Roberto Baia

25 de janeiro de 2017

Sem novidades

A primeira entrevista coletiva do prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo, confirmou, apenas, informações que todos já sabiam, sobretudo o calote anunciado por ele, em uma site de notícias da capital, do salário relativo ao mês de dezembro, incluindo efetivos, comissionados e contratados.

 

“Rombo e transparência”

Teófilo resumiu a entrevista em dois pontos. Vejamos: o “rombo” de (agora) R$ 100 milhões, deixado por antecessores e ao que considera “novo momento na gestão municipal, que, segundo ele, será conduzido com total transparência e verdade”.

 

Jogou para a plateia

Quanto aos desvios de recursos, ele lava as mãos e promete entregar ao seu jurídico e as autoridades alagoanas, que terão liberdade para apontar os corruptos e responsabilizá-los por seus crimes.

 

É entregar a Deus

Rogério jogou para a plateia? Bom, com a palavra o povo arapiraquense e, principalmente, os servidores que, a essa altura dos acontecimentos, já devem ter entregue a Deus o suado salário de dezembro.

 

Fato marcante

O que marcou mesmo na coletiva de Rogério Teófilo foi o silêncio da sua vice-prefeita Fabiana Pessoa, que entrou muda e saiu calada. Teófilo, no entanto, enalteceu a parceria, mas não era nada demais ter facultado a palavra para que ela pudesse, pelo menos, dar um bom dia aos jornalistas e radialistas presentes.

 

Atrás das grades

Já está atrás das grandes um grupo criminoso que comercializava fumo de corda com embalagens falsificadas. A quadrilha foi desbaratada, na noite da última segunda-feira (23), após uma operação deflagrada pelo Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL), em parceria com a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/AL).

 

Foi em Arapiraca

A ação, que aconteceu nas zonas urbana e rural do município de Arapiraca, culminou com a prisão de três homens e a apreensão de quatro toneladas de fumo, duas armas de fogo e várias prensas utilizadas para embalar o produto.

 

Ação do Gecoc

Esse trabalho operacional foi resultado de dois meses de investigações do Gecoc, que descobriu uma organização criminosa, após denúncia anônima, que comprava o fumo de agricultores da região e, depois, usava as embalagens da marca Maratá, uma das mais famosas no mercado, para vender a mercadoria como se ela tivesse passado por todo o processo de qualidade, antes de chegar ao consumidor.

 

Novos computadores

O ano letivo de 2017 começa com uma ótima novidade para os alunos da rede estadual. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), adquiriu três mil novos computadores completos para compor os Laboratórios de Informática das escolas alagoanas.

 

 

 

Viçosa

 

A primeira unidade beneficiada foi a Escola Estadual de Ensino Integral Joaquim Diégues, no município de Viçosa, que recebeu 21 computadores, com sistema operacional, entregues pelo vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa.

 

Escola Web

De acordo com o gestor da Educação, cada escola contemplada receberá pelo menos 21 equipamentos, que é o necessário para compor um laboratório de informática. “Temos o compromisso de informatizar as escolas. Começamos com o ‘Escola Web’ [programa de descentralização de recursos para a contratação do serviço de internet banda larga] e estamos refazendo todos os laboratórios da rede estadual de ensino. Começamos por Viçosa, com uma escola tradicional. E aproveitamos para visitar a biblioteca, que é referência em toda a região”, afirma Luciano Barbosa.

 

 

 

 

… Com informações da Ascom – O Conselho Regional de Psicologia de Alagoas (CRP-15) convida profissionais psicólogas, acadêmicas, trabalhadores da área da saúde e sociedade em geral, para a Caminhada ‘Janeiro Branco’, que acontecerá no próximo dia 29 de janeiro (domingo), a partir das 8h30, marcando com êxito as atividades da campanha no Estado de Alagoas.

 

… A concentração do evento será na Orla dos 7 Coqueiros, bairro da Pajuçara.

 

… A campanha Janeiro Branco tem como objetivo chamar a atenção da sociedade brasileira para a importância dos diálogos acerca da Saúde Mental.

 

… O mês foi escolhido por, simbólica e culturalmente, representar a renovação das esperanças, dos projetos e dos planos de vida das pessoas.