Roberto Baia

17 de maio de 2016

O desejo de Adoniran

O empresário Adoniram Guerra, sócio fundador do Arapiraca Garden Shopping com o apoio na época, do então prefeito Luciano Barbosa (PMDB), sonha em lançar uma chapa majoritária na disputa pela Prefeitura de Arapiraca que seria encabeçada pelo deputado estadual Rodrigo Cunha (PSDB) e como vice Ricardo da Coagro (PSB).

Mesmo recebendo pressões para entrar no jogo pela disputa do comando do executivo da terra de Manoel André, Rodrigo Cunha continua afirmando que seu compromisso é concluir os quatro anos de mandato na Casa de Tavares Bastos. 

 

Viçosa

O Povoado Minador, um dos mais pobres do município e que enfrenta sérias dificuldades, recebeu a visita, no último final de semana, da vereadora Micheline Fernandes que ficou impressionada com a falta de apoio do poder público.

 

Casas de taipa

Convidada por um grupo de moradores, a vereadora viçosense constatou que existem muitas casas de taipa. Em seu diálogo com as famílias que residem no povoado, ela lembrou que existe um programa do Governo Federal para acabar com este tipo de construção.

 

Dificuldades

Além da dificuldade do acesso ao povoado, a vereadora Micheline observou que existe uma carência de máquinas para melhorar o cultivo e plantação das diversas culturas que são aproveitadas na região.

“Irei cobrar do Executivo uma ação mais efetiva e uma atenção constante”, prometeu.

 

Ciretran 1

Com Roberto Gonçalves: Arapiraca é uma cidade onde as coisas mais inusitadas e absurdas acontecem, um dos exemplos é o funcionamento de um órgão público do Estado em um shopping Center. O Departamento Estadual de Trânsito funciona no Arapiraca Garden Shopping. 

 

Ciretran 2

No governo Ronaldo Lessa, a prefeitura fez doação de um terreno para a construção da Ciretran Arapiraca e o prédio nunca foi construído. O órgão sempre funcionou em imóveis particulares alugados em diferentes pontos da cidade.  No atual governo Renan Filho (PMDB), passou a funcionar no Arapiraca Garden Shopping. 

 

Distribuição de sementes

Os produtores rurais de Arapiraca receberam, no sábado (14), mais de uma tonelada de sementes de milho e feijão para o plantio.

O vice-governador de Alagoas, Luciano Barbosa e o secretário de Estado da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, distribuíram a sementes em solenidade ocorrida na sede da Superintendência de Interiorização do Governo de Alagoas, antiga Governadoria do Agreste.

 

Yale Fernandes

O secretário-adjunto de Agricultura de Arapiraca, Elielton Amaral, representou a prefeita Célia Rocha, o vice-prefeito Yale Fernandes no evento, que também reuniu o secretário municipal de Governo, José Lopes da Silva.

 

Ricardo Nezinho

Também estiveram presentes, o deputado estadual Ricardo Nezinho e os vereadores Adalberto Saturnino, Josias Albuquerque, Rogério Nezinho e Fábio Rogério, além de representantes da Fetag, sindicatos rurais e secretários municipais de Agricultura de outras localidades do Agreste.

Os pequenos e médios produtores de mais de 20 cidades da região receberam sementes de milho e feijão.

 

‘Lepo lepo’

O rit. ‘Lepo lepo’, da banda Pisirico foi tema de uma ação movida contra a operadora Tim, que resultou em uma multa, determinada pela 3º Vara Civil de Arapiraca, no valor de R$ 10 mil. O processo foi jugado pela juíza Silvana Albuquerque, onde um arapiraquense alega que as pessoas que ligavam para o usuário ouviam o refrão “eu não tenho carro, não tenho teto e se ficar comigo é porque gosta…” em chamada de espera. O que causou constrangimentos no trabalho e na família do arapiraquense.

 

 

…De acordo com a decisão do Tribunal de Justiça de Alagoas, o usuário havia por diversas vezes entrado em contato com a empresa de telefonia celular para que o serviço fosse suspenso, visto que não tinha solicitado tal serviço, mas pouco depois a Tim enviou uma mensagem ao usuário informando que o serviço seria estendido por mais um mês.

 

… O usuário da operadora alega que há anos é cliente da Tim e nunca havia passado por tal constrangimento. Segundo ele, o período que o toque de espera ficou em seu telefone foi após a recente perda de um ente querido na família, por isso seus familiares, ao ouvirem tal toque de chamada, jugaram que ele não estava compadecido com a dor familiar.

 

 

…. A operadora Tim recorreu ao processo e ofereceu uma compensação de R$ 4mil para o usuário, mas o cliente rejeitou a proposta e a juíza Silvana Albuquerque julgou cabível a multa no valor de R$ 10 mil.