Blog do Dresch

17 de março de 2016

Aberta a exposição de Hércules

               Aberta ontem á noite a exposição em homenagem a Hércules Mendes, artista gráfico alagoano que há anos transita em várias linguagens do traço livre e de diversas outras expressões, proporcionando trabalhos admiráveis. A exposição “Humor Gráfico em Alagoas: Uma homenagem a Hércules Mendes” ficará á disposição de todos até o dia 14 de Abril, na Galeria Cesmac de Arte Fernando Lopes, na Avenida Cônego Machado, no Farol.

Hércules homenageado 2

                   A Curadoria da exposição é da arquiteta, artista plástica e professora de Arte, Caroline Gusmão, que assinala que Hércules é um artista polivalente, que figura entre o humor gráfico e outras formas de experimentação artísticas. A iniciativa da exposição coube á Secretaria de Estado da Cultura, enquanto que a consultoria é do jornalista, cartunista e atual Secretário de Comunicação, Ênio Lins. Também participam da exposição os artistas Adnael, Adelmo Cândido, Cristina Gomes, Ênio, João Sampaio, Jorge Félix, Léo Vilanova, Manoel Viana, Nelson Braga, Spinassé e Billo.

 

As drogas que matam

                   Quase 300 mil pessoas morrem a cada ano devido ao consumo de narcóticos ilegais, por overdose e outros problemas associados. A informação é do diretor executivo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODOC) Yuri Fedotov. Ele foi responsável pelo discurso de abertura feito nesta semana na reunião da Comissão de Estupefacientes das Nações Unidas em Viena, na Austria. A reunião conta com a participação de ministros e altos dirigentes de 53 países, além de organizações e organismos internacionais. Segundo Fedotov, existem atualmente 27 milhões de toxicodependentes com problemas graves de saúde, sendo que 12 milhões deles utilizam drogas injetáveis, como heroína. Ele tratou também das ligações entre os grupos do crime organizado e a violência extremista e terrorista se aproveitam do tráfico de drogas, e lamentou que os programas de prevenção, tratamento e reabilitação ainda são escassos em muitos países. De acordo com um relatório atualizado de uma ONG inglesa (Harm Reduction International) são investidos anualmente, em todo o mundo, 90 milhões de euros no combate repressivo às drogas, quando 83% dos delitos relacionados com estupefacientes são apenas a posse de pequenas quantidades para consumo próprio.

 

Japonês da corrupção

                   O agente da Polícia Federal do Paraná, Newton Ishii, conhecido como o “japonês da Federal” terá mesmo de responder por corrupção e descaminho, uma vez que a Justiça Federal negou o recurso que ele havia impetrado e manteve a sentença anterior. Ishii é acusado de facilitar a entrada no Brasil de produtos contrabandeados do Paraguai. Conhecido por escoltar presos da Operação Lava Jato, ele foi um doa 10 policiais federais alvos da Operação Sucuri, deflagrada em 2003 exatamente para  apurar um esquema dentro da PF que facilitava o contrabando na fronteira com o país vizinho. O japonês responde a três processos, sendo um criminal, outro administrativo e o terceiro por improbidade administrativa.

De braços abertos

                   A Igreja Batista do bairro do Pinheiro merece mais do que o reconhecimento e a solidariedade. Merece o apoio de toda a sociedade alagoana, por colocar em prática os ensinamentos do Papa Francisco, e dos setores mais cristãos de abraçar a todos os seres, independente da questão do gênero. A discussão vem á tona pelo fato do Pastor Wellington Santos e sua esposa Odjas Barros terem aceitado os homossexuais como membros da Igreja e ofertado a eles o sacramento do batismo. A decisão de que a Igreja Batista do Pinheiro batizaria também homossexuais foi aprovada em assembleia extraordinária de seus frequentadores, realizada em 28 de Fevereiro, com a contagem ficando em 129 a 3.

De braços abertos 2

                   A decisão da Igreja Batista, mesmo sendo exemplar, tem recebido uma saraivada de criticas de pessoas que não aceitam dividir o mesmo teto nem o mesmo amor de Cristo. São mensagens homofóbicas, agressivas e intolerantes. O pastor Wellington Santos tem manifestado suas opiniões há bastante tempo, e sempre contou com o apoio integral dos fiéis batistas do bairro. Suas decisões são pautadas sempre pela coragem, pela defesa dos necessitados, pelo amor ao próximo e pela inclusão dos menos favorecidos.

De braços abertos 3

                   Entre os diversos segmentos da sociedade que se manifestaram favoravelmente é decisão da Igreja Batista do Pinheiro, chamou a atenção uma nota divulgada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. Coloca o pastor e sua esposa como protagonistas na defesa da igualdade social, contra a intolerância e contra toda forma de violência. “Importante lembrar que a intolerância, posiciona Alagoas como o estado mais perigoso para jovens negros, o terceiro mais perigoso para as mulheres e o quinto estado mais perigoso para homossexuais viverem” afirma a nota do Movimento.

 

  • Para os apreciadores das aventuras de Indiana Jones, a noticia não poderia ser melhor. Os boatos acabaram se concretizando e vem aí a quinta aventura do arqueólogo que apareceu para o mundo com “Os Caçadores da Arca Perdida”.
  • Os Estúdios Disney anunciaram ontem que o quinto filme ainda não foi batizado, mas chegará aos cinemas em 19 de Julho de 2019.
  • O ator Harrison Ford encarnou o aventureiro pela última vez em 2008, no filme “Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal”.
  • A certeza do sucesso se consolida pelo fato da equipe toda estará novamente junta, juntando além de Ford, o diretor Steven Spielberg, os produtores Hathleen Kennedy e Frank Marshall.
  • Segundo a revista americana “Variety”, os quatro primeiros filmes da saga superaram a marca de US$ 2 bilhões  em bilheteria mundial.
  • O quinto filme do arqueólogo aventureiro, dá continuidade á estratégia  da Disney de apostar em grandes franquias com potencial de filmes derivados, parques temáticos e mercadorias licenciadas como “Star Wars”.