Blog do Dresch

3 de maio de 2016

Pindorama faz a festa do trabalhador

                 A Cooperativa Pindorama realizou uma grande comemoração em homenagem ao Dia do Trabalhador, com uma série de atividades para os cooperados e para autoridades presentes. O presidente Klécio Santos, recepcionou o governador Renan Filho, o secretário da Agricultura, Álvaro Vasconcelos e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Hélder Lima, que também foram agraciados com a Comenda René Bertholet. Localizada em Coruripe, Pindorama hoje reúne cerca de 30 mil pessoas, e é um exemplo na consolidação da agricultura familiar, com produção de açúcar, etanol, leite e derivados, frango, coco e investimentos em pecuária.

Comemorações em Pindorama 2

                   O Dia do Trabalhador foi comemorado em Pindorama com um culto evangélico, missa solene e agradecimento por mais um ano de fartura. Klécio Santos e o governador Renan Filho participaram da vacinação do gado contra a febre aftosa, acompanharam um torneio de futebol, visitaram as novas instalações do laticínio da Cooperativa e as obras da rodovia que liga Pindorama ao Povoado Bolívar e ao município de Penedo. Renan Filho salientou a importância do trabalho da cooperativa, da agricultura familiar e da diversificação das atividades, agora também como protagonista na produção de leite e frango.

A direita se organiza

                   Com um cenário favorável a se organizar e defender suas bandeiras de luta, guardadas há um bom tempo em função dos governos progressistas de Lula e Dilma Rousseff, o Movimento Brasil Livre (MBL) já encontrou parceiros para difundir suas ideias. Um dos aliados é a Confederação da Agricultura e Pecuária (CNA) um dos primeiros grupos a aderir ao impeachment, ao lado da bancada ruralista. A estes juntaram-se também deputados ligados á lideranças evangélicas. Os três grupos não pretendem desfazer a união e marcaram uma reunião para hoje (terça, 3) para planejar como influenciar ainda mais no Congresso, na defesa de um estado mínimo, de pautas conservadoras, da reforma trabalhista e do ajuste fiscal. Um dos líderes do MBL, Renan Santos disse: “Por mais que Michel Temer venha dando sinais muito bons nesse sentido, a gente sabe muito bem que existe um centrão fisiológico que vai querer empurrar o país para ficar como está”. A CNA chegou a criar um “comitê de crise” para pressionar os deputados, diz José Mário Schreiner, vice-presidente da CNA e presidente da Federação da Agricultura de Goiás. “Estamos fazendo um trabalho com os parlamentares e apoiando os movimentos de rua como o MBL e conseguimos muitos dos 367 votos do impeachment na Câmara”, garante Schreiner. Ele diz que o trabalho acontece sobre os deputados e senadores indecisos e também nas bases eleitorais dos congressistas.

 

Cunha preocupa STF

                   O ministro relator da Operação Lava Jato, Teori Zavascki, alertou seus pares no Supremo Tribunal Federal (STF), sobre a necessidade de urgência de uma decisão sobre a linha sucessória no comando do país. Se a presidente Dilma Rousseff for afastada, o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), assumirá a Presidência da República quando o vice Michel Temer se ausentar do país para viagens oficiais. Segundo a colunista Mônica Bergamo, o STF vê com receio a possibilidade de um confronto traumático com o Legislativo e estuda a sugestão de um afastamento temporário de Cunha durante uma eventual viagem de Temer ao exterior.

 Cunha preocupa STF 2

                   Eduardo Cunha é hoje o homem mais temido da República. Embora tenha sido denunciado há mais de quatro meses por lavagem de dinheiro, corrupção passiva e ocultação de contas no exterior pelo Ministério Público Federal e se tornado réu no STF, os ministros da Suprema Corte não têm data prevista para julgá-lo. Cunha é também réu na Comissão de Ética da Câmara dos Deputados por quebra de decoro parlamentar, por mentir na CPI da Petrobrás. Dede que o processo foi aberto, Cunha e seus aliados vêm manobrando o Regimento Interno da Câmara para evitar a cassação do mandato.

As novas baterias

                   Cientistas da Universidade da Califórnia, nos EUA, acabaram descobrindo, meio que por acidente, um novo método que pode prolongar a vida útil de uma bateria por vários anos. Isso porque, as baterias de ion-lítio utilizadas atualmente em smartphones, tablets e laptops, depois de algum tempo e vários ciclos de carga, vão perdendo sua capacidade, passando a exigir mais recargas.  Agora os cientistas utilizando nanofios de ouro e gel eletrocondutor no lugar do lítio, obtiveram uma perda de apenas 5% na capacidade da bateria, depois de mais de 200 mil ciclos de carga.

As novas baterias 2

                   Na verdade os cientistas buscavam apenas uma alternativa ao uso do lítio, que em estado liquido, ajuda a conduzir a energia elétrica, mas é sensível a altas temperaturas pode entrar em combustão. O uso de nanosfios de ouro já havia sido testado, mas o material entrava em um processo de corrosão após ciclos de carga em contato com o lítio. Desta vez, os pesquisadores revestiram os nanosfios com dióxido de manganês e trocaram o lítio por gel eletrocondutor. Juntos, o gel e o dióxido se fundem e se transformam em uma excelente proteção para os nanosfios, evitando a corrosão. O trabalho da pesquisa agora é o alto custo dos fios de ouro, mas que pode ser trocado por níquel, o que baratearia os custos de produção e obtendo maior rendimento.

 

  • Sepultado ontem no cemitério Parque das Flores, o corpo do Desembargador James Magalhães, que faleceu no Sábado, em decorrência de complicações em função de um câncer.
  • Magalhães estava com 68 anos e graduou-se em direito em 1973, seguindo carreira jurídica. Foi Juiz titular nas comarcas de Delmiro Gouveia, Traipu, Santana do Ipanema, Arapiraca e Maceió.
  • Em 2008 ascendeu ao Tribunal de Justiça pelo critério de antiguidade. Como Desembargador atuou como Corregedor do Tribunal e dirigiu a Escola da Magistratura.
  • Governador Renan Filho e o secretário de Educação (e vice-governador) Luciano Barbosa entregaram ontem mais uma escola de tempo integral, desta vez em Santana do Ipanema.
  • A escola Laura Maria Chagas foi remodelada e adaptada para que os 110 alunos do 1º ano do Ensino Médio passem a estudar em regime integral conforme proposta apresentada pelo Governo do Estado.
  • Outra tradicional escola sertaneja, a Ormindo Barros, também em Santana do Ipanema foi reformada em ampliada e entregue á comunidade. Ela atende a mais de 700 alunos do Ensino Fundamental e Médio.