Edmilson Teixeira

13 de janeiro de 2017

Canapi, outra vez!

Sindicato dos Servidores de Canapi acusa o ex-prefeito, Celso Luiz (PMDB) de se envolver em mais um esquema de roubalheira na Prefeitura. Diante do extrato bancário do mês passado, onde mais de R$ 7,5 milhões entraram oriundos de precatórios do Fudeb, o Sindicato afirma que esses valores foram depositados em diversas contas de empresas suspeitas e de pessoas físicas com valores altíssimos. Entre as pessoas físicas, aparece o nome do “manda-chuva” da região, Celso Luiz, que teve o “privilégio” de obter 19 depósitos de R$ 10.657.61  totalizando R$ 202.494.52.

Canapi – vice

O timoneiro de todo esse esquema criminoso é o vice-prefeito, Vieira do Povão (PT do B), que estava à frente da Prefeitura durante os últimos cinco meses da gestão passada, por conta justamente do afastamento de Celso Luiz, que segundo a Polícia Federal durante a “Operação Triângulo das Bermudas” em dezembro de 2015, teria desviado misteriosamente, mais de 10 milhões dos cofres públicos; dinheiro também do Fudeb.

Cadeia

O Sindicato dos Servidores de Canapi fez um amplo relatório do referido crime e já encaminhou para o MPF, MPE/AL, Gecoc, Tribunal de Contas de AL e Polícia Federal, cujas investigações começaram na quarta-feira desta semana, conforme publicação no Diário Oficial do Estado, da portaria de 001/2017 da Promotoria de Mata Grande/AL. “Queremos cadeia para essa bando” disse indignado um dirigente sindical.

Milionário

“Detalhe é que os R$ 7,5 milhões estavam até então bloqueados por determinação do Tribunal de Contas de Alagoas, justamente por desconfiança do grupo que estava no poder; só em dezembro agora, houve o desbloqueio, a fim de que o dinheiro fosse destinado exclusivamente para o pagamento de despesas enquadráveis à Legislação do Fundeb, o que pouco se viu com o referido valor milionário”, comentou o dirigente sindical, que pediu para manter seu nome em sigilo.    

Atalaia


Prefeito Chico Vigário (PMDB) que corre contra o tempo para organizar a administração pública nesses seus primeiros dias de governo, esteve ontem em Maceió, a fim de fazer uma visita especial ao novo chefe do Ministério Público Estadual, Alfredo Gaspar de Mendonça. Foi em companhia de Sóstenes Gaia, que é promotor de Atalaia, Márcio Júnior, procurador do município e de seu secretário de Finanças, Júnior Vigário. No encontro também estava o sub-procurador Márcio Roberto.  

Marechal  Deodoro

Cerca de 900 famílias começaram ser beneficiadas ontem, com o retorno do Programa do Leite. É que o Programa estava suspenso há um ano, e  sensibilizado com a situação das pessoas carentes, foi que o prefeito Cacau acionou a Secretaria de Assistência Social, a fim de garantir o precioso produto na mesa dos necessitados.

Marechal – outros

 “Fico muito feliz em poder, em apenas dez dias de governo, ter reativado um programa tão importante quanto este e que estava parado há um ano. Estamos começando uma nova Marechal. Hoje o programa beneficia  novecentas famílias, mas já estou pleiteando junto ao Governo do Estado a ampliação, e também mais programas para beneficiar a população deodorense”, disse o prefeito Cacau, que fez questão de acompanhar a abertura em diversos bairros e povoados.

 

Encontro

O Cosems/AL está anunciando para a próxima segunda-feira, em Maceió, um encontro com todos os secretários municipais de Saúde de Alagoas. O órgão quer  discutir a conjuntura da política de saúde no Estado e as perspectivas dos novos gestores diante da mudança de cenário financeiro no fim de 2016, quando a Sesau repassou para os municípios recursos atrasados.

 

 

Festa 

Em Porto Calvo, mesmo em tempo de crise e com apenas 13 dias no cargo, o novo prefeito já está anunciando gastos para a Prefeitura. É que na próxima quinta-feira, a cidade entra em clima festivo para celebrar seu co-padroeiro, São Sebastião.  Foram contratadas as bandas: Ana Lôbo; Conde do Forró; e Só Luxo. Na sexta-feira, dia 20, feriado municipal, os católicos e fieis participam da missa e da procissão pelas ruas históricas da terra de Calabar.

 

Anadia

Dirigentes do Sindicato dos Servidores do município tentam junto com o prefeito Celino Rocha (PDT) uma solução para o pagamento do mês dezembro, além do 13ª salário do ano que passou que não foram efetivados para muitos pelo ex-gestor, Paulo Damaso (PMDB). Na quarta-feira pela manhã, eles foram recebidos por Celino Rocha.

 

Anadia II

Ouvindo atentamente as reivindicações, o prefeito destacou que sua equipe ainda está se inteirando da real situação das finanças municipais. “As dívidas do município estão sendo levantadas, e só depois de termos total acesso às contas, é que podemos negociar as pendências deixadas; até porque, ainda não tivemos acesso a tudo o que está bloqueado, mas estamos dispostos a destinar para o pagamento de salários todo recurso que for excedente aos gastos essenciais”, destacou Celino Rocha. 

 

Pilar

Renato Filho (PSDB) o novo prefeito pilarense, afirma que a população  ganhará nos próximos meses, um Centro de Especialidades Médicas.  Adiantou  que o órgão  funcionará em local adequado e confortável para atender toda demanda de saúde da região. “Depois o nosso próximo passo para tornar a saúde municipal mais eficiente, será a construção da Central de Exame, lugar onde os pacientes poderão marcar exames e consultas em um curto prazo”, prometeu.