Flávio Gomes

28 de maio de 2016

Um mau começo

Sandra Starling, ex-deputada federal pelo PT-MG: “Montado o governo Temer, arrisco a dizer que, para além da brincadeira de infância – em que se disputa numa roda quem vai ficar sem cadeira –, houve apenas uma troca de seis por meia dúzia. Pensem bem: o critério de escolha dos ministros continuou a ser pautado pela montagem fisiológica de uma base aliada no Congresso Nacional… Começamos mal. Inclusive pela gritaria boba da inexistência de mulheres ou de negros no ministério. Eu sempre acrescentaria ‘índios’ e ‘gays’, ou seja lá qual for a orientação sexual, se eu fosse daquelas que julgam que o bom ou o mau representante para qualquer segmento tenha de ser, necessariamente, alguém igual em gênero ou cor da pele, ou jeito de ter prazer sexual, ou procedência étnica. Quero dizer: mulher nem sempre tem a ver com as demandas das mulheres, muito menos negros precisam ser representados por negros, ou índios por índios, ou gays por gays. Até aproveito o ensejo para repudiar veementemente essa praga do setorialismo com que se segmenta a população e se impede a politização de todos, que é tornar qualquer um capacitado a dirigir o todo, e não só os que se parecem com seu próprio umbigo…”

 

Vínculo

Encrencado com a revelação das conversas com Sérgio Machado, de conteúdo nada republicano, o senador Renan Calheiros não tem como desqualificar o aliado. Pois foi o hoje presidente do Senado quem bancou Machado politicamente, por pelo menos 10 anos. Só se faz isso com quem é merecedor de confiança.

 

Hum…

E a maré não parece nada boa para Renan Calheiros. Um antigo aliado do senador, até hoje integrando sua assessoria mais próxima, tem deixado escapar em conversas em Brasília que “a situação está ficando insustentável”. Refere-se, naturalmente, às notícias que têm surgido. Mas também sobre coisas que ainda não saíram.

 

Aliás

Pelo sim, pelo não, convém lembrar que o primeiro suplente de Renan Calheiros é o empresário Fábio Farias, secretário do Gabinete Civil do governador Renan Filho. Dos outros dois senadores alagoanos os suplentes são a ex-prefeita Renilde Bulhões (de Fernando Collor) e o empresário Givago Tenório (de Benedito de Lira).

 

Disputa

Alguns dos mais próximos a Rui Palmeira já não conseguem esconder o sentimento de ameaça à reeleição do prefeito com a irreversível pré-candidatura do deputado federal Cícero Almeida. E admitem que outro concorrente que preocupa é o deputado federal João Henrique Caldas, com perfil semelhante ao de Rui.

União

A oposição se uniu em Maragogi contra candidatura do ex-prefeito Marcos Madeira. O médico Fernando Sérgio Lira (PP), que foi prefeito por duas vezes, deve ser o candidato do grupo. O vice sairá de um consenso, baseado em pesquisas, entre Elba Vasconcelos (PSB), Gílson Neto (DEM) e Carlinhos de Toritama (PV).

 

Diferença

Na última 4ª feira, um cidadão passou mal no local de trabalho e amigos seus acionaram o SAMU. Por telefone, o atendente, ao pedir informações, disse que não era preciso atendimento médico. Na dúvida, acionaram a Unimed, que mandou uma equipe e levou o cidadão ao hospital, ao constatar problema cardíaco.

 

Argumento

Do presidente Michel Temer: “Quero refutar aqueles que disseram que houve ruptura da Constituição. Basta examinar a literalidade do texto para ver que as instituições estão funcionando. Precisamos compreender nossa interinidade, sou muito respeitoso com este fato. Mas isso não quer dizer que o País pare. Não podemos ficar paralisados.”

 

*No feriado de Corpus Christi Alagoas perdeu duas figuras bastante conhecidas e queridas: o radialista Gílson Gonçalves e o desembargador aposentado Antônio Nunes. Foram sepultados ontem em Barra de Santo Antônio e Piranhas, respectivamente.

 

*A cantora Leureny e os músicos Félix Baigon (contrabaixo) e Willbert Fialho (violão) são as atrações de hoje, a partir das 20 horas, na Comedoria Gourmet, na Jatiúca. Couvert artístico: R$ 20,00. Reservas de mesa e informações: 99332 4004/3325.7537.

*No dia 28 de junho, véspera do Dia de São Pedro, às 22 horas, o Iate Clube Pajussara realiza o seu tradicional “Forró dos Pedros”. Atrações musicais: Trio Chamego Bom e Banda Paixão Nordestina, de Caruaru. A festa é também para não associados.

*Alguém da prefeitura precisa dar uma passada na Rua Sá e Albuquerque, Jaraguá, para constatar que o leito e calçadas estão danificados. O descaso oficial causa riscos a quem conduz veículos ou apenas busca se locomover no bairro mais antigo de Maceió.

* Amanhã, excepcionalmente, a Avenida Silvio Viana, na orla de Ponta Verde, que sempre fica fechada à circulação de veículos até 18 horas, por conta da programação da passagem da Tocha Olímpica por Maceió funcionará das 8h às 12h.

* O Festival Cultural  Tocha Olímpica em Maceió prossegue até amanhã com atividades culturais das 17 às 22 horas, na Praça Multieventos, orla da Pajuçara. Além de música, há cinco pontos de gastronomia, derestaurantes e bares associados  à Abrasel.

*A torcida do CSA se prepara para ter maior presença no Trapichão, na Série D, do que a torcida do rival CRB, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. Os dois clubes rivalizam sobre qual a maior torcida, mas a do CSA, de certeza, sempre é mais presente.

 

“Criam expectativa positiva e confiança”

Paulo Skaf

Presidente da Fiesp, sobre as medidas anunciadas por Michel Temer, em especial a limitação do gasto público