Roberto Baia

20 de maio de 2016

Era a vez de Rogério

Arrogância misturada a uma boa pitada de vingança foram os ingredientes responsáveis pela penúria política que vive hoje o ex-secretário de Articulação Política do Governo Teotonio Vilela Filho, Rogério Auto Teófilo. 

Vamos explicar melhor essa situação. O atual vice-governador de Alagoas, Luciano Barbosa, e Rogério Teófilo não sentam na mesma mesa nem para receber a benção de Jesus Cristo ressuscitado. Essa animosidade nasceu e floresceu numa cruzada dos dois políticos no decorrer de uma verdadeira disputa de vida ou morte pelo apoio político da prefeita Célia Rocha.

 

Desavença histórica

E os motivos que geraram as desavenças entre Luciano e Teófilo são históricos, dignos de uma verdadeira novela global. Mas a galinha dos ovos de ouro sempre foi a Prefeitura de Arapiraca que está nas mãos da prefeita, dona de um carisma e respeito popular jamais visto na história da terra de Manoel André.

 

Foi um desastre

Para que os ânimos não se acirrassem ainda mais, Célia Rocha encontrou uma solução: indicou Luciano Barbosa para lhe suceder e Rogério Teófilo para o ser o vice-prefeito. E, é claro, Teófilo acreditava que no futuro herdaria o trono. Para ele, foi um desastre. Durante quatro anos sequer entrou no Centro Administrativo, nem para dar bom dia aos servidores.

 

Empunhou a espada

Mas a história não acaba aí. Luciano grudou oito longos anos na Prefeitura e Célia foi uma das deputadas federais mais votadas em Alagoas. E assim como as águas correm para o mar, se reencontraram nas eleições passadas com um novo Teófilo, dessa vez fortalecido pela força do então Governo Téo Vilela. E como era de se esperar, Rogério empunhou a espada para reivindicar a Prefeitura mais importante do interior de Alagoas.

 

Não aceitou o irmão

Como em se tratando de política, até boi voa, houve uma tentativa para reaproximação politica, mas Luciano bateu o martelo e não quis apoiar seu velho rival para a sua sucessão. Mas manteve aberto o diálogo e concordou com a indicação do irmão de Rogério, Ricardo Teófilo, que fazia parte do seu governo. Rogério, vaidoso, disse um não com todas as letras, deixando claro que enfrentaria até o próprio irmão nas eleições, mas não abriria mão das suas pretensões.

 

Indicou Nezinho

O resto, todo arapiraquense sabe de cor e salteado: Célia abriu mão da Câmara Federal, veio para o sacrifício e foi eleita com um pouco mais de seis mil votos de diferença. Nas eleições do próximo dia dois de outubro, a prefeita não vai disputar a reeleição e já indicou para a sua sucessão os nomes do atual deputado Ricardo Nezinho e do seu vice, publicitário Yale Fernandes. 

 

Novos episódios

Quanto a Rogério, dificilmente sairá candidato. Até mesmo o seu antigo aliado, o “dono” do partido dos tucanos, se engraçou e está “requebrando as cadeiras” pela pré-candidatura do deputado Rodrigo Cunha. Mas a história não acaba aí e é certo que novos episódios virão na cidade mais importante do interior alagoano.

Pode apostar nisso.

 

Vale tudo 1

Do colunista Berg Morais: Vários são os fatores que levaram ao rompimento político das famílias Gaia e Ribeiro, que perdurava há décadas. A soberba do prefeito James Ribeiro (PMDB), que centralizou o poder de decisão na escolha do nome para sua sucessão, foi um dos fatores predominantes da cisão que parece ser verdadeira.

 

Vale tudo 2

Ainda de acordo com Berg Morais, James chegou à conclusão de que se Rodrigo Gaia (PR) ganhasse a prefeitura, a família Ribeiro ficaria 100% refém da família Gaia, que já tem um mandato no parlamento estadual. Como em política só tem prestígio quem tem poder… O vale tudo começou!

 

Tenda cultural

Neste próximo sábado (21), o palco da tenda cultural da Praça Luiz Pereira Lima, no Centro de Arapiraca, receberá uma seletiva de atores pelo projeto “Arte & Terapia”.

O evento é aberto ao público interessado e ocorrerá a partir da 14h. No ensejo, será posto em questão o andamento do espetáculo “A Luz das Ruas”.

 

Pela paz

Neste “Arte & Terapia Pela Paz”, mensagens de esperança por meio da arte são compartilhadas com o público, após o evento realizado em março na Casa da Cultura, na mesma praça.

Aos interessados em atuar, contatar o e-mail dondosaber@hotmail.com ou o telefone (82) 99942-1529. 

 

… Segundo o organizador e coordenador executivo do Arte & Terapia, Paulo Alexandre dos Santos, o intuito é difundir os benefícios que a prática de uma atividade artística traz para o corpo e para a mente.

 

… “E isto seja ela a apresentação de coreografias, dublagens, danças folclóricas, peças teatrais, atrações circenses e outras apresentações culturais, sempre alertando a todo o público sobre os riscos que a falta de amor, compreensão, solidariedade, companheirismo, motivação e fé causam na nossa sociedade moderna”, diz ele.

 

… Além de estimular valores nos jovens, o projeto alavanca os artistas da terra nas mais diferentes ambiências, a promover assim a nossa cultura.