Blog do Dresch

3 de janeiro de 2017

Cuba não vai cultuar Fidel Castro

             Antes de morrer, em 25 de Novembro, o líder da revolução cubana, Fidel Castro apelou a ser irmão Raúl: “Não quero qualquer tipo de culto à personalidade depois que eu morrer. Não quero ser imortalizado desta forma e peço que não usem meu nome para nomear instituições, praças, parques, avenidas, ruas ou outros locais públicos, e nenhum monumento, busto, estátua e outras homenagens em minha memória”. Agora a Assembleia Nacional de Cuba, aprovou por unanimidade uma lei que estabelece na prática o pedido de Fidel.

A humildade de um líder 2

              A legislação cubana, no entanto, abre exceção para que o nome de Fidel possa ser usado por uma instituição que estude o papel do líder na construção da nação, ou um centro de pesquisa sobre o seu legado. A lei também não restringe obras artísticas ou literárias inspiradas no líder, nem a publicação de milhares de imagens tiradas de Fidel ao longo de sua vida. Para a Assembleia Nacional Cubana e para milhões de admiradores em todo o mundo “Fidel continuará sendo um ícone nas lutas do povo cubano, para preservar a nossa unidade, nossa independência, nossa soberania e nosso socialismo”.

 

Grávidas ficam sem repelente

                   Exatamente um ano após o Ministério da Saúde ter anunciado a compra de repelentes para serem distribuídos ás mulheres grávidas beneficiárias do Bolsa Família, o produto  ainda não começou a ser distribuído. Aliás, ainda nem foram adquiridos. O pregão para compra dos produtos foi feito em Dezembro do ano passado e o processo de licitação ainda está em andamento. A expectativa do Ministério da Saúde é de que, uma vez concluída esta etapa, os repelentes comecem a ser entregues 15 dias depois. O Ministério alegou que a burocracia comprometeu a agilidade do processo, uma vez que houve dificuldade em encontrar empresas com capacidade de fornecer o produto em grandes quantidades. Diante dos entraves a previsão do governo é que os repelentes comecem a ser entregues no final de Janeiro, cerca de um mês após a chegada do verão, período propício á proliferação do aedes Aegipty, o vetor dos vírus da dengue, zika e chikungunya. Quando anunciou a distribuição de repentes ás mulheres grávidas beneficiárias do Bolsa-Família, o governo focava principalmente o combate aos casos de microcefalia, surgidos a partir da doença zika.

 

Aumenta expedição de RGs

                   O Instituto de Identificação do Estado de Alagoas, vinculado à Perícia Oficial, contabilizou um aumento de 9,73% nas emissões de carteira de identidade no ano passado, na comparação com 2015. Até o dia 21 de Dezembro foram expedidas 218.745 carteiras (incluindo a primeira e segunda vias), contra 199.341 emitidas em todo o ano de 2015. De acordo com o perito-geral Manoel Melo, os números foram individualizados pela coordenação de estatística e permitem traçar as políticas a serem adotadas pelo órgão expedidor.

Aumenta a expedição de RGs 2

                   Ainda segundo o perito-geral Manoel Melo “a Perícia Oficial de Alagoas tem trabalhado para garantir o acesso a carteira de identidade porque acredita que é uma das formas de promover a cidadania para a população. Vários postos foram reformados e ampliados, assim como o numero de servidores e conseguimos diminuir o tempo de atendimento e de entrega do documento, lançamos ainda o agendamento eletrônico e participamos de diversas ações sociais, levando o serviço até bem próximo do cidadão, durante a realização do Programa Governo Presente” explicou Melo.

Câmara muda pouco

                   Os vereadores de Maceió, empossados para esta legislatura no último Domingo, praticamente mantiveram a composição da Meda Diretora. O vereador Kelmann Vieira (PSDB) manteve-se na cadeira de presidente da Mesa, como pretendia. Ele logo adiantou que pretende colocar em discussão a votação do Plano de Cargos e Carreiras (PCC) da Câmara Municipal, que ficou pendente da legislatura passada. Segundo Kelmann ele próprio assumiu este compromisso com os servidores.

Câmara muda pouco 2

                   Outras ações prometidas por Kelmann Vieira diz respeito á discussão sobre matérias importantes como o Plano Plurianual (PPA) e o Plano Diretor da cidade de Maceió. A presidência da Câmara pretende elaborar uma ampla discussão sobre estas matérias, com a participação da sociedade. Além de Kelmann Vieira, fazer parte da composição da Mesa Diretora os seguintes vereadores: Davi Davino (PP), Zé Marcio Filho (PSDB) e Dudu Ronalsa (PSDB). E ainda as vereadoras Silvânia Barbosa (PRB), Fátima Santiago (PP) e Aparecida de Luiz Pedro (Democratas) e o vereador Antônio Holanda (PMDB).

 

 

  • Quatro motoristas bebuns iniciaram 2017 dirigindo de forma equivocada. Todos foram flagrados pela blitz da Lei Seca e presos em flagrante delito.
  •  O primeiro deles foi detido na AL 101-Norte, próximo á Paripueira. Ele bateu em seis carros e o teste do bafômetro não deixou dúvidas. Ele foi preso e o seu Ford Focus apreendido.
  •   Pouco tempo depois, em Jacarecica, outro condutor irresponsável foi flagrado com sinais de embriaguez alcoólica. Abordado por policiais da Lei Seca submeteu-se ao teste do bafômetro e levado para a Central de Flagrantes.
  •  Já no bairro do Trapiche, o condutor de um Corsa foi detido após apresentar 0,98 mililitros de álcool por cada litro de sangue.
  • Por último, um cidadão de 53 anos envolveu-se em um acidente próximo ao quartel do Exército, no Farol, conduzindo um Voyage. O bafômetro mostrou que ele estava com 0,75 mililitros de álcool no sangue.