Edmilson Teixeira

28 de abril de 2016

Girau do Ponciano, eleição 2016

A expectativa ainda é grande quanto ao futuro politico da família Barros em Girau do Ponciano, no que se refere ao candidato que será lançado para disputar a eleição deste ano. As informações que se têm, é que o grupo está rachado, onde o ex-prefeito David Barros não abre mão de sua candidatura, e o preferido da família é outro. Enquanto isso, o atual prefeito Fabinho Aurélio vem tocando o barco, alavancando obras e ações sociais no calor de seu pai, o ex-prefeito Zé Aurélio, tido como um grande carismático na região.   

São Miguel dos Campos

Ontem o prefeito George Clemente, esteve em Maceió acompanhado do presidente da Câmara de Vereadores, Jó Clemente, a fim de se reunir  com o governador  Renan Filho. Colocou em pauta a questão da abertura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) prevista para ser inaugurada no dia 23 de maio.

Estrela de Alagoas

A ex-vereadora Geralda Ferro (PMDB) resistiu às tentações de não sair candidata como cabeça de chapa, na disputa municipal da Prefeitura de Estrela de Alagoas. “O atual prefeito Arlindo Garrote (PP) chegou até mandar o ex-prefeito de Carneiros, Geraldo Agra, o Neguinho, tentar negociar a possiblidade de eu sair como vice na chapa de sua reeleição, mas não aceitei de hipótese alguma; assim como o ex-deputado Cícero Ferro que tentou me convencer a desistir, a fim de apoiar outro candidato”, disse, ciente de que apoio não faltará do governador Renan Filho, seu correligionário.

São Luiz de Quitunde  – duelo

A atitude da bancada Legislativa de São Luiz de Quitunde, em tentar derrubar a todo preço o prefeito Jilson Lima, já entrou no clima do ridículo. Ontem por exemplo, o presidente da Câmara, Cléo Mendes, chegou à Prefeitura para toma posse como prefeito, amparado pela sua assessoria jurídica. Só que o prefeito portava em sua pasta, uma Liminar da Justiça dando poderes para permanecer no cargo.

São Luiz de Quitunde – origem

Detalhe é que na segunda-feira da semana passada, os vereadores por votação afastaram por 180 dias Jilson Lima, alegando a falta de pagamento referente a algumas parcelas do duodécimo da Casa, que não foram efetivadas pelo prefeito afastado Eraldo Pedro, entre os anos de 2014 e 2015. O débito é superior a 130 mil reais e que seria pago em cinco vezes. É que segundo os vereadores, Jilson teria prometido em janeiro deste ano, pagar o tal valor, só que não honrou o compromisso. Jilson se ampara na falta de condições do município, que o pouco dinheiro que entrou, segundo ele, foi para colocar a folha em dia (pegou com dois meses em atraso), além de investimentos na saúde, educação e infraestrutura.

Igreja Nova

Ex-prefeito Neiwton Silva está lançando a candidatura de seu ex-genro, Márcio Tenório, para disputar a Prefeitura de Igreja Nova. Tem o aval do PMDB de Renan Calheiros, partido do qual Márcio hoje representa no município. Na eleição passada, Neiwton Silva apoiou o sobrinho, Paulo Silva, que não logrou êxito nas urnas. Sem o apoio do tio, Paulo Silva resolveu agora entrar num bloco da oposição, onde sairá como vice na chapa encabeçada pelo Dr. Maurício (PSC). O atual gestor, José Augusto o Guto (PSD) vai entrar também no páreo da disputa.

Pilar

Amanhã à noite Pilar fará um grande espetáculo teatral, a fim de celebrar a última pena de  morte no Brasil, já que o município foi palco nacional deste acontecimento, ocorrido há 140 anos. Cerca de 80 pessoas estão envolvidas na apresentação, que começa às 19h no ginásio de esportes Nossa Senhora do Pilar. 
O escravo, conhecido como Francisco, foi sentenciado após ser apontado, junto a outros dois escravos, como autor da morte de duas pessoas em Pilar.

Pilar – Bonga

“Diante da importância do acontecimento para a história, o 28 de abril é feriado em Pilar. Assim, as celebrações pelo fim da última pena de morte do País começam logo cedo com uma missa na Igreja Matriz e cortejo encenado pela cidade, refazendo os passos do condenado até o sítio Bonga, local onde foi montada a forca”, explicou ao repórter Wadson Costa, o diretor de Cultura de Pilar, Sérgio Moraes.

Igreja Católica

O papa Francisco elegeu na manhã de ontem, o padre Hélio Pereira dos Santos, 48, do bispado de Palmeira dos Índios, ele que é pároco de Quebrangulo, para bispo titular de Tavia e auxiliar na arquidiocese de Salvador/BA. Padre Hélio é natural de Pão de Açúcar. Ele ingressou no Seminário Arquidiocesano de Maceió, onde se dedicou ao curso de Filosofia; fez Teologia  no Seminário São José, da Arquidiocese do Rio de Janeiro, e na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Foi ordenado diácono em 27 de dezembro de 1995 e presbítero em 19 de dezembro de 1996 pelas mãos de Dom Fernando Iório Rodrigues, terceiro Bispo de Palmeira dos Índios.

Piaçabuçu

A moda de fechar rodovias por manifestantes, também marca presença  com os beneficiários do programa Bolsa Família. Ontem, pela manhã, por exemplo, em Piaçabuçu, um grupo revoltado porque a grana não caiu na conta, resolveu fechar a estrada que dá acesso a Penedo.

Piaçabuçu – motivo

De acordo com a secretária de Assistência Social e Habitação,  Renata July, nem todos foram suspensos, apenas aqueles que receberam o Seguro Defeso. Segundo ela, o dinheiro do Programa Bolsa Família não passa pela Prefeitura, ou seja, essa suspensão está vindo diretamente do Governo Federal. Disse que a medida foi tomada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) como maneira de cortar gastos, porém, após o período de restrição de pesca, o benefício voltará a ser pago automaticamente também às famílias de pescadores.

Seguro Defeso

O Seguro-Desemprego do Pescador Artesanal (Seguro-Defeso) é um benefício do Governo concedido ao pescador profissional artesanal durante o período de paralisação da pesca para preservação das espécies. O valor corresponde a um salário mínimo por mês durante toda a temporada de suspensão da pesca.