Flávio Gomes

6 de maio de 2016

Nosso “feijão com arroz”

Onze Estados brasileiros parcelaram, escalonaram ou atrasaram o pagamento de salários do funcionalismo público desde que os atuais gestores assumiram, em janeiro do ano passado. Alagoas não apenas está conseguindo manter suas contas com os servidores em dia como em 2015 concedeu reajuste linear de 5%, abrindo exceções para categorias que tinham pendências antigas ou reivindicações específicas. Pagar em dia a quem trabalha é obrigação, pode-se dizer. E é verdade. Ocorre que a deterioração da economia brasileira é algo incontestável e um dos reflexos é exatamente o atraso no pagamento de salários. No caso alagoano, além de cumprir tal obrigação Renan Filho tem feito o chamado “feijão com arroz”, tocando obras em vários setores e executando ações diversas com reflexos positivos na economia, enquanto boa parte dos colegas governadores tem um cotidiano de aperto, angústia e incapacidade de gestão. Independentemente de ser ou não favorável ao atual inquilino do Palácio República dos Palmares, é preciso reconhecer que Alagoas é uma rara e positiva exceção no atual contexto.

Diferença

Do jornalista Ricardo Noblat: “Por que o Supremo Tribunal Federal corre com todas as ações que têm o deputado Eduardo Cunha como alvo e conserva em banho maria as ações cujo alvo é o senador Renan Calheiros? Cunha, ali, responde a sete inquéritos. Renan, a 12. Desses 12, nove têm a ver com corrupção na Petrobras.”

Finalmente

Depois de muitos anos de promessas, por vários governos, eis que algo de concreto começa a ser feito, em termos de obras, para criar alternativas ao caótico trânsito da Avenida Fernandes Lima. O mérito é do governador Renan Filho, que conseguiu a cessão de área do 59º Batalhão de Infantaria Motorizada.

 

Tendência

Continua uma incógnita a posição dos senadores alagoanos em relação ao impeachment de Dilma. Nenhum se dispõe a antecipar o voto. Qualquer posição é possível de acontecer. Porém, por circunstâncias pessoais diversas, não é difícil Renan Calheiros, Fernando Collor e Benedito de Lira se abstiverem de votar.

 

Sem pressa

Em janeiro deste ano o advogado Adrualdo Catão, conselheiro federal da OAB, se manifestou no site da instituição sobre o Projeto Escola Livre, do deputado estadual Ricardo Nezinho. A presidência da OAB/AL enviou o texto para a Comissão de Estudos Constitucionais, que até agora não se pronunciou.

Cotação

O advogado Klever Loureiro Júnior é pré-candidato a prefeito de Japaratinga. Filiado ao PMDB, é irmão de Bruno Loureiro, que foi prefeito por dois mandatos no município, e filho do desembargador Klever Loureiro. O que o animou a estrear na política foi o seu excelente desempenho nas pesquisas de opinião.

 

Agenda

Os “Novos Problemas na Teoria dos Direitos Fundamentais” é o tema de palestra que o professor José Joaquim Gomes Canotilho, da Universidade de Coimbra, profere hoje, das 9 horas o meio dia, no Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas. O presidente do TJ, desembargador Washington Luiz, está à frente do evento.

 

Na canela

O deputado federal Jarbas Vasconcelos bateu forte no presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha: “O Cunha é uma pessoa inteligente e está acima da média, conhece o regimento, mas é um psicopata. Ele é o que se diz no Nordeste, com muita propriedade quando uma pessoa não presta, uma pústula”.

 

 

*A secretaria estadual da Fazenda promove hoje uma tarde de palestras de atualização tributária no município de Maragogi, durante a edição do Governo Presente Região Norte. Às 14 horas, no Hotel Praia Dourada, com acesso livre a qualquer cidadão.

 

*A Arsal lembra que termina hoje o prazo para nova adesivação de micro-ônibus e vans que integram o Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros, o chamado Transporte Alternativo. Quem não comparecer sofrerá restrições.

 

*O Banco do Nordeste abriu edital de seleção para projetos culturais a serem realizados em sua área de atuação (Nordeste e norte de Minas Gerais e Espírito Santo). A inscrição de projetos pode ser feita até hoje. Contato:www.bancodonordeste.gov.br.

*O circuito “Jaraguá Vivo” é opção de lazer às 6as feiras à noite, a partir de hoje, num dos mais tradicionais bairros de Maceió. É um projeto da Semptur, que inclui Casa da Filó – forró pé-de-serra – e Rex Bar, com as apresentações de jazz e MPB.

* “Os Bons tempos voltarão no arraiá” abrirá a temporada de festas juninas, no dia 4 de junho, a partir das 22 horas, no Jaraguá Tênis Clube. Atrações: Trio Nordestino e Banda Mô Fio. Vendas no Café da Praça, no Maceió Shopping. Informações:  99981.4018.

 

*A 4ª Semana de Zootecnia do Centro de Ciências Agrárias da Ufal será realizada de 11 a 13 de maio, no Parque da Pecuária, Maceió. A intenção é promover a interação dos graduandos com o setor produtivo. Contato: www.4semanadazootecnia.vpeventos.com.

 

*Se o clássico CRB x CSA de domingo passado tinha pouco mais de 11 mil pagantes o Trapichão não comporta, de jeito nenhum, 23 mil pessoas, como se diz. A não ser que estejam sonegando público e renda. Não existe outra explicação.

 

“Vamos descer a rampa com a presidente”

Gilberto Carvalho

Ex-ministro de Lula e de Dilma, admitindo que o impeachment será aprovado