Flávio Gomes

1 de fevereiro de 2017

Discriminação pelo estudo

De Leonardo Sakamoto, no UOL: “A desigualdade social se manifesta de diversas formas, algumas mais tacanhas que outras. A prisão especial provisória para quem tem diploma, na minha opinião é uma das mais descaradas. Afinal, se duas pessoas cometem o mesmo crime, mas um delas estudou mais, esta poderá ficar em uma cela especial, separada dos demais presos até condenação (ou absolvição) em definitivo. Se a outra tiver, digamos, até o ensino médio, terá que aguardar o julgamento com a massa, na xepa. O artigo 5° da Constituição Federal diz que ‘todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza’'. Mas, na prática, a legislação brasileira confere o privilégio de não ficar em cárcere comum até o trânsito em julgado de uma decisão penal condenatória para alguns grupos. Em certos casos, como juízes e delegados de polícia, por exemplo, isso faz sentido. Em outros, como os detentores de diploma de curso superior, não. Quem teve acesso à educação formal desfruta de direitos sobre quem foi obrigado, em determinado momento, a escolher entre estudar e trabalhar. Ou que, por vontade própria, simplesmente optou por não fazer uma faculdade. Afinal de contas, só o pensamento limitado é capaz de considerar alguém superior por ter um bacharelado ou uma licenciatura. Posso ter mais conhecimento técnico em determinada área, mas isso não faz de mim – necessariamente – uma pessoa melhor.”

Revelação

O advogado Christian Teixeira foi uma das boas surpresas, como gestor público, no governo Renan Filho, como Secretário de Planejamento e Gestão. Tanto que alguns colegas da equipe queriam que ele permanecesse na Seplag. Prevaleceu a vontade do governador, que pretende total mudança na gestão da Saúde.

Desafio

A partir de hoje o senador Renan Calheiros inicia talvez o momento mais difícil da sua vitoriosa carreira política. Deixa a presidência do Congresso Nacional para voltar à planície, como líder do PMDB na casa. E, sem a força do cargo, se preocupa com a reeleição, em 2018, e os vários processos contra ele.

Teste

Agora sem a força do cargo de presidente Senado, Renan Calheiros tem uma prova para demonstrar que preserva sua influência na República. Luciano Guimarães, que é seu advogado, está na lista tríplice para desembargador do Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Depende, apenas, da caneta de Michel Temer.

Na muda

Rui Palmeira passou o dia de ontem em Brasília, garimpando recursos para projetos da Prefeitura de Maceió nas áreas de Turismo, Educação e Saúde. Sua peregrinação tem continuidade hoje pela manhã. À tarde ele retorna a Maceió. E continua sem dizer nada de concreto sobre se irá concorrer ao governo.

De fora

Dezesseis prefeitos, dos 102, deixaram de participar da eleição de Hugo Wanderley para a presidência da Associação dos Municípios Alagoanos. Dentre eles, as duas maiores expressões do PSDB nos municípios: Rui Palmeira, de Maceió, e Rogério Teófilo, de Arapiraca. Acabou sendo uma grande festa do rival PMDB.

Causa

Valter Tenorio, alagoano com 40 anos de experiência no comando de aeronaves, revelou ao jornalista Marcos Rodrigues que, por tudo que acompanhou, está convicto de que o acidente com o ministro Teori Zavascki foi por culpa do piloto. Não havia, segundo explicou, condições mínimas de segurança para o pouso.

Opinião

Kennedy Alencar, sobre Eike Batista: “Além de ter sido próximo do poder nos governos Lula e Dilma, ele também fez grandes negócios nas administrações de Aécio Neves em Minas Gerais e de Sérgio Cabral no Rio de Janeiro. Ou seja, Eike pode fazer revelações importantes, especialmente sobre políticos do PT, PSDB e PMDB.”

 

*Do site “Migalhas”: “Temer indicará o novo ministro do Supremo, conforme manda a Constituição. Mas apenas indicará. A escolha, como se sabe, será do ministro Gilmar Mendes. Especulações que não partam dessa premissa não têm sentido algum.”

*Como em todo início de ano, voltou ao ar o Big Brother Brasil. Um programa ridículo, para dizer o mínimo, que não tem nada de produtivo. Há quem patrocine e quem pague para assistir a cenas inadequadas para exibição em TV aberta, em horário nobre.

*A Arquidiocese de Maceió dá início hoje ao Ano Santo Mariano, a partir das 6h30m, com celebração de missa no Santuário Virgem dos Pobres, em Mangabeiras. Este ano a celebração festejaos 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

*Os estudantes novatos da rede pública estadual ou seus responsáveis legais têm até hoje para efetuar sua matrícula presencial e garantir sua vaga. Antes, deve acessar o site www.matriculaonline.al.gov.br para saber em qual unidade de ensino foi alocado.

*Os alunos que ingressam na Faculdade Estácio contam agora com uma facilidade para pagar suas mensalidades: o Parcelamento Estácio. O PAR permite que o aluno pague metade do valor total do curso enquanto estudar e a outra metade após a formatura.

*No dia 11 de fevereiro, às 22 horas, o Iate Clube Pajussara realiza o seu tradicional “Baile Verde e Branco”. Como atrações musicais, a “Orquestra Só Emoções”, de Pernambuco, e Igbonan Rocha & Samba de Nêgo. Mesas já estão à venda.

* Rodada de hoje pelo Campeonato Alagoano: 16 horas, em Murici, Murici e CSE; 20h30m, em Olho D'Água das Flores, CEO x Miguelense; 20h30m, no Trapichão, CRB x Santa Rita; 20h45m, em Coruripe, Coruripe x CSA, às 20h45.

 

“A política empobrece se você a fizer com dignidade”

Eunício Oliveira

Empresário e senador do PMDB/CE, que deve ser eleito hoje presidente do Congresso Nacional