Blog do Dresch

12 de janeiro de 2017

Algás em alta

A Algás – distribuidora alagoana de gás natural –  dirigida pelo economista Arnóbio Cavalcanti,  anunciou ontem duas boas notícias. A primeira é referente a realização de um concurso público a ser lançado neste ano de 2017. O certame será concebido exclusivamente para o cargo de analista de processos organizacionais com formação em Direito e inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A outra refere-se ao a assinatura da ordem de serviço do projeto de interiorização da rede de dutos da Distribuidora Alagoana que chega à segunda fase. A ordem de serviço das etapas três e quatro do Gasoduto Penedo-Arapiraca foi assinada no início deste mês pela diretoria executiva da Companhia e representantes da Tecmaster Serviços, empresa que será responsável pelas obras. As últimas duas etapas do empreendimento somam juntas 33,4 km (com 16,7 km cada) de extensão e, segundo informações da Algás, o início da construção da segunda fase está previsto para o mês de fevereiro com orçamento de R$ 15,3 milhões. Já o término, está programado para março de 2018.

  

Algás em alta 2


Com a finalização das obras, o empreendimento terá extensão total de 66 km e partirá da estação da Algás em Penedo e passará pelos municípios de Igreja Nova e São Sebastião até chegar à futura Estação de Regulagem de Pressão (ERP) da Algás na cidade de Arapiraca, o que representa um marco importante para a interiorização do desenvolvimento em Alagoas, segundo o que consideram as autoridades.
 .
 

Mais uma decepção para aposentados

Saiu ontem o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que vai reajustar os benefícios de dez milhões de aposentados do INSS que ganham acima do salário mínimo. O aumento, retroativo a 1 de janeiro de 2017, será de 6,58% (variação inflacionária de janeiro a dezembro do ano passado), bem abaixo dos 7,5% previstos na proposta de Orçamento da União, enviada em agosto pelo governo, e também menor do que a inflação acumulada em 12 meses até novembro, que era de 7,38%.

O percentual ficou abaixo do previsto porque, segundo o IBGE, responsável pela apuração do indicador, a alta do custo de vida veio caindo nos últimos meses de 2016. Vale lembrar que os 22,3 milhões de beneficiários do INSS que recebem um salário mínimo já tiveram seu aumento anunciado em dezembro. O piso subirá de R$ 880 para R$ 937, também a partir de 1 de janeiro de 2017.

Os benefícios reajustados começam a ser pagos nos cinco últimos dias de janeiro, para quem recebe o piso. O calendário se estenderá até os cinco primeiros de fevereiro, para os que ganham mais. As datas variam de acordo com o número final do cartão de pagamento (último algarismo antes do traço).

 

 

Ameaça à democracia

 Durante quase uma hora de fala, Obama pediu aos americanos que se unam para lutar contra os desafios que ameaçam a democracia norte-americana. Em um discurso emocionado transmitido para todo o país, ele alertou o povo americano que uma mudança nos rumos do país só ocorrem “quando as pessoas comuns se envolvem para exigi-la”. No próximo dia 20, Obama deixará a presidência dos Estados Unidos. O presidente eleito Donald Trump assumirá no seu lugar. Obama falou no centro de convenções McCormick Place, o maior dos Estados Unidos, perante 20 mil pessoas. Em alguns momentos, os aplausos soaram tão alto que Obama teve de interromper a fala e se esforçar para continuar.

 

Ameaça à democracia 2

 

O teor do discurso de Obama focou mais no futuro do que nos feitos alcançados nos últimos oito anos. Em alguns momentos, Obama lembrou conquistas alcançadas e disse que a população ainda precisa superar os desafios raciais, políticos e econômicos existentes. O presidente norte-americano disse que é possível vencer os desafios. “Depois de oito anos como presidente, eu ainda acredito nisso”. E prosseguiu: “E não é apenas a minha crença, é o coração palpitante da nossa ideia americana – a nossa ousada experiência de autogoverno”.

 

Ameaça à democracia 3

Sobre as questões raciais que ainda incomodam o povo norte-americano, Obama disse que houve um progresso significativo nessa tema nas últimas décadas. Mas, segundo ele, esse progresso não foi suficiente para superar todos os problemas. Obama defendeu que acreditar na superação seria “irrealista”. “Temos de defender as leis contra a discriminação, na contratação [trabalhista], na habitação, na educação e no sistema de justiça criminal. Isso é o que exige nossa Constituição e os ideais mais elevados. Mas as leis sozinhas não serão suficientes. Os corações precisam mudar “, disse Obama.

 

 

Em doses homeopáticas

Diferentemente de Alagoas e de alguns poucos Estados, tá mesmo complicada a vida do funcionalismo público do Rio de janeiro. O governo do Estado fluminense depositou somente ontem a terceira parcela do salário dos servidores públicos que ainda não receberam seus vencimentos integrais referentes a novembro de 2016. O valor desta parcela será de R$ 320, acima dos R$ 221 previstos inicialmente. Com o pagamento feito hoje, o estado terá quitado 78,6% da folha líquida de R$ 2,1 bilhões. Além disso, 74,6% dos servidores terão seus salários de novembro pagos integralmente. Ainda está previsto o pagamento de outra parcela, de R$ 2.450 amanhã (12). O governo fluminense tem tido problemas para pagar os servidores devido a problemas orçamentários, desde o final de 2015.

 

 

 

·         Com a crise  de segurança e o motim desencadeado nos presídios do Amazonas e de Roraima, Alagoas também já está tomando suas precauções. Ontem agentes penitenciários do Grupo de Escolta, Remoção e Intervenção Tática (Gerit) e militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) inspecionaram o módulo 1 da Casa de Custódia da Capital, em Maceió. Enquanto isso, agentes penitenciários do Comando de Operações Penitenciárias (COP) e militares do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) desencadearam o mesmo procedimento no Presídio do Agreste, em Girau do Ponciano.

 

·         Ainda a crise no Rio de Janeiro. O acordo que a equipe econômica do governo federal negocia com o governo fluminense para socorrer as finanças estaduais inclui redução tanto da jornada de trabalho, quanto dos salários dos servidores públicos. A medida foi proposta pelo governador Luiz Fernando Pezão.

 

  • O ator Leonardo Vieira tem recebido inúmeras mensagens de apoio nas redes sociais depois de prestar queixa por homofobia. O ator de 48 anos vinha sofrendo ataques de internautas desde que uma foto dele beijando outro homem após uma festa foi divulgada. Na segunda-feira, o galã esteve na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no Rio, e divulgou uma carta aberta falando da sua homossexualidade.

 

  • A atitude de Leonardo encheu o pai do ator de orgulho. Através de uma mensagem de apoio, divulgada pelo próprio artista em seu perfil no Facebook, o pai parabeniza: “Tenho orgulho de você como filho e homem”. 

 

  • O ex-jogador Diego Maradona tem um problema pessoal o atacante Mauro Icardi. Tanto que declarou guerra o jogador do Inter de Milão, que em recente entrevista afirmou que sonha em ser chamado por Edgardo Bauza para a seleção da Argentina. Durante a cerimônia de gala da Fifa, o ex-camisa 10 argentino disse que, se depender dele, outros jogadores ofensivos serão convocados antes de Icardi. “Antes de convocar Icardi, eu convoco o Indio Bazán Vera (já apsoentado). Eu gosto muito do Lucas Pratto (Atlético-MG). Prefiro deixar Icardi de fora – disse Maradona à Rádio “Rivadavia”.