Roberto Baia

5 de janeiro de 2017

Secretário em Marechal

O atual presidente de Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) e ex-prefeito de Jequiá da Praia, Marcelo Beltrão, assumiu esta semana o cargo de secretário de Educação da cidade de Marechal Deodoro.  Marcelo Beltrão tem experiência na área educacional, antes de ser prefeito, por oito anos, em Jequiá da Praia, ele assumiu a pasta na cidade de Coruripe.

 

Bons resultados

Como secretário de Educação de Coruripe, Marcelo Beltrão foi responsável por aumentar o IDEB do município. A frente do executivo de Jequiá da Praia ele, na última avaliação educacional, conseguiu que o município obtivesse média 6.8, ultrapassando a meta do Ministério da Educação, que era 4.1. Além disso, a nota dos alunos de Jequiá da Praia foi maior que a média nacional (5.5) e da média do Estado de Alagoas.

 

Olho D’água Grande

O prefeito de Olho d'Água Grande, José Adelson (PSDB), revelou em nota que vai precisar de pelo menos 100 dias para reorganizar a máquina pública na cidade. O prefeito eleito alega que encontrou muitos órgãos sucateados e publicou vários decretos, entre eles o que exonera todos os servidores públicos com cargos em comissão e que eram de confiança da gestão anterior.

 

Recadastramento

Devido aos problemas encontrados na Prefeitura, o prefeito decidiu convocar todos os servidores para um recadastramento que começou na última quarta-feira (4) e termina no dia 20 deste mês de janeiro. O prefeito de Olho d'Água Grande também publicou um decreto de situação de emergência no município agrestino, devido à estiagem que assola as propriedades rurais e está prejudicando agricultores e a população que reside na cidade e também nos povoados.

 

Sem transição

José Adelson relatou que não houve transição dos governos e que ainda não conseguiu entrar em diversos prédios, como escolas, postos de saúde e creche, para fazer os levantamentos necessários, por não ter recebido as chaves. José Adelson disse ainda que não entende o porquê depredaram os veículos pertencentes à secretaria de transportes do município e pior, até o memento dois veículos pesados não foram entregues a nova gestão.

 

Crime esclarecido

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) repassou detalhes,  na tarde desta quarta-feira (04), sobre uma operação coordenada pela Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) que desarticulou uma quadrilha acusada de ordenar o esquartejamento de um homem em Girau do Ponciano, crime ocorrido em outubro de 2016 e que ganhou grande repercussão no estado. 

 

Todos presos

O grupo também é acusado de homicídios e tráfico de drogas no Agreste alagoano. Na ação de cumprimento de mandados, iniciada em novembro, 18 integrantes foram presos nas cidades de Arapiraca e Palmeira dos Índios.

 

Crime de encomenda

De acordo com o coordenador da Deic, delegado Mário Jorge Barros, os líderes da quadrilha Gilson Silva Sobrinho, “o Celebridade”, de 30 Anos; e Robério Cícero Da Silva, “Betinho”, de 39 Anos, estavam presos no Presídio de Segurança Máxima, em Maceió, e de lá ordenaram a morte Genaldo Vieira dos Santos, de 46 anos, que era integrante do grupo criminoso e que supostamente teria desviado armas da quadrilha.

 

Viçosa 1

O Prefeito de Viçosa, David Brandão, empossou os novos secretários da Princesa das Matas. Das dez secretarias, oito tiveram secretários empossados. Na primeira reunião realizada ontem, o novo chefe do Executivo alertou a todos para os graves problemas encontrados, com base em levantamentos preliminares.

 

Viçosa 2

De acordo com Brandão, “para resgatar o equilíbrio financeiro e a moralidade administrativa do nosso Município, é preciso tomar medidas de austeridade.” Nos próximos dias, os nomes dos novos titulares do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais de Viçosa (IPASMV) e da Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Defesa Social, devem ser anunciados.

 

 

 

… Em entrevista o procurador-geral do Ministério Público de Contas, Rafael Rodrigues de Alcântara falou sobre a recomendação feita pelo órgão a todos os prefeitos eleitos e reeleitos, para que eles apliquem os recursos oriundos da repatriação nas áreas prioritárias como o pagamento de salários e do décimo terceiro.

 

… “No nosso entendimento, essa despesa é prioritária porque tem o caráter alimentar e também é fundamental para manter a continuidade do serviço público para o munícipe”, esclareceu o procurador-geral.

 

…De acordo com Rafael Alcântara, a iniciativa do MPC de Alagoas é no mesmo sentido de outros ministérios públicos Brasil afora, que é dedicar um cuidado especial a essa receita extra que está vindo aos municípios em virtude do programa de repatriação de recursos lançados pelo governo Federal.