSS realiza hoje mutirão de perícia médica em Arapiraca, onde serão atendidos 116 segurados, que estão com agendamento para perícia inicial. O mutirão acontece na agência local, localizada na rua José Leite Bezerra, bairro Santa Edwiges, às 8 horas.

*As festas pré-carnavalescas continuam. No sábado, às 12 horas, tem a caldeirada do bloco “Turma da Rolinha”, com o frevo da orquestra Fogo Pagô, no Barricas, orla de Ponta Verde. A “Turma da Rolinha” vai desfilar no dia 18 de fevereiro, na orla.

*Domingo, às 11 da manhã, em frente à barraca Pedra Virada, na Ponta Verde, a Banda Vulcão também tocará muito frevo, no lançamento do bloco “Filhos da Pauta”, formado por jornalistas e simpatizantes. O bloco sairá no Jaraguá Folia, em 17 de fevereiro.

*O grupo “Favela Soul”, do Jacintinho, apresenta neste sábado, mais uma vez, um repertório próprio, baseado em rock e hip hop, pelo projeto “Solta esse Black”. O show acontece no Teatro Linda Mascarenhas, a partir das 16 horas. Ingresso a R$ 10,00.


*As inscrições para a segunda edição do Concurso de Fotografia Ambiental, do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas, estão abertas até 2ª feira próxima, dia 6. São aceitas imagens obtidas por aparelhos celulares e máquinas semi e profissionais.

 

* A unidade móvel “Caminhão da Sorte”, da Caixa Econômica Federal, ficará em frente ao Iate Clube Pajussara até este sábado, para sorteio das Loterias. No local será finalizada a corrida de rua Circuito da Sorte, promovida pelo Sindicato dos Lotéricos.

 *A Secretaria de Estado da Cultura recebe, até a próxima 2ª feira, as inscrições do “Prêmio Carnaval Bicentenário de Emancipação Política de Alagoas 2017”. Serão distribuídos R$ 200 mil em premiações para projetos de agremiações carnavalescas.

*CRB e CSA fazem neste domingo o primeiro dos vários clássicos previstos para este ano. O jogo é pela Copa do Nordeste, na qual o CSA é líder do grupo e o CRB apenas o 3º colocado. A partir das 19 horas, no Trapichão, com certeza de grande público.

 

 “É um artificio ilícito e uma ofensa ao princípio da moralidade e obstrução à justiça”

 Randolfe Rodrigues

 Senador da Rede/AP, sobre a nomeação de Moreira Franco, investigado pela Lava Jato, para o ministério de Michel Temer